A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

24/10/2016 09:36

Na rua onde cratera engoliu asfalto, cada chuva é um drama para morador

"Estou com medo de que engula minha casa", diz moradora da Jerônimo de Albuquerque, onde problemas chegam com a enxurrada

Luana Rodrigues e Julia Kaifanny
Área foi isolada, mas moradores temem nova erosão. (Foto: Fernando Antunes)Área foi isolada, mas moradores temem nova erosão. (Foto: Fernando Antunes)

Mais que prejuízos, quem vive na Rua Jerônimo Albuquerque, onde uma cratera de quase seis metros de comprimento se abriu no meio do asfalto na tarde deste domingo (23), no bairro Nova Lima, diz que passou por momentos de pânico e ainda teme que algo pior aconteça.

Veja Mais
No Nova Lima, cratera surge em rua que perdeu asfalto há 8 meses
Equipes começam a obras em avenida onde chuva abriu cratera ano passado

“Estou com medo que abra mais (o buraco) e engula minha casa. Ontem foi de repente, tinha acabado de passar um ônibus de turismo, aí o asfalto se abriu. Se tivesse alguém passando na rua na hora, teria sido uma tragédia”, diz a comerciante Fátima de Souza, 55 anos, que mora bem em frente de onde o buraco se abriu.

Em oito meses, esta é a segunda vez que um temporal causa danos nesta mesma rua. Conforme moradores, a Defesa Civil esteve no local nesta segunda-feira e isolou a área, mas nenhum reparo foi feito.

Pedestres, ciclistas e até motociclistas continuam passando pelo local, correndo risco de cair, caso haja outra erosão.

“Na chuva passada, as placas de asfalto descerram. Vieram na rua, jogaram cascalhos e uma camada muito fina de asfalto. Agora acontece isso. Não dá para sabermos qual será o próximo problema”, diz o eletricista Porfílio Cerqueira Neto, de 68 anos de idade, que mora no bairro há 48 anos e diz que o Nova Lima anda "esquecido pelo prefeito".

Em fevereiro, a mesma rua perdeu 200 metros de asfalto e parte da sinalização, também durante chuva forte. “Estou presa, não consigo nem sair de casa de carro, porque as ruas estão interditadas e até agora ninguém faz nada”, diz Fátima.

Ao Campo Grande News, a prefeitura disse que já estava enviando equipes para fazer a manutenção do local, juntamente com a Águas Guariroba. Sobre a reposição do asfalto, a administração diz que “já foi solicitado e deve começar os trabalhos este mês.”




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions