A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

17/02/2012 01:00

Tarifa de ônibus vai a R$ 2,85 e horários de pico vão ter mais veículos

Ana Paula Carvalho

Reajuste da tarifa do transporte coletivo começa a partir do dia 1° de março

Reajuste de 5,55% começa a valer a partir de março. (Foto: Arquivo)Reajuste de 5,55% começa a valer a partir de março. (Foto: Arquivo)

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), não acatou o pedido dos empresários do setor do transporte coletivo de aumentar para R$ 3 a tarifa do ônibus, e anunciou, em reunião realizada na noite dessa quinta-feira, que o valor vai para R$ 2,85.

O reajuste, de 5,55%, começa a valer a partir de primeiro de março. A reposição tarifária é menor do que a inflação de 6,22%, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, referente ao fechamento do mês de janeiro deste ano.

Em entrevista ao Campo Grande News, Trad afirmou que, em contrapartida, exigiu o aumento de 35% no número de veículos circulando nos horários de pico em todas as linhas.

Segundo ele, essa medida vai aliviar a superlotação nos horários de maior fluxo de passageiros. O prefeito também garantiu que esse é o último aumento durante a sua administração.

Quando assumiu o cargo em março de 2005, a tarifa era de R$ 1,80 e o salário mínimo de R$ 260. Hoje o salário é de R$ 622. O reajuste é de 139,23% em sete anos, enquanto a o passe de ônibus teve um aumento de 58,33% no mesmo período.

Em sete anos, reajuste na tarifa é de 139,23%. (Foto: Arquivo/João Garrigó)Em sete anos, reajuste na tarifa é de 139,23%. (Foto: Arquivo/João Garrigó)

Em março de 2005 o campo-grandense comprava 144 passes com um salário. Hoje é

possível adquirir 218. Um aumento no poder de compra dos trabalhadores de 51%. “Essa política valorizou o poder de compra dos trabalhadores”, diz o prefeito.

Na reunião com os empresários, o prefeito, segundo revelou ao Campo Grande News, foi insistente em não chegar aos R$ 3 como queria o setor.

Para garantir que o aumento na frota nos horários de pico seja cumprido, Trad, afirmou que já determinou que os setores responsáveis da prefeitura realizem rigorosas fiscalizações. “Não abro mão dessa medida”, afirma.

Veja Também
Revisão tarifária do transporte intermunicipal terá audiência pública dia 27
A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços públicos de Mato Grosso do Sul) fará no dia 27 de fevereiro uma audiência pública da 2ª revisão t...
Agência sugere tarifa de R$ 2,85 para transporte coletivo em Campo Grande
A AGR (Agência de Regulação de Serviços Públicos Delegados) sugeriu nesta quarta-feira (14), durante reunião, proposta de reajuste de R$ 2,8579 para ...


mesmo assim,nos temos umas das passagens mais caras do brasil,,devia ser melhor pelo preço que pagamos,,,tem poucos onibus só anda super lotado em horario de pico
 
silvana mariana em 17/02/2012 11:18:05
Só quem usa mesmo o serviço sabe o que é andar de ônibus em Campo Grande, será que não vamos ter um exemplo como o de Curitiba nunca!????
 
Oswaldo Junior em 17/02/2012 11:17:00
ESPERO QUE A LINHA 051 QUE FAZ A LINHA SHOPPIN E BANDEIRANTE AUMENTE MAIS ONIBUS, POIS EU FICO 40 MINUTOS NO PONTO, PASSA 7, 8 081,086, 082 E O QUE EU PRECISO PEGAR DEMORA UM SÉCULO, PRA QUE TANTOS ONIBUS NUMA LINHA E A OUTRA SÓ TEM UMA? POR FAVOR COLOCA MAIS ONIBUS NA LINHA 051, JA QUE VAI AUMENTAR O PASSE.
 
quezia alencar em 17/02/2012 09:56:00
prefeito também garantiu que esse é o último aumento durante a sua administração.Falar é fácil quero ver ele morar no meu bairro e esperar de domingo a domingo 60 em 60 minutos,eu até iria de bicicleta,mas não tem asfalto e nas ruas de asfalto não tem ciclovias,parabéns Brasil.
 
JOSÉ RENATO DOS SANTOS PEREIRA em 17/02/2012 09:26:27
Do que adianta colocar mais onibus em horario de pico, sendo que existem linhas que vivem super lotados durante o dia inteiro!
 
José Luis em 17/02/2012 08:36:41
Em Curitiba-PR, o preço da passagem de ônibus urbanos redes integradas e convencionais custa R$2,50 de segunda à sábado e nos domingos R$1,00. Circular centro custa R$1,50. Os ônibus são limpos, conservados e alguns tem até ar condicionado. A frequência de ônibus nas linhas não deixa ninguém esperando tanto.
 
Ezio Jose em 17/02/2012 03:19:00
E as èmpresa, que é quem paga o grosso do vale transporte. Será que tiveram aumento dessa magnitude. Duvido.
 
Ari Vargas Leal em 17/02/2012 02:59:37
Desculpa "rubens de oliveira brites" mas descordo. A passagem nem deveria ter reajuste, pois com o uso obrigatório dos cartões o custo para as empresas de tranporte coletivo diminui. Se vão aumentar a quantidade de circulares nos horários de pico, querem dizer que vão diminuir o "ensardinhamento" quando o pessoal sai ou vai ao trabalho/estudo, o restodo tempo fica no minimo a cada 30 minutos mesmo
 
Alan Righez em 17/02/2012 02:53:35
Graças ao nosso prefeito, o aumento foi menor do que o previsto! Valeu Nelsinho
 
rubens de oliveira brites em 17/02/2012 02:10:15
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions