A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

14/01/2014 17:54

Prefeito acompanha postos por vídeo e WhatsApp, mas não vê problemas

Zana Zaidan
Bernal considera que saúde avançou em 2013; setor também será foco do prefeito em 2014 (Foto: Cleber Gellio)Bernal considera que saúde avançou em 2013; setor também será foco do prefeito em 2014 (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), acompanha e monitora a situação do postos de saúde por meio de videomonitoramento e de um grupo no WhatsApp. No entanto, apesar da "rede", ele não vê os mesmos problemas apontados pela população, como superlotação, longa espera pelo atendimento e até falta de medicamentos, que marcaram o ano passado. 

Veja Mais
Idoso faz peregrinação por postos de saúde e não consegue realizar exames
Falta quase tudo nas Upas, de soro a aparelho para exames

Contudo, ele acredita que fez um bom trabalho no setor, que foi a principal prioridade na campanha eleitoral de 2012. Bernal considera os problemas “pontuais” e espera superá-los em 2014, ano em que a saúde, promete, também será o foco da atual gestão.

“Contratamos centenas de médicos e outra centenas de profissionais da saúde. Reduzimos o tempo de espera, investimos na aquisição de equipamentos e medicamentos, e compramos mais com menos, uma média de 18 a 27% de economia na aquisição de material ambulatório e hospitalar”, elenca, ao ser questionado sobre os avanços.

 

2013 foi marcado por falta de medicamentos nos postos de saúde (Foto: Arquivo)2013 foi marcado por falta de medicamentos nos postos de saúde (Foto: Arquivo)

Mais médicos - Bernal explica que faz questão de acompanhar, em tempo real, a situação das nove unidades de saúde 24 horas da Capital, por meio das Câmeras Saúde (videomonitoramento dos postos que pode ser acessado no site da prefeitura). O prefeito participa ainda, de um grupo de troca de informações no Whatsapp, que inclui o secretário de Saúde, Ivandro Fonseca, o adjunto da pasta, Vitor Rocha, e outros funcionários da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

“Aqui, no Coronel Antonino, tradicionalmente um dos mais cheios, agora estão oito clínicos gerais e cinco pediatras. Isso é inédito em Campo Grande. Na Vila Almeida, tem cinco pediatras, tinham cinco médicos e, como precisou, foi chamado reforço da unidade móvel, com mais dois”, exemplifica Bernal, ao puxar o smartphone e mostrar as imagens dos postos e do grupo do Whatsapp. “Nossa equipe móvel está de plantão 24 horas, para socorrer as unidades que estão com demanda muito grande, e está funcionando”, acrescenta.

Saúde em Ação” – Bernal cita a "menina dos olhos" do programa de governo, o Saúde em Ação. O prefeito garante que, “hoje, a demora para atendimento ou espera nos postos de saúde é de no máximo 30, 40 minutos. Uma mudança muito significativa, considera.

Para ele, o “Consulta Única” e o “Terceiro Turno” foram os responsáveis por otimizar o sistema de consultas. “Atendemos 150 mil mulheres e, hoje, nove unidades de saúde atendem em turno estendido, até 23 horas. Até o fim deste ano, serão 14”, promete o prefeito.

Apesar das críticas sobre a os postos de saúde, com reclamações de espera para marcar consultas e exames, filas, falta de infraestrutura, médicos e remédios, Bernal diz, por sua vez, que a situação não é generalizada. “Problemas pontuais existem, isso é normal. Não deveria ser, mas onde há regra, existe exceção, e estamos trabalhando para superar essas dificuldades”, finaliza.



Por "WhatsApp" ?? Que absurdo, lembro dos tempos do Puccinelli acompanhando ao vivo e a cores diversas obras sendo feitas independente se eram obras pequenas ou de grande porte, ele era um prefeito: PRESENTE !! Esse aí deve achar que ainda tem os 270 mil votos dele.. Nunca vi nas ruas tantas pessoas arrependidas por terem votado no Bernal viu
 
Michael Angelo em 15/01/2014 10:29:38
O PREFEITO NÃO PODE FICAR OLHANDO VIDEOS,TEM QUE IR PESSOALMENTE AOS POSTOS DE SÁUDE PARA VER A REALIDADE,COMO FAZIA O PREFEITÃO ANDRÉ QUE ATÉ DE MADRUGADA VISITAVA OS POSTOS DE SÁUDE SEM MEDO DE CIRCULAR NO MEIO DO POVO E MOSTRAR A CARA PARA VER A REALIDADE.SERA QUE O BERNAL TEM CORAGEM DE FAZER ASSIM,IR AO ENCONTRO DO POVO.SE MISTURAR COM O POVO.CREIO QUE NÃO,POIS ELE FOGE DE TUDO.
 
FRANCISCO DE SÁ em 15/01/2014 10:23:58
PREFEITO VIRTUAL,DISSE BEM LEONARDO,É ISTO QUE O CARA É VIRTUAL.POBRE DE QUEM VOTOU NELE.PENA QUE TODOS OS MORADORES DE CAMPO GRANDE TENHAM QUE SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS.MAS,PARA ELE ESTA TUDO MUITO BEM.
 
FRANCISCO DE SÁ em 15/01/2014 10:15:37
O Bernal está "administrando virtualmente", porque tem medo de comparecer à certos locais públicos, e ser "vaiado pessoalmente".
Um prefeito como este, não tem capacidade para administrar nem sequer um carrinho de hot dog.
Até quando nossa Capital será castigada por este ?
 
VALDIR VILLA NOVA em 15/01/2014 10:09:50
O que prova que realmente ele estava com problema no "olho" e todos falaram que o atestado era falso, ele está até cego...
 
Silvio Cesar em 15/01/2014 09:14:10
Monitorar de longe é fácil quero ver o Prefeito visitar as unidades de saúde e ver a realidade da população, ouvir as reclamações no momento do atendimento. E no ano de 2013 foi o primeiro ano que vi faltar luva para o atendimento de pacientes, falta de medicamentos simples de controle de pressão entre outros muito procurados. Contratar mais médicos mais faltar medicação para o tratamento, ou comprar medicamentos com menos mas deixar a população sem medicação no momento da necessidade não ajuda. Vamos trabalhar mais e falar menos!
 
Ilisandra dos Santos Queiroz em 15/01/2014 08:46:03
Saudades do tempo que o prefeito ia pessoalmente aos postos de saúde e o mesmo atendia os pacientes.
 
Andre Luiz em 15/01/2014 08:40:50
É Sr Prefeito acompanhar pelo sistema de monitoramento é facil dizer que tem problema,Quero o Sr mandar alguem ir ao Posto de Saude pra ser Atendido.
Só de ver a cara dos atendentes sua pressao ja sobe...
 
misael cabral de melo em 15/01/2014 07:28:31
Pelo amor de Deus prefeito pare de fazer buracos aqui no nossa senora das graças!!!!
 
Eliane silva em 15/01/2014 07:19:40
com certeza que ele nao vai achar problema .. ele nao utiliza postos de saude ... ele e prefeito.... nao faz nada ... e ta tudo bem
 
juliana aparecida da silva em 15/01/2014 05:16:45
CLARO QUE ELE NAO VE PROBLEMAS POIS O PROBLEMA E ELE... NOSSA CAPITAL NUNCA TINHA PAGO UM MICO TAO GRANDE !!! FICO COM MUITA VERGONHA DE TER UMA PESSOA COMO ESSA NO TOPO DO PODER DE NOSSA CIDADE... E UMA PENA.
 
jose calazans echeverria em 14/01/2014 21:22:03
Campo Grande é a única capital brasileira a sera 100% administrada via internet! Não sei se é um avanço ou....
 
Anna Gonçalves em 14/01/2014 18:57:42
Pois então senhor Bernal(não vou chama-lo de prefeito pq acho que não o é!) fui ate ao posto de Saude do Bairro Caiçara e ao tentar marcar uma consulta com um Clinico Geral para obter uma receita de REMÉDIO PARA PRESSÃO ARTERIAL(sou hipertenso e cardiaco) me disseram que so tem vaga para fevereiro ai eu te pergunto Bernal, será que vou ter que morrer sem tomar o remédio que é de consumo continuo pois necessito para controlar a pressão arterial, e vc vem dizer que não vê problemas nos postos ?
 
Paulo Lopes em 14/01/2014 18:42:31
Um Prefeito virtual é diferente de um Prefeito conectado. Este ai que colocaram no poder é virtual. Se esconde atrás do computador e não vê o mal que ele faz pra Campo Grande.
 
Leonardo Reis em 14/01/2014 18:38:51
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions