A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

17/08/2014 13:26

Motorista perde controle em curva, invade casa e destrói muro

Viviane Oliveira e Stephanie Romcy
A frente da casa ficou destruída. (Fotos: Luiz Rodrigues de Albuquerque)A frente da casa ficou destruída. (Fotos: Luiz Rodrigues de Albuquerque)
O carro, um veículo Fiesta, ficou com a frente destruída. O carro, um veículo Fiesta, ficou com a frente destruída.

Um motorista perdeu o controle do carro que conduzia, destruiu o muro e invadiu uma casa na madrugada deste domingo (17), na rua Gilson Nogueira, no bairro Vida Nova, em Campo Grande. A proprietária da residência, Elaine Cristina Mota, 35 anos, disse que por pouco o carro não invadiu o quarto onde ela dormia com o esposo e o filho de um ano.

Elaine conta que o condutor do carro parecia estar bêbado e tinha como passageiros mais dois amigos. “Estou muito nervosa e revoltada. Ainda bem que não machucou ninguém, mas poderia ter causado um desastre”, diz. A frente da casa ficou destruída e o carro parou cerca de 40 centímetros do cômodo.

O rapaz, que não teve o nome divulgado, conduzia um Ford Fiesta, quando perdeu o controle da direção em uma curva e invadiu a casa. Os três ocupantes do veículo tiveram ferimentos leves. Um dos passageiros chegou a se apresentar como policial, quando os proprietários da residência disseram que ia chamar a Polícia.

Ele foi embora, mas o outro ocupante e o motorista permaneceu no local até a chegada da Polícia. Com o impacto da batida, o portão pequeno da casa e o portão maior foram arrancados das estruturas de concreto em que estava sustentadas. Uma mureta também foi destruída na colisão. O BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) foi acionada e registrou a ocorrência. 

De acordo com o primo de Elaine, Luiz Rodrigues de Albuquerque, 40 anos, o condutor do veículo aparentava estar embriagado, mas não foi preso, pois se fosse para a delegacia teria que pagar multa por dirigir embriagado e não teria dinheiro para pagar o prejuízo. Dessa forma, segundo Luiz, foi feito um acordo entre os policiais, os donos da residência e o motorista, que se comprometeu a arcar com o prejuízo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions