A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

06/03/2014 07:00

Portal se consolida como hábito dos leitores de todas as idades e classes

Zana Zaidan

No ar há 15 anos, o Campo Grande News é referência quando o assunto é informação rápida e democrática. O primeiro jornal online de Mato Grosso do Sul consolidou-se como o portal de todos: homens e mulheres; jovens e adultos; o trabalhador e o estudante. Todos em busca da notícia em primeira mão - desde o cenário político até o hábito de, antes de sair de casa, saber qual a previsão do tempo – recorrem ao portal.

Veja Mais
Foto de dia colorido por arco-íris vence concurso e leva iPad Mini
Com frase simples e criativa, leitora ganha ingressos de promoção de aniversário

Os relatos em tempo real do Campo Grande News real fizeram o comerciante Osmar Dias, 67 anos, eleger o jornal eletrônico como principal meio de informação. Osmar confessa que “ainda apanha” na frente do computador, mas recorre à ajuda da filha, de 23 anos, e diariamente acessa o portal em busca do que acontece na cidade e no Estado. “Sei que tudo que preciso saber está lá. Esses dias comentaram que um amigo tinha sofrido um acidente em Três Lagoas. Pedi para minha filha entrar no site para confirmar e aí tive certeza de que era verdade”, conta.

 

Seu Osmar recorre à filha para mexer no computador, mas não abre mão da leitura diária do Campo Grande News (Foto: Cleber Gellio)Seu Osmar recorre à filha para mexer no computador, mas não abre mão da leitura diária do Campo Grande News (Foto: Cleber Gellio)
“Aconteceu? Entra no Campo Grande News porque lá tem a notícia”, constata Claudia Rocha (Foto: Cleber Gellio)“Aconteceu? Entra no Campo Grande News porque lá tem a notícia”, constata Claudia Rocha (Foto: Cleber Gellio)

É desse jeito que o Campo Grande News faz parte da vida do leitor. “Aconteceu? Entra no Campo Grande News porque lá tem a notícia”, descreve Claudia Ribeiro da Rocha sobre a relação que há anos tem com o portal.

“Domingo à noite fui abastecer o carro na Mascarenhas de Morais e vi dois camburões da PM estacionados. Pensei ‘Vou procurar no Campo Grande News’. Foi batata. Tinha acontecido um tiroteio pouco antes da minha chegada e o criminoso foi preso. Mata nossa curiosidade em saber o que está acontecendo perto da nossa casa e, ao mesmo tempo, dá um alívio por saber que já está preso”, acrescenta a moradora do bairro Monte Castelo.

Outro interesse, lembra a leitora em seguida, são as vagas de emprego e concursos. Funcionária de uma operadora de telefonia, Claudia quer ser funcionária pública e a artimanha, conta, é ficar de olho no Campo Grande News e acompanhar os processos seletivos do Estado. “Sou concurseira assumida. Acesso diariamente para me manter atualizada sobre vagas, data das inscrições”, indica.

Tem gente que mal acorda, e já tem o Campo Grande News como primeira companhia e, ao longo do dia, segue lendo o que acontece na Capital e no Estado pelo celular. A auxiliar de serviços gerais Meire Luiza Paula gosta de acessar o portal bem cedinho, antes de sair de casa para trabalhar. “Leio a previsão do tempo. Vou e volto de bicicleta, então preciso estar preparada para a chuva”, conta.

Meire não sai de casa sem ver a previsão do tempo pelo aplicativo do Campo Grande News para celulares (Foto: Arquivo Pessoal)Meire não sai de casa sem ver a previsão do tempo pelo aplicativo do Campo Grande News para celulares (Foto: Arquivo Pessoal)

No intervalo entre a jornada da manhã e da tarde, mais uma vez, o portal entra em cena, e a informação por meio do Campo Grande News chega pelo celular. “Aí gosto de saber o que está acontecendo na cidade: acidentes, alguma movimentação incomum no Centro. E checar, mais uma vez, o tempo para conseguir fugir da chuva”, acrescenta Meire.

Professor de Física, Petterson da Silva, 35 anos, tem o portal como referência de credibilidade e número de acessos. “Encontrei uma substância estranha dentro de um pacote de açúcar e na hora levei na redação do jornal. Sabia que o meu caso teria visibilidade e seria tratado com seriedade”, aponta.

Segundo ele, no trabalho, em uma escola particular e outra do Estado, o assunto entre os colegas é repercutir as notícias do Campo Grande News. “Todo mundo lê. Gosto de matérias de política ou que tratem de temas relacionados ao servidor público”.

Notícias do Campo Grande News são assunto no trabalho, diz Petterson (Foto: Cleber Gellio)Notícias do Campo Grande News são assunto no trabalho, diz Petterson (Foto: Cleber Gellio)

A dona de casa Lúcia Caixeta, 51 anos, vê nas matérias de comportamento do Campo Grande News chances de se inspirar. História de empresários locais que começaram do zero, e transformaram “a portinha do bairro” em grandes negócios. “Gosto porque sou livre para ler na hora que for mais conveniente. Na TV, por exemplo, a gente fica refém da programação”, observa.

Por outro lado, como mãe, a psicóloga Rosângela Fonseca, 49 anos, conta que não dá para deixar de ler diariamente o cotidiano da cidade. “Fico abismada com a violência de hoje em dia. Acho importante ler para saber como agem os criminosos nos casos de roubos, assaltos, tráfico, como eles são desvendados e as dicas de prevenção repassadas pela Polícia. É uma forma de proteger a mim e minha família”, explica.

Rosângela fica antenada para se proteger da violência (Foto: Cleber Gellio)Rosângela fica antenada para se proteger da violência (Foto: Cleber Gellio)
Com frase simples e criativa, leitora ganha ingressos de promoção de aniversário
Daniela Murari já pode escolher 14 amigos para uma sessão de cinema ou ir planejando as idas constantes ao Cinépolis até consumir os 15 ingressos da ...
Desfecho de casos demora anos, mas Campo Grande News acompanha
Mortes, violência, desaparecimentos e tantas outras ocorrências ganham diariamente as manchetes dos veículos de comunicação. Mas durante 15 anos de c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions