A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

12/08/2013 11:02

Justiça dá prazo de 30 dias para hospital regularizar setor de radiologia

Aliny Mary Dias

A Justiça deu prazo de 30 dias para que o Hospital Cassems de Dourados regularize o serviço de radiodiagnóstico que foi alvo de inspeção realizada pela vigilância sanitária do município em 2009 e 2011.

Segundo o MPE (Ministério Público Estadual), uma ação civil pública foi ajuizada na Justiça para que o hospital apurasse as irregularidades e tomasse as providências para ajustar os problemas sanitários encontrados no setor de radiologia.

De acordo com o relatório da vigilância sanitária feito em 2009, os problemas encontrados foram: descartex sem suporte adequado, setor sem certificado de responsabilidade do médico radiologista, falta de procedimento operacional padrão entre outras irregularidades.

Diante dos problemas, o MPE entrou com a ação em 2011. Em resposta aos questionamentos, a Cassems informou que não é responsável pelo setor de radiologia e que o local é terceirizado. Já a empresa, disse à Justiça que é responsável apenas pelos laudos dos exames.

Com o impasse, a juíza Marilsa Aparecida da Silva acatou o pedido de liminar do MPE e deu o prazo de 30 dias para que o hospital regularize os problemas. Se a decisão for descumprida, o hospital deverá pagar multa de R$ 1 mil e o serviço deverá ser suspenso.

Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...
Carreta da Justiça oferecerá serviços a partir do próximo dia 13
Carreta da Justiça, programa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que oferece serviços do judiciário de forma gratuita, chegará ao mun...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions