A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

23/08/2014 09:13

Pedestre ganha semáforo, mas não usa botoeira para fazer travessia

Filipe Prado
Poucos pedestres acionaram as botoeiras (Foto: Marcelo Victor)Poucos pedestres acionaram as botoeiras (Foto: Marcelo Victor)

Para a alegria dos pedestres, um semáforo com botoeira foi instalado no cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Rua Santa Adélia, em frente ao Shopping Norte e Sul. Uns dizem que a medida foi positiva. No entanto, a maioria, que não sabe que deve apertar o botão para acionar a passagem do pedestre, criticou o funcionamento do semáforo.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

Por cerca de 15 minutos a equipe do Campo Grande News ficou no cruzamento esperando algum pedestre apertar o botão, mas a maioria esperava o semáforo abrir ou atravessava no vermelho. “Só alguns funcionam. O que fica em frente ao shopping só abre por dois segundos. Ficamos em dúvida”, revelou Kevis Garcia, 20 anos.

Já a costureira Noemia Barbosa, 59, elogiou o novo semáforo, porque para ela há muitos acidentes no cruzamento, porém para atravessar a mulher se recusou a apertar o botão. “Não confio, não está funcionando”, argumentou.

Tem aqueles que mesmo concordando com o perigo da avenida, não utilizam a botoeira, como Sueli Pereira Santos, 44. “Nunca tentei”, analisou.

O tráfego intenso na avenida se mistura com a presença de pedestres, principalmente passageiros do transporte coletivo, que mesmo com o semáforo preferem atravessar fora da faixa de pedestres.

Nelson foi o único pedestre a apertar o botão. Não tem educação (Foto: Marcelo Victor)Nelson foi o único pedestre a apertar o botão. "Não tem educação" (Foto: Marcelo Victor)

Somente o corretor de imóveis Nelson Pimentel, 63, teve paciência para acionar o semáforo e esperar o momento certo para atravessar. “Todas as mudanças que ocorreram aqui foram para melhor. O problema é que os pedestres não têm a educação de acionar o semáforo”, apontou.

Ele mora na região há 30 anos e já viu vários acidentes no cruzamento. Ele apoiou a implantação do semáforo, mas recomendou que outros meios de proteção fossem instalados na avenida.

“Acho que deveria ser colocado uma passarela aqui. Têm algumas pela avenida, mas aqui é mais necessário. Se fosse possível, poderiam colocar até aquelas passarelas que passar por cima da avenida”, concluiu Nelson.

Conforme a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) o semáforo com botoeira para pedestre é instalado onde há grande demanda, como nas saídas de terminais. Ainda não há outros locais para instalação.

São cerca de 85 botoeiras voltadas para os pedestres distribuídas no perímetro urbano de Campo Grande.

Poucos pedestres atravessar pela faixa de pedestres (Foto: Marcelo Victor)Poucos pedestres atravessar pela faixa de pedestres (Foto: Marcelo Victor)
Ou atravessam mesmo com o semáforo fechado (Foto: Marcelo Victor)Ou atravessam mesmo com o semáforo fechado (Foto: Marcelo Victor)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions