A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

19/06/2012 15:26

Mulher estaciona sobre rampa para deficiente, foge dando ré e ainda ofende PM

Francisco Júnior

Um policial militar registrou boletim de ocorrência contra uma mulher ao ser desacatado na manhã desta terça-feira, em Campo Grande. De acordo com o boletim, a confusão aconteceu na rua Desembargador Eurindo Neves esquina com a avenida Coronel Antonino. A mulher estacionou o veículo que conduzia, um Palio preto com placas HSI-7428, sobre uma rampa destinada a portadores de necessidades especiais e acabou advertida pelo policial.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

Conforme consta no boletim de ocorrência, a condutora tentou se justificar, dando a entender que apenas aguardava outra pessoa. Foi ordenado que retirasse o veículo daquele local.

A mulher só retirou o veículo do local após muitas reclamações, se deslocando até a esquina seguinte e em seguida realizando uma longa manobra de ré pela Coronel Antonino, mesmo diante de ordem policial para que seguisse em frente e fizesse o contorno na quadra.

Ainda conforme o registro, a condutora ainda se aproximou da guarnição para tirar satisfações, agindo de forma desrespeitosa, proferindo palavras de baixo calão, como: “vai para o diabo que te carregue” e “enfia esse papel no...".

Após xingar o PM, ela fugiu do local. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.




Muito me admira como pensa os policiais do nosso estado, preferem pecar pelo excesso contra cidadaos de bem, so porque cometeram uma infracao de transito, por que nao atuam com todo esse rigor e amor a farda contra a marginalidade que toma conta de nossa cidade, nao vemos toda essa eficiencia qdo discamos 190. Concordo com a sra Patricia qdo diz quea toda acao existe uma reacao .
 
Alberto Novaes em 20/06/2012 12:37:43
Por isso que não adianta advertir ou orientar, tem que multar mesmo. Admiro de ver umas opniões de valor invertido, onde ninguém precisa seguir a lei, depois reclamam do país estar dessa maneira, ninguém quer fazer a sua parte. É sempre assim a culpa é da polícia . . . Eu só estacionei onde não devia . . . eu só parei em fila dupla . . . eu só bebi um pouco . . . eu só roubei. . . tem gente pior.
 
jose antonio em 20/06/2012 08:41:13
Não entendi o Nobre Policial pela falta de atitude, a condutora estáva errada desobedeceu a ordem policial desacatou o que ele estáva esperando, algema néla e não se discute ,que vá resolver na Delegacia, faltou firmeza e pulso, dá proxima vez éla enquadra o policial
 
João Norberto em 19/06/2012 08:53:57
Nunca vi isso acontecer em Curitiba....
 
DR FABIO VERSOLATO em 19/06/2012 08:04:27
Pessoal sera que nao teve abuso de poder, pois a policia de transito aborda as pessoas com muita violencia, toda acao tem uma reacao, eu acho que deve haver mudanca de atitude pois um simples acorrencia de transito nao pode tratar a pessoa como bandido, me diga quem ja nao foi maltrado por funcionario publico policial, postos de saude e etc, eles tem fe publica e o cidadao fica refen
 
patricia vieira em 19/06/2012 07:58:18
É engraçado você senhor Fernando defende a sua farda e vem me dizer que prefere ter excesso do que passar por isso, policial é engraçado são cheios da razão, mas quando exceder não são punidos com rigor da lei, e um cidadão que por uma atitude é julgada, primeiro respeitem as pessoas pra depois querer cobrar alguma coisa, ai vejo a atitude de um policial que recebe o salário dos nossos impostos.
 
CARLOS SOUSA em 19/06/2012 07:51:46
É muita falta de educação alem de estar errada, quer se impor? policial deveria ter preso essa senhora por desacato, isso não pode acontecer não
 
silvia Mota em 19/06/2012 07:39:42
É.. têm condutores de carros e/ou motos, (ainda em pagamento) que se sentem acima de tudo e de todos. POr isso eu comentei aqui esses dias.. tem que ter multa mínima em torno de R$ uns 5 mil (sei la, ou mais), prender o veículo e cassar a CNH, e cadeia para o infrantor.. CHEGA, BASTA DE BLÁ BLA BLA BLA BLA BLA.. isso é conversa mole
 
Gilson Giordano em 19/06/2012 06:53:16
Tem muito colega de farda trabalhando acuado. Nesse BO ai nem tinha q discutir, Tinha q dar voz de prisão já no início da bronca, por desobediência a ordem legal. E tudo estava resolvido. O policia não tem q implorar para q sua determinação seja acatada. Ele determina e pronto: cumpra-se. Se não cumpre, algema e delegacia. Prefiro responder por excesso do que ver alguém desrespeitar minha farda
 
Fernando Silva em 19/06/2012 06:42:14
UAI...PQ ELE NAO PRENDEU ELA POR DESACATO A UM FUNCIONARIO PUBLICO EM SERVIÇO? PORQUE SE VOCE XINGA UM ATENDENTE DE POSTO DE SAUDE QUE LHE TRATA MAL, ELES FALAM QUE NÓS PODEMOS SER PRESOS, NAO ENTENDI ESSA DO POLICIAL, OU ELE NÃO QUIS PRENDÊ-LA OU A LEI É DIFERENTE PARA ALGUNS!!!!
 
RODRIGO DUARTE em 19/06/2012 05:28:00
É por esses motivos que a molecada esta agindo desta forma no transito, os pais não dão exemplos, aí saem atropelando pessoas e postes.
 
Ricardo Alvarenga em 19/06/2012 05:22:16
Uma boa parte dos motoristas de Campo Grande agem desta maneira. Fazem coisas erradas como parar em fila dupla, utilizar vagas destinadas a portadores de necessidades especiais, furar sinal vermelho e não gostam que chamem sua atenção. Se você busina ficam brabos por serem repreendidos.
 
Paulo Isensee em 19/06/2012 05:14:58
NOSSA QUE FALTA DE EDUCAÇÃO , ONDE VAMOS PARAR NOSSA SOCIEDADEESTA FORA DO NORMAL NINGUEM RESPEITA MAIS NEM A PROPRIA POLICIA TA DIFICIL
 
Etila Guedes em 19/06/2012 05:12:18
Desacato a funcionario publico em suas funções é crime, e agóra como fica esta senhora que deve ser da alta "elite"pq se fosse um trabalhador qualquer com certeza responderia na justiça,esse é um dos muitos casos que se vê por aí.
 
Lucas da Silva em 19/06/2012 04:51:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions