A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

11/06/2014 18:34

MPF não fica satisfeito com anulação parcial de provas da PRF

Caroline Maldonado
Candidatos esperaram cerca de quatro horas e não receberam os cadernos de prova (Foto: Bruno Chaves)Candidatos esperaram cerca de quatro horas e não receberam os cadernos de prova (Foto: Bruno Chaves)

O MPF (Ministério Público Federal) não ficou satisfeito com o acordo firmado com a Funcab (Fundação Augusto Bittencourt), que prevê nova data para realização das provas de 415 candidatos do concurso da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que não receberam os cadernos no dia 25 de maio, no Bloco E do Colégio Salesiano Dom Bosco, em Campo Grande.

Veja Mais
Com nova data, candidatos de concurso da PRF devem ficar atentos as regras
PRF mantém concurso, mas anula provas de 415 candidatos em MS

Para o MPF essa “não é a medida ideal mas, no momento, é o mais próximo da igualdade e da razoabilidade”. O órgão informou que continuará acompanhando todas as futuras ações efetuadas pela Funcab e pela PRF, além destacar que caso o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) não seja cumprido na sua totalidade, a Funcab será multada em R$ 10 mil reais para cada cláusula infringida.

Se a infração continuar, mais R$ 1 mil serão aplicados para cada dia de descumprimento. A Funcab deve ainda fornecer ao MPF, a cada 30 dias, relatório com todas as providências tomadas.

Nova prova – As provas para os 415 candidatos será no dia 22 de junho. A prova objetiva terá a duração de 3 horas e 30 minutos, com abertura dos portões às 14h e fechamento às 15h, horário de Brasília (DF). O candidato deve comparecer ao local de realização portando documento oficial e original de identificação.

Somente será permitido o uso de caneta de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente. O candidato ainda deve levar o “Comunicado Oficial de Convocação para a Prova”, que está disponibilizado para impressão no site www.funcab.org, conforme publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Ressarcimento - Aqueles que vieram de outras cidades a Campo Grande, no dia da prova, têm até 12 de julho para pedir o ressarcimento do valor gasto com transporte, alimentação e hospedagem.

Após formalizar o pedido de ressarcimento no site ww5.funcab.org/inicial.asp?id=257, o candidato deve encaminhar cópia da carteira de identidade, do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovantes das despesas para a caixa postal: 100.655, Cep 24.020-971, Niterói/RJ.

Desistência - Quem desistir de fazer a prova poderá solicitar devolução da taxa de participação até o dia 20 de junho. O candidato deve fazer a solicitação pelo site ww5.funcab.org/inicial.asp?id=257 e encaminhar cópia da identidade e do CPF e os dados bancários para o e-mail concursos@funcab.org.

Com nova data, candidatos de concurso da PRF devem ficar atentos as regras
Os candidatos do concurso público para agente administrativo da PRF (Polícia Rodoviária Federal) que tiveram as provas do dia 25 de maio anuladas ter...
Governo publica gabarito preliminar do concurso para procurador
Divulgado o gabarito preliminar da prova objetiva do Concurso Público para Procurador do Estado. A lista está no Diário Oficial do Estado desta terça...



como o mp nao ficou satisfeito? se o mp nao quisesse nao faria esse acordo. Isso fere completamente os princípios que regem um concurso público os quais da moralidade e isonomia, quem fizer a prova agora levará vantagem pois teve mais tempo pra estudar e quem garante que a prova que vai ser aplicada não será mais facil que a feita anteriormente? no mínimo a prova teria que ser reaplicada pra todos do ms já que as vagas são regionalizadas. O estranho é que o órgão que deveria zelar pela legalidade é conivente com irregularidades absurdas como essas.
 
ademilson flores da cunha em 11/06/2014 21:25:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions