A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

17/08/2014 13:26

Motorista perde controle em curva, invade casa e destrói muro

Viviane Oliveira e Stephanie Romcy
A frente da casa ficou destruída. (Fotos: Luiz Rodrigues de Albuquerque)A frente da casa ficou destruída. (Fotos: Luiz Rodrigues de Albuquerque)
O carro, um veículo Fiesta, ficou com a frente destruída. O carro, um veículo Fiesta, ficou com a frente destruída.

Um motorista perdeu o controle do carro que conduzia, destruiu o muro e invadiu uma casa na madrugada deste domingo (17), na rua Gilson Nogueira, no bairro Vida Nova, em Campo Grande. A proprietária da residência, Elaine Cristina Mota, 35 anos, disse que por pouco o carro não invadiu o quarto onde ela dormia com o esposo e o filho de um ano.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Elaine conta que o condutor do carro parecia estar bêbado e tinha como passageiros mais dois amigos. “Estou muito nervosa e revoltada. Ainda bem que não machucou ninguém, mas poderia ter causado um desastre”, diz. A frente da casa ficou destruída e o carro parou cerca de 40 centímetros do cômodo.

O rapaz, que não teve o nome divulgado, conduzia um Ford Fiesta, quando perdeu o controle da direção em uma curva e invadiu a casa. Os três ocupantes do veículo tiveram ferimentos leves. Um dos passageiros chegou a se apresentar como policial, quando os proprietários da residência disseram que ia chamar a Polícia.

Ele foi embora, mas o outro ocupante e o motorista permaneceu no local até a chegada da Polícia. Com o impacto da batida, o portão pequeno da casa e o portão maior foram arrancados das estruturas de concreto em que estava sustentadas. Uma mureta também foi destruída na colisão. O BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) foi acionada e registrou a ocorrência. 

De acordo com o primo de Elaine, Luiz Rodrigues de Albuquerque, 40 anos, o condutor do veículo aparentava estar embriagado, mas não foi preso, pois se fosse para a delegacia teria que pagar multa por dirigir embriagado e não teria dinheiro para pagar o prejuízo. Dessa forma, segundo Luiz, foi feito um acordo entre os policiais, os donos da residência e o motorista, que se comprometeu a arcar com o prejuízo.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions