A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

08/01/2014 14:56

Paulista morando há 20 dias na Capital atropela meninas de bicicleta

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Estudante ficou caída no chão e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros (Marcos Ermínio)Estudante ficou caída no chão e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros (Marcos Ermínio)

Duas estudantes foram atropeladas, por volta das 14h30 de hoje, no cruzamento da Rua Falcão com a Travessa Albatroz, no Bairro Morada Verde, na saída para Cuiabá, em Campo Grande. O Polo vinho envolvido no acidente era conduzido por um paulista, Luiz Cláudio da Silva, 41 anos, que está residindo há 20 dias em Campo Grande.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

O automóvel trafegava pela rua Albatroz, quando atingiu as primas Lidiane de Almeida, 14, e Brenda Almeida, 13, que iam de bicicleta buscar a transferência da irmã na Escola Estadual Padre João Greinner, no Conjunto Estrela do Sul.

Após a colisão, Lidiane caiu no chão e Brenda ainda conseguiu se levantar e saiu correndo até a casa da mãe, na Rua Falcão. As duas tiveram escoriações e foram levadas para o centro de saúde pelo Corpo de Bombeiros.

Silva contou que se mudou para a Capital há 20 dias e trafegava devagar por não conhecer a região. Ele alegou que as meninas estavam em uma bicicleta sem freio e não pararam ao avistar o veículo.

No entanto, a mãe de Lidiane, Margarida Almeida, 45, disse que as meninas só estavam indo buscar a transferência e que a bicicleta tinha freio.

O pára-brisa do Pólo trincou com o impacto. O condutor chamou os bombeiros e permaneceu no local até o socorro das vítimas.

Estudante de 13 anos ficou com escoriações no corpo (Foto: Marcos Ermínio)Estudante de 13 anos ficou com escoriações no corpo (Foto: Marcos Ermínio)
Pára-brisa de automóvel ficou destruído com o impacto da batida na tarde de hoje (Foto: Marcos Ermínio)Pára-brisa de automóvel ficou destruído com o impacto da batida na tarde de hoje (Foto: Marcos Ermínio)



Um motorista Paulista dirige em qualquer cidade do Brasil( pq lá motoristas de transito se respeitam), mas ex: um motorista de CGDE não dura 30" na capital Paulista..

Sem Mais para o Momento....



Alex Mussi
 
Alex Mussi em 09/01/2014 13:22:27
Pessoas de conduçao menores e os pedestres devem sim ter atençao redobradas,pois vaõ sempre levar a pior, pois o transito é para todos. Graças a Deus as meninas estaõ bem.
 
cesa olmedo em 09/01/2014 11:20:33
Gente eita cidade campeão de acidentes, seja qualquer tipo ou natureza.São Paulo, perde para Campo Grande.
 
Valquiria Costa em 09/01/2014 08:34:29
sempre trafego nessa regiao e a conheço bem. as pessoas que ali moram ficam no meio da rua sentados em cadeiras e quem vier de carro, caminhao ou moto que tem que desviar.
 
roberto ribeiro em 09/01/2014 07:08:58
E o que tem haver o fato do motorista ser paulista ? Até onde sei Campo Grande é a capital dos barbeiros no trânsito e não São Paulo, até onde o Google diz e até onde a gente vê por aqui mesmo neste site os acidentes diários. Esse povo anda de bicicleta feito louco e muitas vezes na contra-mão mesmo. Não dá pra responsabilizar apenas o motorista não.
 
Reginaldo Santos em 08/01/2014 22:27:26
Amigo Eloy, então atravesse a rua na frente de uma carreta em alta velocidade pra voce ver sua bela preferencia senhor sabidão. A direção defensiva vale para o pedestre também, pois ele deve ter o mínimo de cuidado.
 
José Ferreira Lopes em 08/01/2014 22:07:35
Sr Luiz Cláudio? Prazer eu sou Campo Grande a capital dos acidentes de trânsito por desrespeito ou abuso de velocidade nas vias!!!
 
Luciano Silgueiros em 08/01/2014 20:58:15
Isso não quer dizer que você possa se jogar na frente do carro Eloy!
 
Carlos Alberto em 08/01/2014 17:22:24
esse eloy não sabe de nada por acaso vc trabalha na policia de transito.
 
ricardo duarte oliveira em 08/01/2014 17:12:31
Nossa!!! Eu sou vizinha dessa meninas . E outro dia vi as mesma fazendo a mesma coisa. Desceram a avenida de bicicleta igual umas loucas. E quase que foram atropeladas.
Acredito que elas tem responsabilidades também, pq também estão no transito.
Agora culpa só o motorista, mas cuidado pode acontecer com qualquer um.
 
marcia cristina em 08/01/2014 17:07:03
art-29 e art-58, são também para os nascidos aqui ou só para quem vem de outra cidade?
Porque isso não é muito citado.
 
mirella forti cossignani em 08/01/2014 16:57:54
Meninas de 13 e 14 não podem pegar transferência na escola, se a mãe tivesse ido junto não teria acontecido isso e achei muito preconceito destacar o que condutor é "paulista", importa de onde a pessoa é?
 
Karina Catelan Lopes em 08/01/2014 16:38:58
moro a 5 anos e ainda não me acostumeio com o transito daqui, falta de atenção,falta de respeito aos sinais, ciclistas que andam na contra mão sem tomar conta dos riscos!!
 
Caio Prado em 08/01/2014 16:38:33
Seja bem vindo a Campo Grande amigo.
 
maximiliano nahas em 08/01/2014 16:25:42
Nas ruas de Campo Grande, o transito é fora de qualquer comparação com outros estados.
Nas rotatórias é preciso muita atenção pois não podemos confiar que alguém vá obedecer as regras de transito, principalmente os jovens, eles não tem toda a atenção voltada ao transito.
As vezes se distraem, e correm risco.
 
mirella forti cossignani em 08/01/2014 16:03:39
As meninas não pararam ao avistar o veículo??? Seguem artigos do Código de Trânsito:

- art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas: § 2º Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres.

- Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.
 
Eloy Marques em 08/01/2014 15:30:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions