A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

06/01/2011 10:00

Desafio político: Dourados, cidade esburacada

Por Tácito Loureiro (*)

Contra fatos não existe argumento. Nas férias, retornei ao Mato Grosso do Sul e visitei rapidamente Dourados. Com espanto e indignação, encontrei o descaso público: várias ruas e avenidas esburacadas. O asfalto simplesmente está horrível em diversos pontos da cidade.

Em geral, salvo raríssimas exceções, Prefeitos admitem a construção e manutenção de asfaltos de péssima qualidade. Com isso, as reformas são necessárias. A coisa não é bem feita de propósito. Trata-se de intenção ilícita com a finalidade de desviar dinheiro público.

O próximo Prefeito de Dourados, Murilo Zauith (do prestigiado partido político Democratas), é formado em Engenharia Civil. Caso na Administração Municipal dele a pavimentação asfáltica seja ruim, a sociedade não deverá nunca mais elegê-lo para cargo eletivo. Porque será a demonstração de dupla incompetência, quer pela condição de Prefeito ou Engenheiro Civil.

Ninguém é obrigado a fazer o impossível. A dificuldade de fazer asfalto bom é mentira. Em diversos locais do mundo, as ruas e avenidas permanecem intactas. Sem buracos, por muitos e muitos anos. Assim, cada obstáculo encontrado no trânsito representa a grave omissão do Poder Público.

Uma idéia inteligente, por exemplo, é a Prefeitura de Dourados buscar o “asfalto poderoso” criado pela Escola Politécnica, da Universidade de São Paulo (USP). Outra é o chamado “asfalto ecológico”, comum hoje em dia na Alemanha. Além disso, é necessária a instalação de galerias de águas pluviais, que escoem a água da chuva pelos bueiros abertos juntos ao meio fio.

Não é preciso ir longe. No endereço eletrônico da Internet http://www.proasfalto.com.br existem, por exemplo, as informações valiosas do Programa Asfalto na Universidade. São sobre a pavimentação asfáltica. Murilo Zauith, se for inteligente, certamente encontrará a solução inteligente para Dourados. Assim, passará a imagem de administrador público competente no trabalho que realizará.

Cabe aos intelectuais locais denunciarem também os desmandos da Prefeitura. As universidades assumem vital importância nesse sentido. Será interessante se vier de dentro delas a crítica contundente. Seja em relação ao asfalto ou até mesmo sobre outros temas importantes. Ou, a nosso ver, Dourados continuará refém de uma classe política corrupta e despreocupada tanto com a coisa pública quanto com a qualidade de vida da população.

Acredita-se que pessoas conscientes exerçam a cidadania plena. Isto é, de algum modo colaborem com o Poder Público. Este artigo tem este objetivo: colaborar com a gestão pública na democracia.

Quando se passa pelo asfalto esburacado a impressão é que há um grande “buraco intelectual” local. É o espaço da cidadania desocupado por intelectuais e outras pessoas informadas, mas omissas.

Enfim, espera-se que Murilo Zauith seja profissional naquilo que fará em Dourados, nos próximos anos. Dessa forma, se diferenciará de políticos ladrões e medíocres. Porque destes o mundo já está cheio demais. A sociedade douradense está cansada e quer distância.

(*) Tácito Loureiro é advogado.

Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
Ao fim de cada ano, realizo uma pesquisa com funcionários de empresas de todo o Brasil para avaliar quais foram as coisas que mais impactaram na prod...
A aviação e suas regras
A aviação conseguiu, em menos de um século, aproximar os continentes, as empresas e, principalmente, as pessoas. Foi uma evolução tão rápida que não ...
Lei Orgânica da Assistência Social – 23 anos
Nos últimos anos, a Assistência Social vem construindo uma nova trajetória, organizando-se sob novos padrões e afirmando-se como parte integrante do ...
Morre no trânsito o equivalente a 2 aviões da Lamia lotados por dia
Por dia, no Brasil, morrem em acidentes de trânsito o equivalente a ocupantes de dois aviões da Lamia, que transportava o time inteiro da Chapecoense...



É verdade, o colega tem razão, se tiver que dar dinheiro para os politicos, naturalmente o serviço sai de péssima qualidade. Quanto ao Dr. Murilo, que tem tudo para ser o novo Prefeito, tenho certeza que fará um bom trabalho, haja vista ser uma pessoa que gosta muito da Cidade de Dourados (MS), sempre investiu aqui, principalmente na Educação.
 
raymundo martins de matos em 06/01/2011 10:35:42
Outro fato que tem decepcionado em Dourados é a sujeira das ruas e o mato alto que invade as poucas calçadas. Infelizmente o descaso impera na "Cidade Modelo".
 
Daniel Albuquerque em 06/01/2011 10:31:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions