A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

05/05/2011 13:17

Tráfego de caminhões será proibido em Avenida onde garoto morreu atropelado

Paula Vitorino

Quatro-molas serão instalados amanhã na Avenida do Jardim Montevidéu

Moradores fizeram protesto pedindo a proibição do tráfego de veículos pesados. (Foto: João Garrigó)Moradores fizeram protesto pedindo a proibição do tráfego de veículos pesados. (Foto: João Garrigó)

Após mobilizações e a morte de um menino de 9 anos, o tráfego de veículos pesados, como caminhões e carretas, será proibido na Avenida Ana Rosa Ocampo, no Jardim Montevidéu.

Ainda segundo informação da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), a via vai receber mais quatro quebra-molas nesta sexta-feira (6). Já existem outros quatro ao longo da Avenida.

De acordo com o diretor de trânsito da Agência, Janini de Lima Bruno, as sinalizações indicando a proibição do tráfego no local devem ser concluídas em até 15 dias.

A Avenida é a principal via do bairro, que fica próximo ao macroanel rodoviário, que liga às BRs 163 e 262. No dia 27 de abril deste ano, o garoto Vinicius Nunes da Cruz Maciel, de 9 anos, foi atropelado por um caminhão quando cruzava a Avenida.

A criança foi arrastada e esmagada pelo caminhão por vários metros. O veículo estava carregado de areia e freou por aproximadamente 35 metros, depois de ter atropelado o garoto.

Na tarde do mesmo dia do acidente, os moradores do bairro fizeram um protesto pedindo o fim do tráfego de veículo pesados no local. De braços dados, os moradores fecharam a avenida por alguns minutos.

Para eles, a passagem de caminhões e carretas pela Avenida é o principal motivo dos constantes acidentes no bairro. Segundo eles, foram registradas três mortes no período de 18 meses.

Semáforos - O diretor de trânsito ainda informou que a Agetran irá instalar ao menos cinco semáforos ao longo da Orla Morena. A instalação dos equipamentos não tem data certa, mas deve ser concluída nas próximas semanas.

Nesta manhã, três cruzamentos receberam semáforos: Avenida Ernesto Geisel com a Rua Eça de Queiroz, na Rua 13 de Maio com a Rua Dr. Mário Correa e na Avenida Três Barras, próximo à rotatória da Rua José Nogueira Vieira.




Com a populaçao unida não tem quem pode,
a hhhaaa se todos fosem assim, muita coisa ja teria se emcaminhado. tomara que não
morra mais ninguem PELO AMOR DE DEUS.
 
andre ajala em 07/06/2011 05:07:28
quero agradecer a populacao que fez o protesto para a sinalizao da av.ana rosa pricipalmente a lider comunitaria maria jordao meus parabens continue assim para que campo grande possa ter uma sinalizao melhor .............
 
fabiana viera em 10/05/2011 02:13:37
obrigada a maria lider comunitario por ter conseguido a sinalizao para o nosso bairro esta brisizando.........
 
adriana rosa em 10/05/2011 02:08:00
quero dar os parabens para maria lider comunitariopor consegui a sinalizaçao para o bairro do montevideol com a manifistacao obrigada!!!!!!!!
 
tatiane paula em 10/05/2011 02:05:50
agradeço as pessoas que me apoiaram nesta manisfestação para que podessimos conseguir estes redutores ,sinalizaçoes etc... e tambem as pessoas que me criticam pois estas pessoas nunca presenciaram uma tpagedia desta de perto e as vezes nao tem filho nem neto. quem quiser comentar e trocar experiencias sobre esses e outros assuntos relacionados a bairros entre no meu imail .mariajordao2011@hotmail.com
Lider cominitario



 
maria lucia em 09/05/2011 04:53:37
Passou da hora de C.Grande ter alguem que entenda de mobilidade urbana à frente da Agetran. Não é possivel que em avenidas de tráfego intenso como a Zahran seja permitido a trânsito de carretas, bi-trem e outros de grande porte. Precisa igualmente ordenar o trânsito de veiculos pesados no perimetro urbano a determinadas horas da noite para o serviço de carga/descarga. Só proibir não adianta. Nem gente para fiscalizar essa proibição tem.
 
Ari Vargas Leal em 06/05/2011 12:35:29
Atitude e que os nossos governantes não tem.
Porque não proíbe a entrada de carretas e caminhão de dois eixos nos bairros, ia não basta às mortes que ocorreu em nossa cidade.
 
Silas Antonio em 06/05/2011 09:43:28
Infelizmente por culpa de uma menoria de motoristas irresponáveis muitos vão pagar, por que será que não vejo nenhuma fiscalização em cima desses motoristas? Uma blitz sobre caminhões por semana tiraria muitos motoristas que nem habilitados são. Lamentavelmente no Brasil existem muitas leis, pena que não são fiscalizadas pelos seus órgaos publicos competentes.
 
Sandro Lima em 06/05/2011 08:40:23
Queria parabenizar a leitora FATIMA BARBOSA, munícipe de MARACAJU, pois mesmo la, naquele belo e progressivo município, esta preocupada com a população de nosso estado, principalmente Campo Grande,


abraços


NEY SALVIANO
 
zildeneis Salviano em 06/05/2011 07:42:26
Acredito que com o porto seco que está para sair, o fluxo desses veículos diminuia consideralvelmente na cidade, enquanto isso não há como proibí-los, pois implica no desabastecimento da cidade, dentre outras coisas. Mas é muito verdade que esses caminhões e carretas oferecem perigo constante para pedestres e motoristas, os órgãos de trânsito estaduais deveriam ser mais rigorosos até na fiscalização das condições de circulação desses grandes veículos. Se uma carreta velha dessas perde o freio, como vai ser? Chacina? Genocídio? Holocausto?
 
Fernanda Gourlat em 06/05/2011 04:15:02
É o cúmulo do absurdo! Vão proibir caminhões em uma ligação entre duas BRs, as crianças vão brincar à vontade na avenida (não tem mais caminhão!!!) até mais uma morrer atropelada por um carro de passeio. E aí, vão proibir carros de passeio também? Que idéia da Agetran.
 
jorge tamio em 06/05/2011 04:11:23
Caro Vanderley Batista! Vc. com certeza nunca passou por ali, cuja avenida é cercada de casas simples, de pessoas pobres mesmo, que tem sim muitas crianças. Comentário infeliz esse seu!!!
 
MARCELLO MENDES em 05/05/2011 09:45:17
Muito bem, já q as autoridades se comoveram com o protesto da população da região e determinaram a proibição de veiculo pesado na via, q no meu entender é errado, poderiam também proibir o tansito de motociclistas pela cidade, o qto se envolvem em muito mais acidentes e mortes de transito. Seria muito bom tirar a maioria de irresponsaveis q circulam diariamente pelo transito da cidade.
 
Renato Rieff em 05/05/2011 09:16:40
Olha essa avenida é uma via que da acesso a umas das maiores saídas de campo grande que é a saída de Cuiaba. eu sou contra a retirada do tráfego de caminhões e carretas porem, acho que os pais devem educar os filhos a cruzarem avenidas movimentadas, pois eu mesmo já presenciei muitos fatos desse tipo que a criança nem se quer olham pros lado para atravessar as ruas ou avenidas.
 
Jose Leonardo em 05/05/2011 05:08:51
Concordo com o Vanderley, e faço a seguinte pergunta ao Diretor de Trânsito e aos demais que fazem parte da equipe que irá proibir o trânsito nesta avenida: Como ficam as pessoas que possuem veículos de tranporte pesados que moram nesta avenida, ou até mesmo aqueles que precisam descarregar mercadorias a alguns empresas que situam neste local???
 
Thaynara Silva em 05/05/2011 03:41:15
Fico REVOLTADA cada vez que leio um notícia desse porte!!
Ta virando novela isso, quantas crianças mais vão morrer de uma forma tão trágica para se fazer as devidas mudanças????
Sr.Governador, Prefeito, Diretor de Trânsito e sei lá mais quem, por favor, a população ta cansada de ouvir promessas. Vamos AGIR mais, porque verba tem, só falta atitude!!!!!

 
Fatima Barbosa- Maracaju em 05/05/2011 03:38:13
Sensacional, nem o caminhão que recolhe lixo deve passar, otimo mas terrenos baldio cheio de lixo e população culpando prefeito pelas consequencias, mas educar as crianças seu deveres de cidadão, NUNCA
 
Vanderley Batista Gomes em 05/05/2011 02:59:42
Parabens a populao que se mobilizou e conseguiu e as autoridades que se sencibilizaram e acataram os pedidos, agora é so fazer comprir..
 
Rafael Martins em 05/05/2011 02:50:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions