A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

29/11/2016 11:27

A partir de dezembro, 1,3 mil policiais farão segurança no Centro e bairros

Viviane Oliveira e Adriano Fernandes
Segundo o coronel Waldir Ribeiro, o foco será nas abordagens (Foto: Marina Pacheco) Segundo o coronel Waldir Ribeiro, o foco será nas abordagens (Foto: Marina Pacheco)

A 25 dias do Natal, a segurança nas ruas do Centro e em alguns bairros de Campo Grande será reforçada com aproximadamente 1.300 policiais militares, sendo 900 do efetivo da cidade e mais 400 vindos dos municípios do interior.

Veja Mais
Policiamento no Centro será estendido até às 23h para compras de Natal
PM reforça policiamento no centro de Campo Grande

A Informação foi repassada nesta manhã pelo comandante de Policiamento Metropolitano da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, durante o lançamento da Operação Cidade Segura que vai do dia 3 de dezembro a 8 de janeiro.

Conforme o comandante, além da região central e das avenidas como Ceará, Salgado Filho e Eduardo Elias Zahran, o policiamento será intensificado nas Moreninhas, Júlio de Castilhos, Tiradentes e São Francisco.

O plano foi desenvolvido com base em estudos em parceria com a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), informações coletadas pelo Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional) e dos próprios comerciantes. “Os endereços e os bairros foram definidos de acordo com os pontos de maior movimento e fluxo de pessoas”, explica o comandante.

Segundo Waldir, o policiamento será feito por policiais a pé, de viatura, motos e a cavalo, todos com foco em abordagem. “O carro chefe da PM é abordagem. Esse ano, por exemplo, já foram mais de 1.600 pessoas abordadas pelos militares nas ruas”, diz.

Secretário afirma que os inimigos da paz se sentirão intimidades com o policiamento de fim de ano (Foto: Marina Pacheco) Secretário afirma que os inimigos da paz se sentirão intimidades com o policiamento de fim de ano (Foto: Marina Pacheco)

O presidente da CDL, Hermas Renan Rodrigues, acredita que o aumento na segurança estimula os campo-grandenses a comprar mais nesse período de fim de ano. “O comércio movimenta muito dinheiro e os clientes precisam se sentirem mais seguros para poder consumir”, afirma.

O secretário José Carlos Barbosa, titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), disse que trabalha em conjunto com o governo para aumentar o policiamento na cidade e melhorar a estrutura. “Com esse aumento no policiamento no Centro, os inimigos da paz se sentirão intimidados. A nossa Polícia Militar é a melhor do Brasil”.

Para alertar a população, a Polícia Militar vai distribuir cartilhas sobre orientações de como agir durante assalto ou ao presenciar um. As recomendações se estendem também para roubos e furtos em residências, furtos em transportes coletivos e ainda de como portar nos bancos e com crianças durante compras de fim de ano. Segundo a polícia, a distração é a inimiga número um da segurança. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions