A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

13/06/2013 07:51

Motociclista morre ao invadir pista e atingir veículo na região do Parati

Viviane Oliveira e Mariana Lopes
Moto colidiu de frente com o Uno, na avenida Gabriel Spipe Calarge (Foto: Simão Nogueira)Moto colidiu de frente com o Uno, na avenida Gabriel Spipe Calarge (Foto: Simão Nogueira)

Um homem de 46 anos morreu depois de bater a moto que conduzia em um veículo Uno. O acidente aconteceu por volta da 1h30 da madrugada desta quinta-feira (13), na avenida Gabriel Spipe Calarge, em Campo Grande, na região do bairro Parati. Wanderlei de Oliveira morreu no local.

Veja Mais
Contramão é a única rota em cruzamento esburacado
Sol atrapalha visão e condutor causa acidente na avenida Duque de Caxias

De acordo com a Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Transito), o motociclista seguia no sentido Centro/bairro, quando colidiu de frente com o veículo de passeio, conduzido por Rafael Ribeiro Ramos, de 30 anos.

Segundo o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, Cláudio Zotto, a suspeita é de que o motociclista tenha dormido enquanto pilotava a moto. “Ele invadiu a pista contrária e no local não tem marca de freada”, justifica.

Contramão é a única rota em cruzamento esburacado
Moradores da Rua Rio de Janeiro, no bairro Monte Castelo, reclamam que os buracos se multiplicam a cada chuva. Para piorar a situação, o cruzamento c...
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...



É impressionante a quantidade de casos com acidentes fatais com motociclista. Sou Moto fretista, entrego gás na nossa capital e vejo como a irresponsabilidade e a falta de amor está instalada na cultura de quem trafega na cidade. Digo isso não só me referindo aos motoqueiros mas também aos condutores de carros de passeio e, principalmente, dos motoristas de ônibus e caminhões. Partindo do princípio que grande parte desses acidentes são ocasionados por descuido, imprudência e talvez por inexperiência no trânsito, acredito que somente a redução de velocidade não resolverá nosso problema. Penso que deva ser instaurada a "cultura do trânsito" nas escolas, mas, não da forma como está, aleatóriamente.
Deveria se tornar matéria cuja finalidade seja imbuir os futuros cidadãos em manterem-se vivos.
 
Willyan Mendes em 13/06/2013 22:38:40
Moro próximo a essa avenida, uso ela cotidianamente, já se tornou normal ver acidentes nessa esquina. Enquanto não tomarem uma providência e colocarem um quebra molas, ou uma lombada eletrônica ou ate mesmo um semáforo, infelizmente continuaremos a ler essas tristes notícias.
 
Tamires Oliveira Valente em 13/06/2013 12:56:30
O trânsito é muito caótico aqui em Campo Grande o pessoal nao se respeita. É ciclista contra mao, pedestre que atavessa fora das faixa de segurança, que não e iluminada o suficiente motorista que fecha outro não deixa passar parece que quer competir com outro. Caminhões caçambas disputando rachas no meio do transito pesado e carros mal sinalizados nao ligas as setas carros com farol apagados tudo isso e mas. Acontece nas barbas da policia ali na AV Redentor saida para Tres Lagoas nos trecho Conj Maria Apareceida pedrosian ate Rua Marques de Lavradio tambem quero salientar nunca vi uma viatura de policiamento de transito neste local pelo menos para inibir esses mal educados da direçao que era pra ser defensiva mas aqui e explosiva a pista de e para 60 km hs nao de 100/120/140 kms hs
 
Carlos Souzac em 13/06/2013 11:11:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions