A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/10/2012 08:37

A Internet sem limites

Por Roberto Dias Duarte (*)

As cifras das vendas on-line já atingem notáveis R$ 24 bilhões anuais no Brasil, o que tem chamado a atenção do segmento supermercadista para os blogs e redes sociais como Facebook e Twitter, canais poderosos para o conhecimento de gostos e opiniões do consumidor.

Veja Mais
Tédio é a falta de projeto
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?

 Várias empresas da área já possuem departamentos específicos neste campo, conscientes de que ignorar um termômetro tão forte de tendências, e a gama de possibilidades por ele abertas, seria no mínimo temerário.

 Contudo, engana-se quem acredita que a decisão de compra virtual se baseie somente no preço. Comodidade, variedade, segurança, diversidade de formas de pagamento e conteúdos são fatores igualmente influentes neste processo.

 Estão aí para provar belíssimos casos de empresas que deslocaram o foco do produto para o cliente, oferecendo conteúdo de qualidade para determinados nichos, uma estratégia que incrementou relacionamentos, desenvolveu verdadeiros fãs e, no momento oportuno, deu origem à oferta de itens exclusivos.  Já a competição por preço ficou para os que nada mais teriam a oferecer.

 A história da economia digital no Brasil está apenas começando, sobretudo no setor supermercadista, onde ainda não há vencedores definidos. As oportunidades estão ao alcance de todos, sejam pequenos, médios ou grandes players, nas capitais ou no interior. O que importa neste jogo, sem dúvida, é o pleno e efetivo uso do potencial criativo e inovador do Terceiro Milênio.

 

 (*) Roberto Dias Duarte é administrador de empresas, palestrante e professor de pós-graduação da PUC- MG e do Instituto IPOG.

 

Tédio é a falta de projeto
Recentemente, deparei-me com duas situações. Na primeira, eu almoçava com dois amigos, ambos na faixa dos 55 anos de idade, funcionários públicos bem...
Dólar alto: bom ou ruim para o agronegócio?
Claro, depende da hora e do mercado, exportação ou de mercado interno. Agora, falando da soja, o principal produto da pauta brasileira de exportações...
Marcas lutam diariamente para impactar as pessoas
Segundo pesquisas, temos contato com aproximadamente 2.000 marcas em um dia “comum” e menos de 300 delas ficam em nossa memória. Por isso, essas marc...
A modernização das leis do trabalho: oportunidade, não oportunismo
Crises econômicas em qualquer país do mundo ensejam debates sobre reformas. São nos cenários de recessão prolongada que as nações se defrontam com se...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions