A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

13/09/2012 07:29

Obras de revitalização das rodovias MS-276 e MS-480 serão iniciadas amanhã

Francisco Júnior

As obras de restauração das rodovias MS-276 e MS-480 serão iniciadas nesta sexta-feira (14). A autorização de início será assinada pelo secretário de Obras Públicas e de Transportes, Wilson Cabral Tavares, às 10 horas, em Anaurilândia.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Com um investimento próprio de R$ 33,3 milhões, serão revitalizados 79,650 quilômetros na MS-276, ligação Batayporã-Anaurilândia, e na MS-480, do entroncamento da MS-276 até a Divisa de MS com o Estado de São Paulo.

A região possui tráfego intenso, inclusive de veículos pesados. Já em maio, durante entrega da premiação do Programa Escola para o Sucesso no Vale do Ivinhema, o governador André Puccinelli havia anunciado que o processo de contratação estava em andamento e garantiu a entrega no ano que vem.

Os serviços compreendem a restauração do pavimento, manutenção e conservação da pista e obras complementares de segurança. De acordo com a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), os serviços serão executados no sistema chamado Crema, metodologia amplamente aplicada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e exigida pelo financiador, o Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). O mecanismo é o Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias, que busca assegurar que uma construtora faça a obra com a melhor qualidade possível, já que envolve contratos de manutenção com longa duração, com responsabilidade direta do contratado na execução das obras, no controle de qualidade e nos serviços de manutenção.

As ações na MS-276 e MS-480 contemplam: intervenções contínuas – restauração total do passivo da via, que demandará R$ 23.228.099,33, e obras complementares de segurança, que absorverão R$ 2.304.511,68. Essas intervenções fazem a recomposição das condições normais de segurança e trafegabilidade da rodovia, e serão executadas ao longo dos próximos doze meses, a partir da assinatura da Ordem de Serviço; intervenções descontínuas – manutenção e conservação rotineira, consumindo investimento de R$ 7.808.055,90. Essas ações visam manter a trafegabilidade no período anterior e posterior à restauração total, por um período de cinco anos (60 meses).

A empresa executora das obras será a Equipe Engenharia, vencedora do processo licitatório realizado recentemente e homologado no dia 21 de agosto pela Coordenadoria de Licitação de Obras da Agesul.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions