A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

22/06/2012 12:48

STF rejeita pedido para libertar estudante que matou no trânsito

Aline dos Santos

A defesa do acadêmico não quis comentar a decisão

Richard está preso desde 31 de maio. (Foto: Minamar Júnior)Richard está preso desde 31 de maio. (Foto: Minamar Júnior)

O STF (Supremo Tribunal Federal) rejeitou o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Richard Ildivan Gomide Lima.

O estudante de Direito foi preso em flagrante no dia 31 de maio, após acidente que provocou a morte do segurança Davi Del Valle Antunes, de 31 anos. Ontem, a presidência do Supremo não conheceu o pedido. A defesa do acadêmico não quis comentar a decisão.

O acidente foi na avenida Afonso Pena, em frente ao shopping Campo Grande. O motociclista foi atingido pelo Punto, conduzido por Richard, enquanto esperava o sinal abrir.

Ele foi lançado a 38 metros de distância e a moto a 57 metros, conforme constatado pela perícia. O radar mostra que o carro estava a 83 km/h e furou o sinal, que estava vermelho há sete segundos. Davi voltava para a casa após o trabalho.

Em entrevista ao Campo Grande News, o preso confirmou que, antes do acidente, esteve num motel com um amigo e uma garota de programa. A confissão veio à tona depois de a prostituta ter registrado, na mesma madrugada, um Boletim de Ocorrência denunciando que a dupla tentou furtar dinheiro de sua bolsa.

Ela discutiu e Richard teria mostrado uma arma de fogo.

No registro policial, consta que o universitário a ameaçou e também atirou, danificando a parede do quarto.

No dia seguinte à entrevista, Richard mudou a versão e voltou a afirma que estava em um churrasco na noite que antecedeu o acidente. Contudo, há um comprovante do pagamento feito por Richard no motel.

O recibo do estabelecimento mostra que no apartamento foram consumidos cerveja e champanhe. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro. Contudo, foi registrado um termo de embriaguez, pois, conforme os policiais que atenderam a ocorrência, o jovem apresentava forte odor de álcool, além da voz pastosa e embargada.

Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente
O flagrante na BR-163 foi enviado por uma leitora através do canal Direto das Ruas. A TV News esteve no local e constatou diversas irregularidades....
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



QUE RARIDADE, AGORA VAMOS TORCER PRA ESSE ASSASSINO CONTINUAR PRESO!!!
 
GIVALDO VALERIO DE LIMA em 24/06/2012 06:17:53
Parabéns ao trabalho competente do STF e também ao trabalho daqueles que colaboraram para instalações de câmeras de segurança em nossa capital,gostaríamos que isso fosse feito também em áreas periféricas onde o índice também tem sido bem alto de acidentes enfim...a lei serve para todos independente de suas classes sociais...
 
Douglas Lincoln em 22/06/2012 11:44:42
Parabéns ao STF pela sábia decisão. Esta decisão mostrou que até que enfim a justiça está sendo feita.
 
Cleberson Silva em 22/06/2012 11:00:18
Como é bom, ver que alguns marginais sentirem o sabor da justiça. Parabéns STF, que este elemento mofe na cadeia.
 
Jardelino Pereira em 22/06/2012 10:01:24
Só não podemos confundir que sua prisão, neste momento, é cautelar, isto é, para garantia da ordem publica ou a da instrução processual, p. ex. Nao se trata de uma prisão definitiva e nem condenatoria. Portanto, ele ainda nao esta pagando nada, pois nem foi julgado pelo crime.
 
Caio V B Gianini em 22/06/2012 08:47:10
É preciso dar exemplo. Parabéns ao STF.

 
Ricarto Afonso Neto em 22/06/2012 05:41:36
Se o STF sequer conheceu do pedido de HC entendo que nao adentrou ao mérito por problema formal, ou seja, o Advogado do rapaz fez alguma coisa errada ao postular o HC.
 
José Leomar Coeho em 22/06/2012 04:17:00
...a população agradece ....parabéns ao STF (Supremo Tribunal Federal)
 
Ester Menacho em 22/06/2012 04:03:00
Muito bem, parabéns ao STF pela decisão ... não pode liberar mesmo, tem que pagar pelo que fez, queria ver se fosse o estudante que tivesse morrido , com certeza a familia dele estaria fazendo de tudo para deixar o jovem preso. Com ele preso quem sabe outros jovens comecem a se preocupar mais quando dirigem, que ele sirva de exemplo para os outros. E que vá a Júri popular.
 
Glaucia Gama em 22/06/2012 02:14:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions