A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

12/03/2013 21:03

Vítima de acidente na MS-080 segue em coma; outra já está consciente

Nyelder Rodrigues

Das duas vítimas que ocupavam a motocicleta Honda CG que se envolveu em acidente com um Fiat Uno na MS-080, na noite de sábado (9), em Campo Grande, uma já saiu do hospital, enquanto a outra segue internada na Santa Casa.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A motocicleta vinha sentido Rochedo – Campo Grande e era pilotada por Dyego Pires Ribeiro, 20 anos. Na garupa estava a mãe dele, Marli Aparecida Pires da Silva, 43 anos. Os dois tiveram ferimentos graves e foram levados pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa.

Conforme o Jhonatan Pires Ribeiro, irmão e filho das vítimas, a Marli chegou a ficar em coma, mas já se recuperou dele. Ela teve fraturas no fêmur, bacia e perdeu um dedo anular. Já Dyego fraturou o fêmur, fíbula e bacia, e segue em coma induzido na Santa Casa.

Jhonatan acompanhava a família em outra motocicleta, e conta que ele quase foi atingido também. Ele seguia a frente e só escapou pois jogou a moto para o acostamento, parando no meio do mato.

O filho e irmão das vítimas ainda contou que o dono do carro desceu nervoso, questionando o motivo da colisão, e não prestou socorro, além de aparentar estar alcoolizado e que testemunhas poderiam comprovar a situação.

Segundo a Polícia, na altura do quilômetro 27, o motorista do Uno invadiu a pista, bateu de frente com a moto e fugiu à pé, sem prestar socorro às vítimas e nem à própria passageira do carro.

A passageira do carro, Maria do Rosário Celestino Pereira, 56 anos, que seria mulher do condutor, apenas identificado como Pedro, ficou presa dentro do veículo, e também foi levada à Santa Casa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions