A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

11/02/2013 06:53

Policial é atropelado por motorista que foge sem prestar socorro

Paula Maciulevicius

Um policial da Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito) foi atropelado na noite deste domingo, por volta das 21h, no cruzamento das avenidas Coronel Antonino e Mascarenhas de Moraes, em frente ao terminal General Osório. O motorista que provocou o acidente fugiu sem prestar socorro e acabou preso em casa, no bairro Jardim Colúmbia.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

O policial que é soldado pilotava a motocicleta da Polícia Militar quando o motorista que dirigia um Fiesta Sedan fez uma conversão proibida e atingiu o PM. Com a queda, o soldado identificado apenas como Souza, teve fratura nos braços e nas pernas.

Testemunhas anotaram a placa do carro e chamaram a Polícia. Com os dados foi possível chegar ao endereço da casa do motorista. Segundo a PM, o motorista que apresentava sinais de embriaguez foi preso. O filho dele, que tentou impedir a prisão do pai, também foi levado para a delegacia.

Pai e filho foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. O soldado segue internado na Santa Casa.




...Carlinho!!!!.... estamos torcendo pela sua recuperação....
 
EMILIO VALIENTE SATTI em 19/02/2013 18:13:01
Concordo com vc GILSON GIORDANO ....plenamente !!!!!
 
ROGERIO CARVALHO em 11/02/2013 13:23:43
Enquanto em noites como ano novo (4 testes de bafometro) ou noites de carnaval (7 testes de bafometro) a policia não fiscaliza de metodo sistematico e rigoroso o uso de alcool, infelizmente os motoristas aqui na cidade continuam causando acidentes por causa do alcool. Nada adianta passar leis com tolerancia zero, se a fiscalização é praticamente inexistente.
Por favor, Ciptran, contrata uma empresa de pesquisa de mercado e vai acompanhando a porcentagem de motoristas que admite dirigir apos beber. Posso apostar que o numero caiu pouco, de uns 42% (apurado pelo UCDB em 2010) para sei-la, uns 40% agora. Só se este numero cai drasticamente, que podem celebrar a Lei Seca. Enquanto não cai, vai ser preciso fazer mais blitze!
 
Marcos da Silva em 11/02/2013 10:55:18
ta feia a coisa..e a certeza da impunidade.
 
robert motta em 11/02/2013 10:45:29
Nosso companheiro de trabalho está internado na Santa Casa, passou por uma cirurgia e terá que passar por outra....Felizmente, o irresponsável foi identificado, detido e responderá pelo crime e esperamos que seja devidamente punido pela justiça. Enquanto os tribunais de justiça não aplicarem penas severas aos envolvidos em acidentes desta natureza e, principalmente, com vítimas fatais os condutores não vão se concientizar e continuarão vitimando trabalhadores.
 
Gladis Caramalac em 11/02/2013 10:38:50
Com receio do aumento do valor da multa a tendencia será essa: o condutor embriagado irá fugir do local sem prestar socorro! O que deve ser mudado é a consciência da população e não o valor da multa ou quantidade de álcool expelido para ser aplicada a infração.
 
Rodrigo Alberto em 11/02/2013 10:17:21
Pôxa lamentável! Pena que não foi possível o policial sacar a pistola e dar um tiro certeiro na nuca desse motorista.. ISSO QUE EU LAMENTO! Tinha que ser um tiro na NUCA! pra ele nunca mais fazer isso! Fazer conversão em local proibido? Merece um tiro certeiro mesmo... ele e esse outro que atropelou e matou um passageiro no táxi.
 
Gilson Giordano em 11/02/2013 09:54:09
Eu estava na proximidades e achei muito eficaz a operação policial um movimento de aproximadamente 10 viaturas com atitude e exito na prisão do condutor, gostaria que fosse da mesma forma quando se trata-se de um civil!
 
Eugênio Quevedo em 11/02/2013 09:21:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions