A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

17/04/2013 08:50

Sem-terra promovem bloqueios em três rodovias nesta quarta no Estado

Francisco Júnior e Edivaldo Bitencourt
Bloqueio ontem causou congestionamento de 20 quilômetros (Foto: Divulgação)Bloqueio ontem causou congestionamento de 20 quilômetros (Foto: Divulgação)

Pelo segundo dia, manifestantes do movimento sem-terra bloqueiam três rodovias que cortam Mato Grosso do Sul. A interdição acontece em três trechos, incluindo corredor importante, como a BR-163, entre Campo Grande e Nova Alvorada do Sul. O bloqueio é maior na BR-267, na altura do quilômetro 190, em Nova Andradina. 

Veja Mais
Bloqueio do MST na BR-267 causou congestionamento de 20 quilômetros
Sem-terra bloqueia rodovia em Nova Andradina em ato contra impunidade

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), cerca de 150 pessoas participam da manifestação naquele trecho, perto do Distrito de Casa Verde. A estrada está totalmente interditada e não há previsão de liberação do trânsito no local. Ontem, esse mesmo trecho já havia sido bloqueado e provocou um congestionamento de 20 quilômetros.

No entanto, um dos coordenadores do MST (Movimento dos Sem-Terra), Jonas Carlos da Conceição, o bloqueio é por 21 minutos. Após este tempo, o grupo está liberando o tráfego. 

Outra rodovia federal que está sendo alvo dos manifestantes é a BR-163, entre o distrito de Anhanduí e Nova Alvorada do Sul. Cerca de 300 famílias participam do protesto. Eles bloqueiam a rodovia para entregar panfletos e alimentos aos motoristas.

Duas rodovias estaduais também foram bloqueadas pelos sem-terra. Por volta das 6 horas, um grupo bloqueou a passagem de veículo no KM 365 da MS-060, distante cerca de 10 quilômetros de Campo Grande, na saída para Sidrolândia.

Segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), a rodovia já foi liberada, mas os manifestantes permanecem às margens da via e podem bloqueá-la novamente.

Conforme a PRE, a MS-164, próximo a cidade de Ponta Porã, no sul do Estado, também pode ser interditada pelos sem-terra. Um grupo de manifestantes está no local, mas ainda não fizeram nenhum bloqueio.

O protesto faz parte do "Abril Vermelho" do grupo, que cobra a retomada da reforma agrária no Estado e o fim da impunidade no campo, informou um dos coordenadores do MST em Mato Grosso do Sul, Jonas Carlos da Conceição.

 

Sem-terra bloqueia rodovia em Nova Andradina em ato contra impunidade
Centenas de famílias sem-terra bloqueiam, desde as 6h desta terça-feira, a BR-267, na altura do quilômetro 190, em Casa Verde, distrito do município ...
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...



Neste País, alguns elementos acham que estão acima da lei, de todos e logo vão começar a achar que estão acima do País, das liberdades e direitos individuais, do estado de direito e até de Deus. São grupos de baderneiros que contam com o apoio do governo, recebem dinheiro da União, comida e etc, para fazerem o que querem. Não respeitam nem a Constituição. E os governos municipais, estaduais e federal, não estão nem aí para a população que paga os seu salários. Nós otários, cumpridores da lei, somos obrigados a conviver com os nossos direitos sendo jogados na privada. Até quando os baderneiros vão fazer o que querem? Até quando o governo e a justição vão permitir isto?
 
Rogério Martins em 17/04/2013 13:02:48
Essa é a herança do Lula...
 
Paulo Calderan em 17/04/2013 12:23:46
cade a polícia nesses casos?, bloqueando o direito de ir e vir da população? as policias não esta com nada mesmo, piada.
 
joel dos santos em 17/04/2013 10:34:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions