A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

17/03/2013 12:36

Retirada de carretas envolvidas em acidente congestiona trânsito na 163

Viviane Oliveira e Luciana Brazil
Retirada de carreta envolvida em acidente na sexta-feira. (Foto: João Garrigó)Retirada de carreta envolvida em acidente na sexta-feira. (Foto: João Garrigó)
Congestionamento chegou a 5 quilômetros de cada lado. (Foto: João Garrigó)Congestionamento chegou a 5 quilômetros de cada lado. (Foto: João Garrigó)

A retirada das duas carretas envolvidas em acidente na noite da última sexta-feira (15) causou congestionamento na manhã de hoje (17) na altura do quilômetro 460 da BR-163, saída para São Paulo, em Campo Grande. Com a colisão, as carretas pegaram fogo.

Veja Mais
Moradores saqueiam linguiça e soja após colisão entre duas carretas
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal) a rodovia ficou interditada desde as 8h e só foi liberada totalmente por volta das 11h15. Durante o processo, quando a fila de veículos ficava grande, a PRF liberava o trânsito, cada vez de um lado da pista. O congestionamento chegou a 5 quilômetros de cada lado. 

Desde sexta, por várias vezes o fogo voltou e o Corpo de Bombeiros teve de ser acionado. Conforme o subtenente Chateaubriand, mesmo assim não há risco de explosão. Hoje foram utilizados 500 litros de água para evitar qualquer incidente, mas no total já foram gastos pelo menos 3 mil litros.

O dono de uma das carretas que transportava produtos embutidos da Seara, Luiz Bernardo, de 70 anos, disse que só a parte da frente do veículo está avaliada em R$ 130 mil. A carga de 26 mil quilos de produtos, levados por moradores da região, tem seguro, mas o veículo não. O motorista que conduzia o caminhão passa bem.

O funcionário da empresa do outro veículo envolvido no acidente, Carlos Augusto dos Santos, disse que a carreta transportava 37 toneladas de soja. Ele havia pegado a carga em Sinop (MT) e levaria para o Porto de Santos (SP). O motorista continua hospitalizado.

Um dos veículos ainda continua no local e não tem hora para ser retirado. Depois de concluída a remoção, os dois serão encaminhados para o depósito de uma empresa de guincho.

 




pesso um apelo para nossos amigos da estrada, vamos ser mas prudentes, a sua imprudencia é o sofrimento de outros...
 
ueskrei monteiro em 18/03/2013 10:05:25
Passei por esse congestionamento, estava viajando para Presidente Prudente quando ficamos 1hora parados no congestionamento, depois demto tempo esperando o motorista do onibus em que eu estava resolveu voltar e ir por outra rodovia (na qual não conheço) que aumentou o percurso da viagem em 3horas!
 
Orlando BEraldo em 17/03/2013 13:03:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions