A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

17/11/2016 14:18

Índios interditam rua da Funai em protesto contra saída de coordenador

Manifestação é na Rua Maracajú, próximo a Pedro Celestino, em frente a sede da Funai

Luana Rodrigues, Fernanda Yafusso e Cristiane Reis
Índios protestam em frente ao prédio da Funai. (Foto: Marina Pacheco)Índios protestam em frente ao prédio da Funai. (Foto: Marina Pacheco)
Índios em dança indígena masculina que indica guerra. (Foto: Marina Pacheco)Índios em dança indígena masculina que indica guerra. (Foto: Marina Pacheco)

Com faixas, cartazes, arco, flecha e até monitores de computadores, cerca de 20 indígenas estão bloqueando a Rua Maracaju, próximo a Pedro Celestino, em frente a sede da Funai (Fundação Nacional do Índio), no Centro de Campo Grande. Em Aquidauana, o quilômetro 527, da BR-262, também está interditado por cerca de 300 indígenas, conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal)

Veja Mais
Indígenas ameaçam fechar estradas em manifesto contra coordenador da Funai
Prédio da Funai continua invadido por acadêmicos e lideranças indígenas

Os manifestantes protestam contra a exoneração do coordenador regional da Funai, Evair Borges e a nomeação do coronel reformado do Exército, Renato Vida Sant'Anna para o cargo. Desde a última quinta-feira (10), índios ocupam o prédio a sede do prédio, na Capital, como forma de protesto.

Conforme a líder terena, Hekere Terenoe, os índios querem um posicionamento do Governo Federal, quanto ao fato de terem feito a exoneração sem consulta às lideranças indígenas. “Estamos sendo desrespeitados”, considera a índia.

Além dos cartazes e gritos de protesto, os indígenas estão com acessórios e pintura no rosto e corpo que indicam guerra. Eles também encenaram uma dança, que faz alusão à conflitos. “Estão tentando enfraquecer o povo indígena e não vamos permitir”, diz, Valcélio Terena.

Uma equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) controla o fluxo de veículos no local.

BR-262 - De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a interdição na rodovia é no trecho que liga os municípios de Aquidauana e Miranda, na entrada do distrito de Taunay.

Segundo a PRF, os indígenas estão com pedras, paus, arco e flecha. Equipes da PRF estão se deslocando até o local da interdição, para tentar um acordo com os índios. Os indígenas prometem permanecer fechando a rua e a rodovia até às 15h desta quinta-feira (17).

Exoneração - A exoneração de Evair Borges foi divulgada na página 37 da edição do dia 10 de novembro do DOU (Diário Oficial da União), que também apresentou a nomeação do militar, Renato Vida Sant'Anna, como coordenador da entidade.

Sant'Anna é coronel reformado do Exército, e passou 36 dos seus 70 anos servindo à corporação. Ainda não há data marcada para a posse do novo coordenador.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions