A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/05/2013 08:45

Mulher perde controle de caminhonete e destrói guarita do Instituto Mirim

Francisco Júnior e Aline dos Santos
Motorista perdeu o controle da caminhonete e colidiu contra guarita. (Foto: Simão Nogueira)Motorista perdeu o controle da caminhonete e colidiu contra guarita. (Foto: Simão Nogueira)

Uma caminhonete Ford Ranger destruiu a guarita do Instituto Mirim, que fica na Via Morena, em Campo Grande, na manhã deste sábado (18).

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

O acidente aconteceu por volta das 7 horas. O veículo era conduzido por uma mulher, que não quis se identificar.

A motorista relatou a Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) que seguia pela avenida quando sua mãe, que estava no banco do passageiro, acabou passando mal e caiu em seu colo.

A mulher relatou que perdeu o controle da direção e atingiu a guarita, que ficou destruída. Parte do muro da frente e o portão de ferro foram derrubados com a colisão.

O guarda municipal Gustavo Silva Monteiro responsável pela segurança do Instituto, estava na frente do prédio e quase foi atingido pelo veículo. “ Ouvi barulho de pneu cantando, vi o caminhonete subindo a calçada e sai correndo”, disse aliviado.

O guarda contou ainda que geralmente, no horário em que aconteceu o acidente, dois guardas ficam no interior da guarita.

Além das duas mulheres, havia também um rapaz na caminhonete. Nenhum dos três se feriu.




Sou mirim e mais ou menos nessa hora que aconteceu o acidente tem vários mirim na quele local graças a Deus não aconteceu nada de mais grave .
 
Brendom Henrique em 19/05/2013 13:16:56
Graças a Deus, esta infeliz nao matou nehum jovem.Ali passam dezenas de mirim todos os dias.Esquisito...nao colou muito essa historia que ela contou ai nao...cada uma...
 
ana batista em 19/05/2013 09:54:21
Se num lugar daquele é perigoso ser atropelado, então não podemos mais sair de casa.
Passo por ali todos os dias, espero que a responsável pelo ocorrido tome providencias sobre os prejuizos e não sobre pro instituto.
 
Romeu Luitz em 19/05/2013 00:29:48
Meu Deus! É lógico que ela não quis se identificar, nem eu o faria! Mas o que será que ela fazia na hora do acidente para perder o controle do carro assim? Ainda bem que ninguém se feriu! É absurdo o quanto o trânsito é atrapalhado por pessoas assim em Campo Grande. Temos que cuidar o tempo todo dos outros! E olha que dirijo há pouco tempo. É de matar!
 
Christiane Mesquita em 18/05/2013 15:54:13
A curva é muito acentuada à direita e os motoristas sobem em velocidade relativamente alta para a mesma, tendo que frear cantando pneu em cima do elevado, não é de hoje, a três anos que acompanhamos incidentes todos os meses nesse ponto. Com certeza a prudência evitaria esse tipo de acontecimento.
 
silvio antonio stockler assis em 18/05/2013 13:47:52
!!!
 
Marcelo Mendes em 18/05/2013 10:58:43
Sua mãe pode, sim, ter passado mal, minha senhora. Mas, pelo estrago que sua caminhonete fez, com certeza estava bem acima da velocidade permitida para o local!!!
 
MARCELLO MENDES em 18/05/2013 10:20:42
Nossa, ainda bem que isso não aconteceu durante a semana, quando muitos adolescentes do IMCG e moradores passam pelo local!
 
Maria Dejanira em 18/05/2013 09:48:53
sera que passou mal ? ou a cachaca que subiu pra cabeca e apagou no volante ?
 
fabio ramos em 18/05/2013 08:54:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions