A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

09/07/2012 07:24

Vítimas de acidente com morte estavam bebendo, diz Polícia

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius
Local onde aconteceu a colisão. (Foto: Simão Nogueira)Local onde aconteceu a colisão. (Foto: Simão Nogueira)

Os ocupantes do veículo que capotou na madrugada desta segunda-feira (9) na avenida Mato Grosso, em Campo Grande, estavam bebendo em um posto de combustíveis localizado no cruzamento da avenida com a rua Ceará. Uma jovem de 19 anos,Naiana de Melo Nunes, morreu no acidente,

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A informação é de policiais do 1º BPM (Batalhão da Polícia Militar) que estiveram no local do acidente. Segundo informações da Polícia, as vítimas estavam em veículo Corsa Classic conduzido por uma mulher. Eles seguiam pela avenida, quando próximo ao supermercado Wall Mart, a condutora perdeu o controle do veículo, que bateu contra uma placa de sinalização e acabou capotando em seguida.

O Corsa, após capotar, ainda bateu contra um coqueiro. c, de 19 anos que estava no banco traseiro morreu no local do acidente. Ela estava sentada no colo de outro ocupante, que teve as duas pernas quebradas com o acidente.

Ainda conforme a Polícia, a condutora do carro foi detida.




é só fazer blitz de sexta a domingo na porta das boates e bares.
 
Breno Arantes em 09/07/2012 10:46:06
Ainda bem, que não mataram nenhum inocente pai de família, que é o que vem acontecendo sempre, alguns jovens bebem muito, e saem dirigindo. Enquanto estiverem se matando ainda esta bom, o ruim é matar alguém que não tem nada a ver, algum inocente que esta no local errado na hora errada.
 
ANDERSON CANALE em 09/07/2012 10:46:00
Só acontece essas tragedias com os jovens na maioria dos casos, falta responsabilidade, consciencia, acham que o pior nunca acontecem com eles. Nao adianta puniçao, de ficar se cnh, eles vao beber e dirigir do mesmo jeito!
 
cristiane meira em 09/07/2012 10:09:25
Concordo com que cada um faça o que quiser, desde que não envolvam pessoas que não têm parte na conduta adotada. Quem bebe e vai para o trânsito, além de suicida, é um assassino potencial. Enquanto não forem adotas medidas sérias para coibir esse bando de mal educados no trânsito, continuaremos perdemos preciosas(sempre para alguém) vidas.
 
Levi Monteiro em 09/07/2012 09:56:24
Ainda bem que não mataram nenhum inocente... Enquanto houver esse pensamento de se responsabilizar as lojas, a polícia, os carros, as mortes acontecerão. Quem tem que ser responsabilizado ó condutor irresponsável que bebe e sai de carro. Mas hoje os pais criam os filhos sem limite, e colocam a culpa na sociedade.
 
Pedro Chaves em 09/07/2012 09:45:00
Só cometem acidentes as pessoas que estão embriagadas e não as que bebem socialmente.
 
Cida Barros em 09/07/2012 09:22:13
Cadê os 'Anjos da Night'? Eu avisei.
 
Paula Lutero em 09/07/2012 09:16:00
Concordo plenamente com a célia Regina e a Tania Maria,cada um de nós somos livre p/ fazer o que der na telha porem pagamos o preço por nossos erros,existe o livre arbitrio, acho que todos os lugares que existe estabelecimento comercial tem que ter de tudo, inclusive bebidas alcoolicas, pois bebe quem quer ninguem força ninguem a beber.Cada cidadão que seja reponsabilizado por seus atos.
 
porfirio vilela em 09/07/2012 09:14:58
Os postos que vendem bebidas com álcool não podem ser culpados pelos acidentes com motoristas bêbados. Se não beberem nos postos eles bebem em bares lanchonetes, boates, em casa ou compram em qualquer lugar e bebem inclusive dentro dos veículos. Se os culpados forem quem vendem bebidas, todos então seriam culpados. A CULPA É DE QUEM BEBE E DIRIGE. FALTA CONSCIÊNCIA, RESPONSABILIDADE!
 
tania maria vaz leite da silva em 09/07/2012 08:28:23
O problema é que não há fiscalização, nem punição. A partir das 22:00hs, postos de gasolina, conveniências entre outros estabelecimentos deveriam ser proibidos de vender bebidas alcólicas. As boates e bares deveriam iniciar uma campanha conveniada ao estacionamentos para que os clientes possam deixar seus carros em segurança e pegar um táxi. E as blitz de CG deveriam ser constantes.
 
Rhaisa Figueira em 09/07/2012 08:28:00
Acho que teria que ter uma punição maior tipo não poder dirigir por um ano ou algo maior ainda, porque não é o posto que não pode vender bebida, mas sim a conciencia de cada um, porque já vi por diversas vezes essas pessoas que ficam ali bebendo atravessarem a avenida mato grosso e ir comprar suas bebidas no hipermercado do outro lado da rua. Então não é fechando um ponto de venda que vai resolver
 
celia regina neitzke lezo em 09/07/2012 08:25:56
Abasteço frequentemente meu carro neste posto de combustível e invariavelmente vejo um grupo de jovens embriagados, por estiveram bebendo durante grande parte da noite.
Ao sair dali, não é a primeira vitima dessa associação bebida/direção.
Até quando nossas autoridades vão permitir que estes estabelecimentos vendam desordenadamente bebidas, mesmo sabendo que estes jovens correm o risco de vida?
 
Eduardo Motta em 09/07/2012 07:53:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions