A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

11/12/2012 14:47

"Veio me beijar e eu quis matar", diz garoto que matou estudante

Adolescente que estrangulou universitário ainda afirmou: “Gay para mim é verme”

Nadyenka Castro e Mariana Lopes
Adolescente e policiais, na saída da 1ª Delegacia de Polícia. (Foto: Simão Nogueira)Adolescente e policiais, na saída da 1ª Delegacia de Polícia. (Foto: Simão Nogueira)
Celular e documento do jovem asssassinado foram encontrados com adolescentes. Celular e documento do jovem asssassinado foram encontrados com adolescentes.

Os adolescentes de 15 anos apreendidos nesta terça-feira pela morte do universitário Lawrence Corrêa Biancão, 20 anos, confessaram o crime e revelaram os motivos: roubo e homofobia. “Ele veio me beijar e eu quis matar”, declarou à imprensa o garoto que atacou o estudante no bando de trás do carro.

Veja Mais
Adolescentes de 15 anos confessam que saíram para matar
Polícia vai ouvir nesta terça família de universitário morto na Orla Morena

Os dois foram apreendidos em casa pela 1ª Delegacia de Polícia Civil. O primeiro, que teria ligado para o acadêmico de publicidade e propaganda para marcar encontro, foi localizado no bairro Vida Nova, e o outro, na rua João Rosa Pires, no Amambaí. O primeiro é a pessoa que os amigos de Lawrence disseram que tinha ligado para ele para marcar o encontro.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Wellington Oliveira, os adolescentes contaram em detalhes como conheceram Lawrence, porque marcaram encontro, porque o mataram e porque o deixaram no local.

Conforme as declarações dos meninos, um deles conheceu o universitário duas semanas antes do crime na Orla Morena. Segundo ele contou, passava pelo local e Lawrence ‘mexeu’ com ele. Os dois conversaram e trocaram telefones.

Segundo a Polícia, o adolescente, então, conversou com o amigo e eles combinaram que iriam marcar encontro com Lawrence para matá-lo, roubar o carro e levar o veículo para Minas Gerais.

O encontro foi marcado para a madrugada de domingo, no mesmo local em que tinham se conhecido. Os dois adolescentes entraram no Ford Fiesta de Lawrence, deram uma volta na quadra e pararam. Os três se masturbaram e voltaram ao ponto onde tinha se encontrado, segundo o depoimento.

No local, durante a despedida, o adolescente que estava atrás do banco do estudante – o motorista – deu uma gravata nele. Lawrence desmaiou e foi estrangulado com o cinto de segurança, pelos dois garotos. O assassinato foi por volta das 4h.

Segundo o delegado, os assassinos confessos disseram que tentaram tirar do carro o corpo do acadêmico, mas, desistiram porque acharam pesado e verificaram que ali não seria um bom local para deixar o cadáver.

Eles fugiram levando o celular da vítima, documentos, a chave do carro e ainda o aparelho de som. Os objetos foram encontrados na casa de um dos envolvidos, no bairro Amambaí.

Lawrence, de 20 anos, foi encontrado morto no domingo, dentro do carro, na Orla Morena. (Foto: reprodução Facebook)Lawrence, de 20 anos, foi encontrado morto no domingo, dentro do carro, na Orla Morena. (Foto: reprodução Facebook)

Homofobia - “Eles são homofóbicos e ficaram com nojo. Trataram a vítima como um verme. Eles saíram para matar, porque homossexuais eles não são”, declarou o delegado, que com as apreensões, dá como encerrada a investigação. “O trabalho da Polícia está feito, agora cabe ao judiciário”.

A Polícia irá verificar se o veículo havia sido encomendado por alguém de Minas Gerais, porém, afirma que o Estado mineiro não é rota de automóveis roubados.

Crime –Lawrence foi encontrado morto no início da tarde desse domingo (9), dentro do carro dele, com o cinto de segurança no pescoço.

Ele havia saído com amigos na noite de sábado. Estes foram os primeiros a serem ouvidos pela Polícia e declaram que o universitário havia dito o nome de um rapaz que tinha ligado para ele e marcado encontro. Esta pessoa é um dos adolescentes apreendidos.



A única saída é cada um por se. - Aqui no Brasil tudo já era: ( a lei os órgãos governamentais, a igreja, família.e etc e tal. ) estamos vivendo numa Sodoma e Gomorra , estamos regredindo ,no graus espiritual. - não somos mais macaco,e nem homem - Somos um ser entre os dois ( Besta ). - A tal educação já não é sinonimo de civilização. - e um aprendizagem para sobreviver.- o triunvirato da educação ( a igreja ,a família é a filosofia ) já não funciona mais. - Porque, ninguém quer saber de ser educado . -E quem estudada só assim o faz visando unicamente uma profissão, para sua sobrevivência - E mais nada,- A maioria do povo ,não tem que ser educado - mas sim domado. - a única saída para isto , está na ideia de Hitler - O lixo humano não se recicla - o lixo humano se extermina,
 
JOSE CORDEIRO em 16/11/2013 19:37:50
Historia muito mal contada....

Se o "Black" conheceu esses dois individuos ou um so que seje..á duas semanas como eles sabia que o "Black" tinha um carro e outra como uma pessoa liga para outra pra se despedir sendo que NAO TINHA NENHUMA RELACAO com o BLACK...

Parabens ao policiais que trabalharam muito bem....mas se puder continue investigando...essa historia ta estranha...leia os comentarios acima que dao varias hipoteses de que esse caso ta estranho...acredito na justica...e familiares e amigos tbm acreditam....
 
Gislene Barreto em 12/12/2012 15:00:46
cont...Nayara,
Terceiro: O que está em discussão aqui, é a matéria referente ao Lawrence, o caso de Lucas Inácio, ainda não foi desvendado, mas com certeza está sendo investigado e, logo, logo, teremos uma resposta, acredito em nossa policia.
Com relação a prisão dos marginais, não vejo nada de estranho na elucidação do crime. A policia de nosso Estado é atuante. Simples, prendeu os bandidos, fez um belo trabalho. Agora se irão ou não permanecer presos, já não depende dos policias e sim, de nossas Leis que só mudarão quando o Brasil acordar e cobrar uma reforma do CPB.
Quarto: Se minha opinião tivesse peso, esses bandidos seriam trancafiados e as chaves das celas jogadas fora.
 
Helena Xavier em 12/12/2012 14:12:42
Adianta o q pegar esses marginais... são de menor nem pagam pelo q fizeram, isso é um absurdo....
 
Claudia Cruz em 12/12/2012 14:09:52
Nayara Franco: Primeiro; Não houve intenção de ofender ninguem, mas, francamente, não vejo nada de estranho no caso, o Alberto (que ligou para a vitima) é um dos assassinos, ficou bem claro na matéria. Segundo: A vitima não "mexeu" com os adolescentes, simplesmente conversou com eles e trocaram celular ( o que é muito comum nos dias de hoje, estamos no século 21). Quem ligou para a vitima foi um dos assassinos (Alberto) e marcou o encontro, já com a intenção de roubar e assassinar. A justificativa para esse crime bárbaro é que não aceitam homossexualidade, como se isso fosse determinado por esses garotos.
cont...
 
Helena Xavier em 12/12/2012 14:05:37
Janaê, seu comentário é altamente preconceituoso. Aconteceu com ele que era homossexual, mas acontece também com "homens de bem" heterossexuais. Já que você e muitos aqui gostam de falar em Deus, saibam que Ele também não gosta de intolerância e discriminação. "Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem. Mas se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo por isso condenados pela lei como transgressores.” (Tiago 2:8-9). Portanto, o pecador aqui é você com seu preconceito.
 
Joaquim Ramos em 12/12/2012 13:15:03
Parabéns à Polícia Civil pelo excelente trabalho ao elucidar um crime bárbaro como este que gera revolta em toda população sul-matogrossense. Apesar da forma cruel como um jovem foi atraído e executado, a Polícia Civil agiu dentro da legalidade e com extremo profissionalismo.
 
Roberto Gurgel em 12/12/2012 12:36:18
O Brasil está "criando" uma legião de marginais mirins, protegidos por lei.... cada vez piores, mais jovens e mais crueis.
Se a população não se mobilizar e exigir que o governo tome uma atitude, em breve ainda vamos acabar enfrentando algo próximo de uma guerra civil. De um lado a marginalidade, cada vez mais crescente e do outro, alguns vingadores, nos velhos moldes dos "esquadrões da morte", fato que aliás, já vem acontecendo no País. TUDO TEM LIMITES! Acorda Brasil!
 
Aldo Oliveira em 12/12/2012 11:39:45
Nada justifica o assassinato deste jovem rapaz, motivo torpe, crime ediondo e com dolo, porém estamos fechando os olhos para uma situação no mínimo estranha, o fato de que homosexuais tem tentado aliciar nossos filhos e filhas em locais públicos, de forma cada vez mais frequente e corriqueira, então como pais, cabe a nós, esclarecer a nossos filhos a ordem natural das coisas, e vigiar. Não posso deixar de concordar com alguns dos comentários acima que falam de valor de família e de Deus em nossas vidas, pra finalizar, não somos "homofóbicos" em nossa família, temos amigos, e dos bons, que são homosexuais, gente de bem e que trabalha duro, busca estudar, sonha, de bons valores e carater, inclusive que frequentam nossa casa.
 
Janaê Pereira em 12/12/2012 11:38:13
O ser humano sempre foi capaz de realizar atrocidades contra os outros, agora existem algumas pessoas tentando justificar as malvadezas do ser humano pela religião, não sejamos hipócritas, somos capazes de realizar o mal e o bem, cabe a cada um a escolha.
 
Lucio Xarão em 12/12/2012 11:35:38
(continuando...) mas 'mexer' com qualquer um na rua, trocar celular com quem nunca viu, colocar no carro pessoas desconhecidas, principalmente na madrugada, há procura de parceiros sexuais, independente de sexualidade, pode valer uma vida. Daqui 3 anos ambos menores estão nas ruas e a vida de Lawrence teve fim! Lamentável...
 
Nayara Franco em 12/12/2012 11:19:32
Helena Xavier,não sou de nenhum dos lemas que vc citou. A gente tá aqui pra discutir, perguntar, debater e não se ofender. No meu ver, a história ficou mal contada, estranha, por falta de algumas informações nas reportagens e contradições em depoimentos que li, e entendo que a polícia não pode dar total informação. Concordo que a policia fez um ótimo trabalho, eficaz e rápido, mas tem casos que não são assim, e o Lucas Inácio que foi morto no mesmo dia horas antes?? Não deu pra investigar?? Os policiais fazem o trabalho deles, são pagos pra isso! Em relação há esse caso, não defendendo os adolescentes, pois ninguém em terra pode tirar a vida alheia brincando de Deus... Cometeram um crime, tiraram uma vida, são bandidos, tem que pagar pelo que fizeram, mas infelizmente daqui 3 anos estão ai
 
Nayara Franco em 12/12/2012 11:17:10
Parabéns a toda equipe da 1ª Delegacia de Policia Civil de Campo Grande, ótimo trabalho para os tiras e o delegados
 
ANIBAL ECHEVERRIA em 12/12/2012 11:12:23
Parabéns ao Dr Wellington e sua equipe por elucidar tão rapidamente esse crime nojento. Homofobia é abominável. E vejo aqui nos comentários, um preconceitinho velado. Como é que o rapaz ia saber que ia dar nisso? Esses dois vermes (eles sim são vermes!) não tinham estrela na testa. O que tem que acabar é a intolerância. Preconceito é antes de tudo, falta de respeito. Lamentável um jovem com toda uma vida pela frente, tê-la ceifada de uma forma tão abjeta. Deus conforte sua família e amigos.
 
Regina Lima em 12/12/2012 11:12:11
Sou prima do Lawrence, meu primo tão novo morto por delinquentes, que se acha no direito de tirar a vida! vermes e escorias do mundo são eles, bandidos!!!
 
Cristiane monteiro Biancão em 12/12/2012 11:02:59
bom estamos vivendo ja os ultimos dias jesus esta voltando .. isso e so os principios de dores ainda vai acontecer mais e mais, e prase cumprir a as escrituras, estamos vivendo na era dos plantou colheuu , pena que uma vida se foi muito novo , mais ele procurou por isso , em relação aos menores precisa fazer algo e nao deixar ser mais um menor matou....
 
carlos alves em 12/12/2012 10:41:32
Parabéns parabéns a policia foi showw admiro os policiais, menos dois lixos na rua tomara que apareça insanidade mental e fiquem la por pelo menos 30 anos.
 
JOSE DE OLIVEIRA em 12/12/2012 10:31:26
ESSE NOSSO PAIS NEM JESUS CRISTA DARÁ JEITO...PERDI UM FILHO A DOIS MESES QDO. UMA LOCA NO TRANSITO COMPLETAMENTE ERRADA
SEIFOU A VIDA DE MEU FILHO,,,E ASSIM MESMA A BANDIDA CINTINUA A DIRIGIR PERIGOSAMENTE EM NOSSO TRANSITO...SE O CONGRESSO NACIONAL NAO TOMAR UMA POSIÇÃO SÉRIA NOS PAIS CONTINUAEMOS A CHORAR A RESTO DA VIDA......TEMOS Q TER PENA DE MORTE NESSE PAIS DE CORRUPTOS
 
filafelfio terencio em 12/12/2012 10:23:10
se enganam vcs que falam que daqui a tres anos estão solto esses menores bandidos no mximo tres mese essa éa nossa justiça infelizmente um menor bandido desses tirou a vida do meu filho de 16 anos e a lei protege esses bandidos sem pai nem mãe nem DEUS essa lei revoltante ,aonde os pais não tem dominio sobre eles e nem a lei, só JESUS em nossa causa e a lei pelo fim da impunidade ,que é muito dificil nós mães criarmos bem nossos filhos pra ficar a mercê desses bandidos invejososs que não tem capacidade de trabalhar então roubam e matam nossos filhoss
 
voileir pereira em 12/12/2012 10:07:09
Revoltante! Espero que um dia as coisas mudem neste país! Leis mais rígidas já!!
 
Renato Santos em 12/12/2012 09:57:46
É uma pena tudo isso, jovens se acabando nesse mundo, tudo isso é falta de Deus em suas vidas!
 
Eloir Afonso em 12/12/2012 09:41:04
Parabéns aos policiais civis que trabalharam no caso, e o solucionaram em tempo recorde. Ao contrário do que se ironizou a investigação não é tão simples, pois ninguém costuma responder as perguntas da polícia com medo de represálias, pois como foi dito, em breve estarão nas ruas matando de novo, rezo apenas para que não seja um ente querido meu, já que alguém será vítima é certo como o fato do sol nascer todos os dias.
 
Reginaldo Salomão em 12/12/2012 09:39:55
Nossos governantes, juristas, parlamentares, politicos corrupitos, sociedade privada que só visa lucro, todos estes são responsáveis por estes desvios de conduta. Os adolescentes cometeram crime e devem ter punição, mas nossa cultura afetada pela falta de eduação, proporciona esta realidade. O rapaz também errou ao sair a procura de sexo com qualquer um e não se importou de ficar com um adolescente. A questão está em nossa sociedade que precisa de mudanças mais profundas em nossa estrutura organizacional, não adianta penas severas para estes infelizes, adianta nós sociedade atuarmos mais e não permitir falta de eduação, saúde, integridade dos governantes e principalmente exigir compromisso e punição severissima aos corrupitos que estes sim matam silenciosamente nosso futuro.
 
Paula Hernandes em 12/12/2012 09:39:55
Nayara Franco, Arnaldo Cesar, Miguel Correa e Léia Ferreira, a matéria foi escrita com muito esclarecimento e riqueza de detalhes, a policia fez um belo trabalho e desvendou o crime em tempo recorde, os senhores, acredito, são do seguinte lema" para que facilitar se eu posso complicar?", ou então tem síndrome de 007. Parabéns à equipe policial, é digna de elogios. Agora, se tem uma raça que deva ser chamada de"vermes" são esses homofóbicos infernais misturados com bandidos, que acham que o mundo foi criado somente para eles, verdadeiros animais que se acham no direito de destruir familias, desrespeitando a orientação sexual de uma pessoa e justificando sua bestialidade com uma barbárie dessas. E ainda existem grupos e/ou pessoas que defendem esses monstros. "Menores"?, somente na idade.
 
Helena Xavier em 12/12/2012 09:37:09
istória mal contada,mas tem um outro lado tanto homem como mulher em busca de uma ficada confia em qualquer um e encontram a morte ou uma doença sexualmente transmissivel,ainda mais k o sexo ficou banalizado........
 
rosane scavoni em 12/12/2012 09:16:12
esses bandidos nao mataram o rapaz só pelo fato de ele ser gay, no minimo eles deram a bunda tbm e ficaram com medo de serem descobertos , dicerto rolou algo muito mais comprometedor aí as bonecas ficaram com medinho e covardemente mataram o garoto que no meu ponto de vista teve mais coragem do que eles , pq pelo menos assumiu sua sexualidade, agora imagina se cada cara que os bandidinhos derem a bunda vao matar depois!!!
 
genesis franco fh em 12/12/2012 09:05:40
Engraçado, falaram que nao sao homossessuais e saem com garoto, muito estranho, acho que na realidade sao gays e nao querem assumir, mas isso nao justifica tirar vida de um ser humano, pq em momento algum foram obrigados a terem caso com vitima, se sairam foi pq quiseram e tem que pagar pelo crime cometido. Lugar de bandido é na cadeia ou no cemiterio!!!!
 
cleide bordiao em 12/12/2012 08:56:01
não mudou quase nada. Costumava caminhar com dois amigos, deixei por medo de cometer uma M...com certeza os Direitos do Manos, viriam com tudo para cima.
Os piores dias na orla são 5ª feira, finais de semana e feriados, todas as curvas de rio descem para aquele local, enquanto os PMs de Bike, ficam conversando nos lugares mais tranquilos da orla.
Em Campo Grande, inauguram praças e parques, mas não dão SEGURANÇA e nem manutenção ao local, pena porque a cidade é tão linda. Já que copiam tudo, que tal fazer como em Ctba, onde as plantas recem água( la´já e´úmido e aqui?) todos os dias, os guardas municpais são atuantes e a polícia tbém dá suporte.
A população NECESSITA de mais SEGURANÇA...será que é tão difícil perceber???
 
Neyde de Oliveira em 12/12/2012 08:46:38
Bom dia!
Se fosse um jovem de 20 anos aliciando DUAS menores para fazerem sexo com ele, todos diriam que ele deveria ser preso.
Nada justifica a morte desse menino, mas deveríamos olhar mais para essas situações, de jovens que ficam "passeando" pela noite campograndensse procurando meninos para praticarem o sexo.
Todos cometeram ilicitos, os meninos poderiam ter praticado o furto sem ter matado o rapaz, caso isso tivesse acontecido há uma grande chance do jovem ter falado que foi assaltado, e não que estava com dois menores no carro fazendo sexo.
Muita coisa tem acontecido em nossa cidade, devemos olhar os fatos sem tomar partido a uma causa ou outra.
Morrem tantos homos como heteros.
Pensem no todo.
 
claudio fernandes em 12/12/2012 08:41:44
Confesso, que estou muito indignada com esse caso. Imagino a dor dos familiares e amigos do jovem assassinado por esses EXTRATOS DE PORCARIAS, refugos da sociedade, vermes, que só servem para fazer peso sob a terra.
Não aguento essas BICHAS... enrustidas, que depois que do prazer esnobam o outro.
O que fico mais irritada, com a falta de segurança existente em toda região da Orla. Só andar pela orla, principalmente próximo aquela pista dos MANOS, ali é cheio de todo tipo de porcaria(traficante, usuário, pedófilo,ladrões,homicidas e pixadores). Inclusive, sexta feira deparei com quatro pixadores detonando um murro novo próximo a Tv luar, liguei três vezes para o 190 chamou até cair a ligação.
Cadê! a segurança?? fizemos(amigos da orla) reunião com as autoridades em 28/02/2012, não
 
Neyde de Oliveira em 12/12/2012 08:37:25
que história é essa!!! meio que confusa; não? sabemos que temos autoridades competentes para ilucidar mais um caso extraordinário.
 
luis claudio de quadros em 12/12/2012 08:34:22
Não é necessário a redução da maioridade penal, é criar dispositivos, onde, dependendo do crime, os menores sejam julgados pela sua característica, independente de idade.
 
Kaio Pascal em 12/12/2012 08:18:37
Olha o bio tipo dos assassinos,de longe da pra perceber que não valem o que comeram no dia.
 
JOSE DE OLIVEIRA em 12/12/2012 08:17:30
Acabarm com uma vida, uns garotos que nem sabem conversar direito, e imaginar que estes bandidos estarão solto daqui a 3 anos deveria mostrar o rosto deles, força para a familia do universitário.
 
JOSE DE OLIVEIRA em 12/12/2012 08:07:22
Parabéns Polícia Civil. Com a elucidação deste homicídio, vem comprovar mais uma vez a sua eficiência e o seu foco em Servir e Proteger a nossa comunidade, fico orgulhoso em residir no MS onde contamos com um órgão de Segurança Pública dotado de competencia e dedicação. PARABÉNS.
 
Gaudêncio Baptista Neto em 12/12/2012 07:53:55
Sou contra a morte de qualquer ser humano, mas a história esta mal contada... outra coisa, este gays deveriam saber com quem "andam", ou quem 'ELES" se realcionam... acredito que devemos mudar a lei novamente, fora gays....
 
Chico Assis em 12/12/2012 07:51:31
A Inglaterra, País de 1º mundo e conservadora, tem pena perpétua para menores com 13 anos. Aqui nós temos que ver isso; uma hora o povo começa a fazer justiça com as p´roprias mãos, por falta de leis eficientes. Se não gosta de gay, porque se masturbou antes? Porque eles mesmos marcaram encontro? Parece que os garotos não foram bem educados, ou cresceram vendo maus exemplos.
 
luiz alves em 12/12/2012 07:22:35
É incrivel como tem pessoas que comentam, mas não lêem a reportagem... perguntam e o tal alberto? caramba Alberto é um dos menores é só ler a reportagem de gênesis a apocalipse, Parabéns a Policia Civil pela competência, foi rapida e eficaz me sinto orgulhoso de morar em um estado onde estamos sempre dez passos a frente dos criminosos
Duarte- 1º Sgt PM..
 
Vanderlei Cabreira em 12/12/2012 06:22:39
[CONTINUA]... ou matam mesmo. Matam inocentes, meninos jogando bola, fumando um baseado (bem diferente do tratamento que dão pra classe média né), ou então metem droga no bolso do moleque que nunca se envolveu com nada pra justificar o assassinato. ISSO ACONTECE E MUITO. Sempre recomendo esse site: ovp-sp.org , tem vários relatos de tortura, assassinato intimidação e outras formas de violência policial.

Duvido que qualquer um que fale esse tipo de absurdo sonhe o que é ter um filho, irmão, namorado assassinado pela polícia sendo que nunca se envolveu com crime, nem fez nada de errado.

Enfim, pra resolver o problema da violência, não é o aumento do escopo da justiça penal, mas sim saúde, educação, lazer pra todos. Clichês? É, mas que todo mundo fala e o Estado negligencia há décadas.
 
João Pedro Munhoz em 12/12/2012 02:01:36
A mudança dessa situação passa primeiramente pela CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA. O Brasil é o campeão mundial em assassinatos de homossexuais: calcula-se que um homossexual é morto a cada 33 horas. No entanto, não é possível punir ninguém por agressões homofóbicas, e os agressores constantemente continuam soltos.

Além disso é um absurdo que também isso se sirva, ao invés de pretexto pra defender os LGBTs, pra criminalizar ainda mais a pobreza, através desse absurdo que é a redução da maioridade penal, proposta elitista e assassina. Vocês sabem que essa proposta é uma formalidade, né? Porque hoje a juventude pobre já é punida em massa pelo crime unicamente de ser pobre. Se não podem prender como os maiores, ou mandam pra órgãos de detenção de menores (como a Fundação Casa em SP)....
 
João Pedro Munhoz em 12/12/2012 01:53:47
Infelizmente mais dois assassinos que logo estarão nas ruas novamente... Parabéns pelo trabalho da policia
 
Juarez Regiori em 12/12/2012 01:34:42
A equipe que compõem o 1 Delegacia Policia está mais uma vez de parabéns. Mesmo com o teto da Delegacia despencando, computadores danificados, poucos policiais e um judiciário que só sabe soltar delinquentes. Não perdem de vista o compromisso de servir a comunidade. Que tal nossos parlamentares municipais fazerem um cursinho no 1 DP de como servir a comunidade.
 
adelaido luiz em 12/12/2012 00:48:35
Sou casado, pai, policial militar e de confissão evangélica. E como tal, minha única opção de pensamento é que todos somos iguais perante a lei, e que Deus nos ama, independentemente de cor, raça,credo religioso, opção política ou sexual. É certo que em se tratando da questão de homossexualismo, Deus reprova. Isso é bíblico, mas em Seus braços, Ele acolhe a todos nós, basta que queiramos. Não temos o direito de julgar e condenar alguém por ter opções diferentes das nossas. E quanto a esses dois vermes, infelizmente estão sob a proteção de uma lei arcaica e violadora dos reais interesses da sociedade. Essa lei chamada ECA, que só existe para proteger a "bandidagem mirim".
 
Fernando Silva em 11/12/2012 23:57:30
Não obstante já ter escrito, volto a escrever o que sinto:Menores,Menores?.Agora com o ECA,dispositivo maior para dar emprego à parasitas da nação:tais como Prom.Inf.Juv.Conselheiros e mais uma série de estruturas ao seus dispor,Pórem em nada acrescenta em alguma melhora no estado de coisas dos menores.
 
toniel herculano teixeira em 11/12/2012 23:45:25
Pra mim, passou de 1,20 metro, já é de maior e capaz de atacar qualquer um. Não importa a idade.
 
joao assis em 11/12/2012 23:40:02
Gente, menor infrator age assim mesmo. Comete as maiores barbaridades e vão pra casa dormir. Eles têm a certeza da impunidade e de serem protegidos pelos defensores públicos. que são os primeiros a irem nas delegacias questionar se os "anjinhos" estão sendo tratados como devem. Esse país é um grande circo e as pessoas de bem são as vítimas dessa grande palhaçada. Pena de morte e aos menores infratores também. Eles têm que responder igualmente aos maiores pelos crimes (infrações) que cometem.
 
Lilian Rodrigues em 11/12/2012 23:33:20
Menores,Menores esse é o ECA? Na minha época trabalhava-se, vendendo salgados,bolos,engraxava-se sapatos e tinha obrigações.Porém hoje para dar empregos a uns montes de parasitas da nação, tais como Promotor Inf.Juventude,Conselheiros,virou essa catástrofe humanitária.Outrossim, quero dizer-lhes que faz um ano morreu uma pessoa de bem, na mão de um menor,para roubar-lhe um automovel doado pelo seus pais.Isso, como cidadão me dá asco;tenho cada dia que passa menos crença nas nossas autoridades.
 
herculano teixeira em 11/12/2012 23:32:49
Parabéns a toda equipe da Policia Civil que mais uma vez demonstra sua competência e profissionalismo.
 
Fernando Lopes N ogueira em 11/12/2012 23:18:35
Parabens aos valorosos policiais do 1º DP da capital, pelo excelente trabalho de investigação. Isso demonstra que os policiais civis não são concorremtes e sim dedicados.
 
Lourival Fernandes Simões em 11/12/2012 23:15:24
Imaginem...se com 15 anos eles foram capazes de cometer essa brutalidade, o que não farão com 16, 17, 18, 19, 20...e a justiça brasileira continua a libertar esses delinquentes...hoje foi o filho de um pai que chora...amanhã pode ser seu filho, seu irmão, seu sobrinho...REVOLTA é oque o povo campo grandense precisa...pedir justiça não apenas por esse crime, mas por todos que já ocorreram e continuam sem solução!!!
 
Luana de Farias em 11/12/2012 23:10:42
parabens para este delegado. trabalho de pesso seria e profissional.. quanto os meninos foi só uma disculpa. para matar. pois taõ jovens e já é marginais. guando sairem da detençaõ faraõ tudo novamente. pois saõ mal e cruel.
 
lucia souza em 11/12/2012 23:04:59
Otimo o trabalho da policia mas quandoi vamos chegar no excelente que é PREVENIR estes acontecimentos é só patrulhar as ruas ostensivamente...meus pesames a família.
 
Jaimke Vieira Fiuza em 11/12/2012 22:23:42
Minha gente, como os policias chegaram nesses rapazes? Um deles usou o nome verdadeiro, logo, a policia saiu perguntando na região se alguém conhecia algum Alberto ali por perto, o mesmo, alguém denunciou. Não precisa de muita inteligência pra entender isso, investigação também não é coisa de outro mundo, as vezes têm coisas básicas que é só pensar um pouquinho pra chegar à conclusão. E outra, a policia não pode ficar dando os detalhes de investigação em público. Querem que eles contem para os bandidos como fazer um crime e não serem descobertos? Pelo amo né?
 
Rogério Paes em 11/12/2012 21:46:48
Esses menores são protegidos pelo eca e quem nos protege desses monstros sem vergonhas?
 
rosa amelia m de abreu em 11/12/2012 21:28:36
Os bandidinhos matam para prova a sim mesmos que são homem, parece que esse é o pensamento deles. Não provaram que são homens, porque mataram um homosexual. Provaram que são bandidos cruéis, porque independente da opção sexual, mataram um ser humano. A meu ver, deve-se criar postos de trabalho avançado, como por exemplo na vasta extensão da fronteira, e mandar todos os presos, inclusive esses, para esses locais, para abrir estradas, construir cidades de observações, etc. Tem muito trabalho pra esse pessoal fazer nas fronteiras e cidades distantes que não têm infraestrutura. Meus mais profundos sentimentos a família do de cujus.
 
wer wolf em 11/12/2012 20:46:50
GOSTARIA DE SABER O QUE ACONTECE COM UMA PESSOA QUE MATA SEU SEMELHANTE SEM QUE O MESMO POSSA APRESENTAR DEFESA , INDEPENDENTE DA SUA POSIÇÃO SEXUAL APESAR DE CONTAS NÃO SOMOS NÓS QUE DEVEMOS JULGAR AS PESSOAS PELA SUA OPÇÃO SEXUAL . NÃO QUE EU ESTEJA DEFENDENDO A CLASSE MAS , GOSTARIA DE SABER >
 
sandro silverio em 11/12/2012 20:46:16
Intolerância , se não gosta porque foi procurar a pessoa , não importa a opção sexual , na verdade objetivo estava traçado , a mente criminosa esta latejante , porque na verdade , são bandidos adolescente , a lei tem mudar mesmo , mas graças a deus que existe um Policia Civil eficiente parabéns a todos , brilhante trabalho , por isso me orgulho , de pertencer esta instituição , mesmo na reserva .
 
João Ramos em 11/12/2012 20:34:37
Interessante que em nenhum dos comentários os caros leitores ressaltam a hipótese do falecido ter aliciado dois rapazes menores de idade para ato sexual. Até quando as pessoas vão buscar o prazer a qualquer custo e a qualquer hora? É coisa dirigir pela rua buscando parceiros sexuais sem distinção de sexo ou idade? Infelizmente o falecido jovem pagou caro pelo que procurou...
 
Lucas Serrou Queiroz Botelho em 11/12/2012 20:27:32
Quanta hipocrisia, precisamos urgentemente de uma reformulação em nossas normas, tanto código penal, constituição, leis,decretos, precisamos rever nosso senado, nossas assembleia, fazer leis que todos nos sejamos favorecidos quando possível e que paguemos conforme normas justas de acordo com nossos atos, precisamos de um governo mais democrático e que decisões mais importantes sejam tomadas pelo maior número de pessoas possíveis. PRECISAMOS DE DIGNIDADE, LIBERDADE, FRATERNIDADE, PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO, e para isso precisamos rever todos os nossos conceitos acima. Ou continuaremos hipócritas passivos, sem mesmo sabermos que somos cumplices desses atos injustos julgamos inutilmente.
 
Josue Dias em 11/12/2012 20:10:42
A´HISTÓRIA E O SEGUINTE estes menorzinho estão um passo a frente de todo mundo !!!não faz nda não teve criação as mães deve ser umas vagabundas que tem 10 filho cada um de um pai, isso se sober quem e o pai? ai os CARINHAS nesta idade já são bem safos!! poque aprenderam cedo na rua ? ai vai UM cara como o lawrence sem malicia um cara que já estar na facul. c/ 20 an0s e pque foi bom aluno e ai topa com o os carinhas que cedo já era bandidinhos e ai estAmos com DÒ deles ? vai encontrar c/ os coleguinhas lá no abrigo de menor aprendem mais umas malandragens e ai volta pra CÁ E AI SOCORRO SOCORRO coitados de ´NÓS!! QUE ESTAMOS AI A DEUS DARÁ ELES ESTÃO PROTEGIDOS PELA A LEI!! NÓS E QUE ESTAMOS FUDIDOS ??????????????? MEU DEUS CUIDA DE NÓS DOS NOSSOS FILHOS!!
 
cicera maria em 11/12/2012 20:04:14
O negócio é o seg. Enquanto a lei beneficiar esses vagabundos menores de idade, a criminalidade so vai aumentar, porque os próprios bandidos(maiores de idade) usam esses menores como laranja para cometer seus crimes pois sabem que a punição será mínima e muitas vezes inaplicáveis. Isso é revoltante? inaceitável? sim. Mas o que podemos fazer diante disso? muitas vezes nos sentimos incapazes, pois essa maldita lei acaba beneficiando esses VERMES. O que somos diante disso? o que esse rapaz significou? a gente passa a vida toda lutando para ser alguém na vida, adquirir nossos objetivos, para depois ser roubado, morto por esses marginais. O jeito é comprar uma arma e meter bala nesses F.D.P e mandar eles para o único lugar que eles devem ficar, no inferno. Justiça com as próprias mãos funciona
 
Kelly Bittencourt em 11/12/2012 20:02:33
Ficar na cadeia pelo tempo que merecem; dificilmente.
Este é um dos casos que torcemos para que auguem se vingue...
 
Amadeu Dias Figueiredo Junior em 11/12/2012 20:02:33
"Estatuto da Criança e Adolescente" = ECA = palavra de siganifica expressão de nojo. O judiciário tem de ser reformulado por um todo, 1º- Juízes que não estão sendo coerentes nas punições devem ser exonerados; 2º- Leis devem ser aplicadas aos criminosos(o crime não escolhe idade, cargo, cidade, status social,etc...); 3º- Os direitos de cidadãos, são para cidadãos(criminoso não é cidadão); 4º-Criminoso deve ser obrigado a trabalhar de forma a pagar pelos custos causado pelo crime e sua permanênicia de reclusão, não sendo solto até a quitação de seus débitos(exemplo neste caso, mesmo ficando 30 anos preso a vítima na retornara a vida, sendo aplica a pena máxima de morte ou branda de perpétua);etc....
 
Alexandre de Souza em 11/12/2012 19:55:16
infelizmente todos nos ja sabemos oque vai acontecer nesse caso, nada.... menores de idade,,,,isso e uma palhacada,com eles nada acontece, sabemos que vai ficar uns meses la, e sair como nada tivesse acontecido....quem perde com isso, os amigos e a familia.....
 
luiz carlos em 11/12/2012 19:45:00
Muito bem, PARABENS PRA ISSO, PARABENS PRA AQUILO, tem um que comentou que os policias deveriam receber ELOGIOS e CONFIANÇA. Só que digo uma coisa, o que esses policiais fizeram é porque gostam do que fazem, agora imaginem se a tal PEC 300 fosse aprovada. Meu amigo, elogio e confiança não sustenta ninguém um bom salário sim seria digno para esses policiais que incessantemente e incansavelmente trabalharam para solucionar o caso. Há outra coisa, tem um comentário que elogia o "Delegado", pois bem, delegado não trabalha sozinho existe uma equipe por trás, de investigadores, escrivães, peritos e porque não dizer até estagiários que contribuem com o andamento das investigações. Servir e Proteger, e os policiais quem lhes servem e os protegem?????? DEUS somente DEUS. Parabens guerreiros.
 
Douglas Ruiz em 11/12/2012 19:38:04
Alguém poderia me informar como a Polícia Civil chegou nesses dois adolescentes?? Primeiro, ele deixou dois amigos por volta de 2h da manhã em casa e um tal de Alberto liga querendo se despedir, pois ía ao Paraná, depois ele encontrou esses adolescentes por volta de meia noite? História mal contada, ao meu ver...
 
Nayara Franco em 11/12/2012 19:21:34
Quem sabe se um dia acontecer uma desgraça dessa com nossos políticos, principalmente com os de Brasília, aí sim vão mudar o tal do ECA, e tratar esses menores delinquentes com os mesmos "direitos" dos maiores de 18 anos. Cadeia neles, se possível prisão perpétua. Pessoas assim não podem ficar no meio da sociedade...
 
Maria Lúcia Moreira em 11/12/2012 19:18:01
Nossa gente que historia estranha....
 
beth moreira em 11/12/2012 18:32:22
O Brasil precisa de um MOVIMENTO PELA RELATIVIZAÇÃO DA MAIORIDADE PENAL (Isso é o seguinte: três psiquiatras fazem estudos para constatar se o adolescente - a partir de 12 anos - tem capacidade de responder pelo crime praticado. Se tiver capacidade, vai a júri popular. Caso contrário, é submetido a medida socioeducativa). Mas isso não é o suficiente: é preciso melhorar a qualidade das penas e, quem sabe, instituir a PENA DE MORTE no Brasil.
 
Anita Ramos em 11/12/2012 18:12:05
Mais um belo trabalho da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, que segue à risca o lema SERVIR E PROTEGER! Parabéns!
 
Célia Maria Bezerra da Silva em 11/12/2012 17:56:02
O problema é muito mais sério, não é de legislação, de redução de maioridade penal, mas de respeito ao direito do outro, seja ele quem for. A infancia e juventude devem ser tratatos com prioridade, desde o início, ou seja, desde a primeira infância, para que não enverdem para o crime.
 
Adriano Barros em 11/12/2012 17:55:13
Pára tudo........ se não fossem homosexuais não teriam entregado o telefone para o estudante, e marcado encontro.. Acha que o povo e as autoridades são os palhaços da vez, essa estória realmente tá infinitamente mal contada, aee tem, e tem coisa feia por trás., onde estamos chegando hein?, so falta agora os direitos humanos ir pra mídia e defender esses menores., apesar que não iria me surpreender se isso ocorresse, porque dar uma palmada em menor pra educar não pode, mas eles matarem roubarem e fazer o que quiser, ahh isso pode, e não acontece nada!, inversão de valores. Que Deus olhe e dê muita força pra família do Lawrence!!
 
Caroline Silva em 11/12/2012 17:37:10
Então, ao invés de ficarmos preocupados com o aumento salarial dos mesmos políticos em quem votamos e demos essa procuração a eles através do voto (aumentar o próprio salário). Vamos lotar as Câmaras, Assembléias e Congresso nacional (fazer abaixo-assinado) para pedir mudanças urgentes no código penal. É na lei que a coisa tem que mudar. Ai sim o Judiciário e a polícia trabalharão com mais eficiência e os advogados enchedores de linguiça não terão brechas.
 
Valdecir Antonio Zaniboni em 11/12/2012 17:36:43
Muuuuuuuuuuito mal contada essa história. Favor verifiquem melhor os fatos/álibis.

1º - Matam pra roubar o carro e o carro fica pra trás?

2º - Na premeditação do crime (considerando a hipótese de premeditação), os assassinos não calcularam que haveria um corpo?

3º - Por que o crime não aconteceu numa viela mais escura e erma, para enfim acabar o problema de se livrar do corpo? Aliás, por que os próprios assassinos não dirigiram a um lugar assim para fazer o tal procedimento?

4º - Cadê aquela história de Alberto que ligou pra se despedir porque ia ao Paraná?

5º - Assassinos matam, deixam o corpo, e voltam pra casa de boa, ninguém vai pegar a gente a gente é mó esperto vida loka uhul?


PS: a crítica aqui é sobre os depoimentos dados, e não sobre o trabalho da Polícia.
 
Arnaldo Cesar em 11/12/2012 17:31:54
Parabens a toda equipe da 1a Delegacia de Policia Civil de Campo Grande, que de maneira rapida, eficiente, tecnica e competente esclareceu a autoria do delito, com a prisao de seus autores e com a recuperacao de pertences da vitima com os homicidas. Trabalhos dessa natureza propiciam uma rapida e segura resposta a sociedade, necessaria nesses casos de extrema crueldade.
 
Andre Matsushita Goncalves em 11/12/2012 17:26:05
Tem gente que é contra tudo e todos. Veja bem; Miguel Correia e Léia Ferreira a Polícia Civil fez um belo trabalho, descobriu rapidão que era os assassinios (eles confessaram e com detalhes), agora vocês ficarem fazendo insinuações não é legal, se sabem de algum fato que possa ajudar a elucidar, ainda, mais este assassinado procurem o Delegado e denunciem e parem de fazerem suspense. Para mim Polícia Boa é Polícia Atuante, não sou a favor de violência e tão pouco de truculência e entendo que quando os bons e grandes Profissionais trabalham decentemente devem receber elogios e a confiança da população.
 
Douglas Machado em 11/12/2012 17:13:09
É até com pesar que proponho-me a comentar este caso. Que tristeza! A impunidade começa aí... com o menor infrator... nada acontece porque fere a uma legislação enganosa que só pune a quem de bem interesse servir. E a família da vítima? Amargará por muitas gerações a tristeza de ter acontecido tal fato em seu meio. E se fosse conosco? E se fosse com algum ente muito querido da gente, trataríamos com a mesma percepção? Acredito que não! Já é mais que hora da sociedade banalizar de uma vez por todas atos de criminalidade como este ocorrido. Sem dúvida nenhuma a Polícia Civil está de parabéns pela eficiência em seu trabalho. Mas devemos ficar atentos: como o próprio delegado já afirmou segundo a reportagem supracitada - Agora, é com o Judiciário! E o que o Judiciário vai fazer? Assistiremos!
 
MAURICIO MACEDO VIEIRA em 11/12/2012 17:08:41
Parabéns para policia em pouco tempo já prendeu eles!
 
Gabriel pereira de Souza em 11/12/2012 17:08:17
Parabens pelo otimo trabalho da policia, estou em campo grande faz 1 ano, e a cada dia me orgulho mais da eficiência da policia, pretendo nunca mais voltar para são paulo
 
Fabio Mora em 11/12/2012 17:03:18
Parabens à Polícia Civil, que esclareceu com rapidez um crime bárbaro, envolvendo mais um estudante universitário campo grandense. São investigações como essas que nos dão a esperança de uma Justiça Criminal mais eficaz em nossa sociedade.
 
Thiago Santos em 11/12/2012 16:55:47
Cadê o tal de Alberto que havia ligado para ele e que iria para o paraná? Essa historia ta estranha...
 
Miguel Correa em 11/12/2012 16:55:32
Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O caso é gravíssimo, sem dúvida. Mas isto não depende da idade de quem o cometeu pois, se fosse assim, nós não teríamos infinitamente muito mais adulto homicida, traficante, assaltante, estuprador, do que adolescente. Se lembram da morte dos dois estudantes perto da Uniderp? Eram quantos adultos??? Uma outra coisa: o que se defende, ainda que equivocadamente, é a redução da maioridade penal para 16, só que os dois suspeitos tem 15, e aí? Reduziria para 14, 12, 10, 8, .... O caminho efetivamente não é esse. De toda forma, o que vale é o caso não ficar impune, e certamente não ficará
 
Adriano Barros em 11/12/2012 16:53:21
Mais um excelente trabalho do competentíssimo doutor Wellington Oliveira, um exemplo de policial dedicado e íntegro. É desse tipo de profissional que temos que ter orgulho! Parabéns policiais do MS!
 
Bergo de Almeida em 11/12/2012 16:46:17
essa eh so mais uma...... Pow brazil essa mulekada sabia sim oq tava fazendo. lei de maioridade penal neles 13 anos axo q jah rola
 
celio junior em 11/12/2012 16:45:56
Esse caso está muito mal contado. Realmente parece que ficaram faltando pingos nos I's.
 
MIguel Correa em 11/12/2012 16:42:30
Parabéns à Polícia Civil pelo belo trabalho!!!
 
Edson Arimura em 11/12/2012 16:42:05
Chega de impunidade! Que acabe esse absurdo de maioridade penal! Não importa a idade de quem cometeu o crime, mas sim o crime cometido! Chega dessa licença para matar que jovens têm no Brasil!
 
Welton Danner Trindade em 11/12/2012 16:37:55
Todo mundo se masturbando dentro do fiesta kkkkkkkk e eles não são homossexuais kkkk só no Brasil mesmo...
 
Orlando GOmes em 11/12/2012 16:36:58
Crime torpe, covarde, premeditado, por motivo fútil, banal e sem que a vítima tivesse meios para se defender. Um adulto certamente enfrentaria um juri e seria condenado por 30 anos em regime fechado.
Creio que crimes desse porte deveriam ser inafiançáveis e mais, não se poderia arguir ininputabilidade, ou seja, os criminosos deveriam responder como adultos assim como o é em países civilizados.
Mas infelizmente são "pobres adolescentes" sem capacidade de discernir entre o certo e o errado.
 
Rubens F da Silva em 11/12/2012 16:23:50
Essa garotada está fazendo o que quer e o Judiciário e o Legislativo não fazem NADA.
 
Luiz Alves em 11/12/2012 16:14:41
E tem ainda quem é contra a redução da maioridade penal.... vai querer me convencer que eles não sabiam o que estavam fazendo haha!!
 
Vanessa Schroder em 11/12/2012 16:12:05
o pior é saber que daqui no Máximo 3 anos eles já tão ai de novo.. de boa.. ficha limpa.. seguindo a vida.. mas o black não vai mais voltar ;( Eles é que são vermes, sem dignidade. Valia mais um Lawrence do que 10 deles
 
vanessa guimarães em 11/12/2012 16:10:50
Pura ingenuidade de Lawrence...
 
Danilo Aquino em 11/12/2012 16:06:45
PARA OS QUE DIZEM QUE HOMOFOBIA NÃO EXISTE, VEJAM A CRUELDADE QUE OS ADOLESCENTES DEFENDIDOS PELO ECA E POR QUEM É CONTRA A MAIORIDADE PENAL...FIZERAM E O QUE UM DESSES DELINQUENTES DEFENDIDO PELAS LEIS E PELA JUSTIÇA DESTE PAÍS DIZ SOBRE HOMOSSEXUAIS.

POR ISTO TEMOS QUE SER A FAVOR DA MAIORIDADE PENAL PARA ESTES JOVENS CRIMINOSOS DE ANJOS, PORQUE HOMOFOBIA NAO TEM COR, CARA E NEM IDADE!

 
CRIS STEFANNY em 11/12/2012 15:56:09
Ao meu ver essa história ta mal contada.
 
Léia Ferreira em 11/12/2012 15:54:39
Daqui a três anos, eles voltarão a conviver na nossa sociedade, provavelmente ainda mais intolerantes com o mundo. No nosso Brasil, só a justiça é tolerante.
 
Áttila Gomes em 11/12/2012 15:46:45
Sociedade mais hipocrita...
 
Claudineia Atanazio Santana em 11/12/2012 15:46:41
Ninguém é obrigado a gostar de homossexuais, porém todos merecemos respeitos e dignidade por nossas vidas e escolhas afetivas, tem q matar é um filho de uma p... desses que acha que pode brincar de Deus com a vida dos outros cadeia pra ele é pouco "ASSASSINO PRA MIM É QUE NEM VERME , MESMO ASSIM NÃO SAIO MATANDO "
 
suellen quinteiro em 11/12/2012 15:40:33
Isso é uma vergonha, ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém. Cada tem sua opção sexual, se eles tivessem boa índole teria ignorado o comentário da vítima. Que seja feita justiça. Peço que Deus conforte as três famílias. Parabéns para a polícia pelo excelente trabalho.
 
elenir matos em 11/12/2012 15:40:18
Que beleza, é só matar! Não dá nada mesmo, protejam mais esses jovens sem futuro com o Eca. Além de ladrão, homicida são homófobos. Pena que não ficarão o tempo que mereciam permanecer presos, mesmo que adultos, ou seja, pra sempre!
E tanto faz, se fosse outra pessoa ele ia inventar uma desculpa esfarrapada pra ter matado também.
 
Adriano Magalhaes em 11/12/2012 15:30:15
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions