A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/06/2016 22:58

Professor que morreu em acidente foi encontrado pela mulher e cunhado

Nyelder Rodrigues
Edson Diego ao lado da motocicleta que pilotava no momento do acidente. (Foto: Reprodução/Facebook)Edson Diego ao lado da motocicleta que pilotava no momento do acidente. (Foto: Reprodução/Facebook)

O motociclista que morreu em acidente na tarde desta segunda-feira (6), na rodovia MS-010, estrada que liga Campo Grande ao distrito de Rochedinho, foi encontrado pela mulher e pelo cunhado, que após ele não aparecer para almoçar e não ser encontrado na escola onde iria dar aula, começaram à procurá-lo.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

Edson Diego Aparecido Belchior Corrêa, 29 anos, era professor de Educação Física e estava a caminho da escola municipal Barão do Rio Branco, onde ministra aulas em um projeto da Semed (Secretaria Municipal de Educação), em Rochedinho. Ele saiu de casa, na Capital, às 9h, conforme afirma a mulher dele em boletim de ocorrência.

Como ele não retornou para o almoço, ela ligou na escola onde ele teria uma reunião hoje, recebendo uma negativa sobre a presença do mesmo. Diante disso, e também sem que amigos e familiares soubessem o paradeiro dele, ela e o cunhado foram procurá-lo, fazendo o mesmo trajeto que ele fazia para a escola.

Por volta das 14h40, eles encontraram a moto e a vítima em um barranco, acionando então o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros. Porém, ele já estava morto. A moto, uma Suzuki 750 cc ficou toda retorcida com o impacto do acidente, enquanto que há 100 metros do local, foi encontrada uma seriema morta.

Isso faz com que a polícia acredite que a causadora do acidente foi o atropelamento da seriema, o que fez o professor perder o controle da moto e bater no barranco. O corpo dele foi lançado a aproximadamente 50 metros, revela o boletim de ocorrência do acidente, registrado na 2ª DP (Delegacia de Polícia Civil). Não há testemunhas do ocorrido.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions