A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

25/04/2015 08:51

Número de mortes em acidentes de trânsito tem redução de 41% na Capital

Michel Faustino e Flávia Lima
Dados mostram um redução no números de acidentes fatais. (Foto: Alcides Neto)Dados mostram um redução no números de acidentes fatais. (Foto: Alcides Neto)

O número de acidentes de trânsito com vítimas fatais teve redução de 41% de janeiro a abril desde ano em comparação ao mesmo período do ano passado. Dados do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito) mostram que o maior número de casos é entre motociclistas.

Veja Mais
Desatenção provoca acidente com Mototaxista
Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente

Em 2014, foram registradas, até abril, 36 mortes causadas por acidentes de trânsito na Capital. No mesmo período desde ano, o número caiu para 21. Destes, 15 envolvem motociclistas.

Houve ainda uma redução geral no número de acidentes. Ano passado foram ao todo 1.089, já este ano o número não passou de 896.

A coordenadora de Analises de Acidentes da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Vera Lúcia Matos, acredita que os números “positivos” fazem parte de um trabalho que vem sendo desenvolvido há mais de quatro anos.

“Há muito tempo a gente trabalha com campanhas de orientação e intensifica as ações para evitar que o trânsito seja tratado como o grande vilão. Mas, além disso, acredito que essa redução no número de acidentes também é em grande parte um processo de entendimento da população, que está mais atenta a tudo”, ponderou.

Segundo a coordenadora, a conscientização vem sendo discutida há muito tempo por meio de campanhas e é tão eficaz quanto as ações punitivas.

“ As pessoas estão mais sensíveis, e isso é muito bom. Elas sabem que precisam se comportar de maneira menos agressiva no trânsito, que precisam ser responsáveis. A obrigação da gente é fiscalizar e punir os excessos, mas se não houver consciência não adianta de nada”, ponderou.

Vera lembra que as ações ocorrem o ano todo, mas devem ser intensificadas no próximo mês onde acontece a campanha “Maio Amarelo”.

“Desde fevereiro estamos fazendo às abordagens educativas e levando informações sobre redução de riscos principalmente para os motociclistas que são às principais vitimas de acidentes de trânsito. Agora em maio temos a campanha é redução ainda mais esses número”, finalizou.

Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente
O flagrante na BR-163 foi enviado por uma leitora através do canal Direto das Ruas. A TV News esteve no local e constatou diversas irregularidades....
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



A contribuiçao da guarda civil municipal no transito deve ter cooperado muito para a diminuiçao de indice de acidente. Tornando assim transito mais seguro.
 
anderson em 25/04/2015 10:18:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions