A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

08/11/2010 07:15

Contas e infra-estrutura estão entre os desafios dos novos prefeitos

Elci Holsback
Governador, secretários e os prefeitos dos municípios. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)Governador, secretários e os prefeitos dos municípios. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)

O salário do funcionalismo público, saúde e infra-estrutura estão entre os principais desafios dos prefeitos que em janeiro de 2017, assumem pela primeira vez a gestão de um município. Dos 79 municípios do Estado, apenas em 16 houve reeleição dos candidatos. As demais cidades terão novos gestores, alguns, ocupando o cargo pela primeira vez. 

Veja Mais
Transição começa hoje com reunião oficial de prefeitos
Apenas 16 de 38 prefeitos conseguiram a reeleição no MS; rejeição de 57,8%

Durante a Rota do Desenvolvimento, na noite desta segunda-feira (7) os prefeitos eleitos para a próxima gestão participaram de reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ao fim do encontro, os gestores destacaram que acreditam no apoio do governo do Estado e que haverá muito trabalho, de acordo com a necessidade de cada município.

À frente do Executivo pela primeira vez, Marquinhos Trad (PSD) coloca a saúde, a habitação e o diálogo com os demais poderes como setores ou ações prioritárias no início da gestão. "É essencial iniciar diálogo com o Legislativo e Judiciário e com o TCE (Tribunal de Contas do Estado) para pensar coletivamente em Campo Grande. De imediato as prioridades são a saúde, a habitação e a educação e já estamos conversando com o governo do Estado para tirar do papel ações emergenciais, como a construção do Hospital do Trauma, o centro radiológico e a construção de 5 mil moradias", pontuou Marquinhos Trad, que substitui Alcides Beral (PP) na Prefeitura da Capital.

Eleito prefeito de Jardim - município distante 233 km de Campo Grande, Guilherme Monteiro (PSDB) substitui Erney Cunha (PT) no próximo ano e a maior preocupação é a reestruturação do caixa, seguido pelo desenvolvimento econômico e infra-estrutura. "Nossa meta é fechar as contas com fornecedores, manter a folha de pagamento em dia com o funcionalismo e economizar recursos para assim, recuperar as contas públicas. A situação atual de Jardim é delicada e o município passa por dificuldades. O saneamento, a saúde, a habitação e a educação também são grandes desafios para a nova gestão", avalia Monteiro.

Mais jovem município de Mato Grosso do Sul, Figueirão - localizado a 226 km da Capital elegeu Rogério Rosalin (PSDB) para o Executivo Municipal. Rosalin, que era vice-prefeito da cidade, assumiu a prefeitura em março de 2015 e seu maior desafio será gerir integralmente a cidade que registra a menor arrecadação do Estado. " Figueirão tem a menor arrecadação entre os municípios do Estado, mas os mesmos problemas que os demais. O grande desafio dessa gestão será apresentar desenvolvimento em todos os segmentos, com o menor custo possível e eficiência", adiantou. 

Durante a Rota do Desenvolvimento, que acontece até o dia 9 de novembro no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, acontece o a ção “Rota do Desenvolvimento do Prefeito”, espaço destinado ao atendimento aos prefeitos dos municípios de Mato Grosso do Sul, com 23 estandes, sendo 13 órgãos públicos estaduais, dois federais e oito entidades com orientações sobre como o governo pode atuar em parceria para o desenvolvimento dos municípios, constituindon assim, parcerias entre as administrações Estadual e municipais.

Transição começa hoje com reunião oficial de prefeitos
Nas barrancas do rio - Depois da maratona eleitoral, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), pescador aficionado, aproveitou o último final de semana ...
Apenas 16 de 38 prefeitos conseguiram a reeleição no MS; rejeição de 57,8%
Dos 38 prefeitos que tentaram a reeleição em 2016 em Mato Grosso do Sul, 22 não conseguiram um novo mandato - ou seja, 57,8% deles não terão a oportu...
Advogados no MS serão atendidos em caravana da OAB a partir de quarta
A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) promove na próxima semana em Mato Grosso do Sul a Caravana Nacional das Prerrogativas, ação que tem como objeti...
IFMS oferece 280 vagas para cursos técnicos em quatro cidades
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para 280 vagas em cursos técnicos de nível médio gratuitos nos município...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions