A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/10/2012 15:09

Mulher invade calçada, mata homem e atropela mais dois

Ana Paula Carvalho e Helton Verão
Homem foi atingido enquanto estava na calçada (Foto: Minamar Júnior)Homem foi atingido enquanto estava na calçada (Foto: Minamar Júnior)

Uma mulher atropelou três pessoas no início da tarde deste domingo, no cruzamento das ruas do Seminário e Marquês de Maricá, no Jardim Seminário, em Campo Grande. Uma vítima morreu no local e as outras duas foram socorridas e encaminhadas à Santa Casa em estado grave.

Veja Mais
Bafômetro indica que mulher que matou um e atropelou 2 não estava embriagada
Ciclista morre depois de ser atropelado na avenida Gury Marques

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, mãe e os dois filhos estavam sentados na calçada em frente de casa tomando tereré quando foram atingidos pelo veículo Pegeout 207 preto. Pâmela Karina Eifler Ferreira, de 26 anos, seguia pela rua do Seminário no sentido bairro/centro quando perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva. Testemunhas disseram que ela estava em alta velocidade e que o carro rodou várias vezes antes de atingir as vítimas.

Com o impacto, Osmar Almeida de Oliveira, de 45 anos, não resistiu e morreu na hora. A mãe dele, Leonora Oliveira de Almeida, de 79 anos, e o irmão, Fernando Almeida de Oliveira, 49 anos, foram socorridos e encaminhados ao hospital em estado grave.

Após o acidente, moradores da região ficaram revoltados e tentaram agredir a motorista do Pegeout. Ela correu para dentro de uma casa em frente ao local do acidente. Uma viatura do Corpo de Bombeiros chegou a entrar na garagem da casa para retirar a mulher do local. Mas foi necessária a presença da Cigcoe (Companhia Independente de Policiamento de Crises e Operações Especiais) para isolar a área e conter o tumulto.

No momento do acidente uma Hillux tentava fazer o contorno na rua, ela jogou a caminhonete na calçada e parou para ajudar a socorrer as vítimas. Quando o marido da condutora do Pegeout chegou ao local ele iniciou uma nova confusão ao dizer que a motorista da Hillux teria atrapalhado a esposa dele e isso teria causado o acidente. Moradores indignados afirmaram que isso nada tinha influenciado já que a mulher dele teria perdido o controle do carro longe do local onde a caminhonete estava. “Olha o que sua mulher fez”, disse a condutora da Hillux ao homem apontando para Osmar.

(Matéria editada às 18h59 para acréscimo de informações)




Faremos de tudo para que a justiça dos homens seja feita...se não acontecer esperaremos pela de DEUS...Pois é inaceitável ver essa família destruida....pela dor de uma grande perda...
 
Helio Paes de Almeida em 29/10/2012 21:12:38
TRÂNSITO É ALGO SÉRIO EM TODO O BRASIL, PORÉM ACHO QUE AS PESSOAS QUE NÃO SABEM DIRIGIR MESMO COM CONSCIÊNCIA, VEJA UM EXEMPLO:
VAMOS COMPARAR UMA REVOADA DE PÁSSAROS ONDE INÚMEROS SAEM VOANDO AO MESMO TEMPO E NÃO SE BATEM NO AR, E OLHA QUE NEM EXISTE SEMÁFORO OU FOTO SENSOR PARA ELES SE CRUZAREM PELO CÉU, ENQUANTO AQUI NAS NOSSAS ESTRADAS BRASILEIRAS OU RUAS BASTA OLHAR PARA O CONDUTOR AO LADO QUE JÁ É MOTIVO DE PREOCUPAÇÃO...LAMENTÁVEL...
 
ronaldo rodrigues em 28/10/2012 17:41:32
'' Sim e triste ver amigo ali, bem conversando tomando tereré, e depois de alguns minutos pronto uma vida se foi, e duas pessoas no hospital um com as pernas quebradas, e a outra senhora com ferimentos, como pode uma pessoa dirigir em alta velocidade em uma curva, sim e sem noção , sem condição de conduzir, sabe eu tenho medo ainda não fui tirar habilitação pois tenha medo de fazer uma baberagem e tirar a vida das pessoas inocente, seria bom se todos pensasem como eu .... como pode meu DEUS ... precisa sim tem punição para esse tipo de acidente, eu acho que deve ser assada e proibida de nunca mas pegar em um veiculo, sem falar que tem que ficar na cadei por uns 30anos, sem falar que a providência divina a essa sim vai acontcer....
 
Andreia Matos em 28/10/2012 17:34:42
Me sinto triste ao ler esse tipo de noticia,gostaria que todos os condutores de veiculos leves e também os pesados adotassem a ideia de dirigir defensivamente ou seja com mais respeito e muita calma,com certeza teriamos menos acidentes.
 
PAULO ROMOALDO AMARAL QUINTANA em 28/10/2012 17:20:47
NÃO É A PRIMEIRA VEZ, ESSA CRIATURA PROVAVELMENTE NÃO TEM HABILITAÇÃO, VAI PAGAR FIANÇA E FICARÁ IMPUNE. QUEM MORREU NUNCA MAIS........... ESSAS PESSOAS DIRIGEM CARRO COMO SE FOSSE BICICLETA
 
Marilda Sousa em 28/10/2012 17:01:26
Lourenço, ABOMINAVEL este tipo de comentário. Lembra do acidente com um onibus em São Paulo que o motorista passou mal e atropelou alguem? Mataram ele com um extintor. Depois foi provado que ele passou mal e não cometeu nenhuma irresponsabilidade, que aquilo realmente foi um acidente. No entanto, incentivando linchamentos, só vai estimular que pessoas depois um acidente não param para ajudar as vitimas.

O certo: deixa a policia investigar e se a mulher tem culpa (o que neste caso parece provavel), justiça DEVE ser feita. Mas linchamento tem NADA a ver com justiça. NUNCA.
 
Marcos da Silva em 28/10/2012 16:55:42
Não é a primeira vez que ocorre acidentes nesse trecho na rua do Seminario. Os veiculos sempre passam em alta velocidade. A imprudência dessa vez não causou uma batida mais uma morte e 2 vitimas e estado grave. É necessário a instalação de radas, quebra molas,para tentar diminuir o excesso de velocidade já que a maioria não respeita os limites, nem os alertas não dirigir apos beber. A família desejo que Deus conforte seus corações.
 
Evellym Silva em 28/10/2012 16:20:12
Olha, nesse caso, a minha opinião é diferente com a que eu fiz quanto ao lamentável acidnete registrado na Gury Marques. Eu ACHO que, existem motoristas e motociclistas que não têm a MINIMA condição de digiri um veiculo motorizado. Alias, isso n~eo é apenas a minha opinião é de todos. No entanto, como a lei é branda e o que vimos ou lemos são essas cenas tristes. Deve haver maior rigor na fiscalização e punição exemplar aos péssimos condutores. Sem essa e pagar FIANÇA e ser liberados. O Detran ou o DENATRAM tem e deve tomar uma posição mais radical. BAsta fazer fiscalização pelas ruas dos bairros da cidade pra ver os costumeiros e abusivos desrespeitos e total falta de conhecimento às regras básicas pra o bom condutor.
 
Gilson Giordano em 28/10/2012 16:18:26
Vamos rever as leis, tem que fazer como alguns juízes, tirar o direito de pessoas que matam no trânsito de dirigir, cassar a carteira de motorista...De alguma forma tem de haver algum tipo de punição....
 
Nilza Lima em 28/10/2012 16:17:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions