A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

12/08/2013 11:02

Justiça dá prazo de 30 dias para hospital regularizar setor de radiologia

Aliny Mary Dias

A Justiça deu prazo de 30 dias para que o Hospital Cassems de Dourados regularize o serviço de radiodiagnóstico que foi alvo de inspeção realizada pela vigilância sanitária do município em 2009 e 2011.

Veja Mais
Jovem cai em golpe de recarga premiada e deposita R$ 20 mil para estelionatário
Lagoa transborda com temporal e alaga casas e ruas de cidade de MS

Segundo o MPE (Ministério Público Estadual), uma ação civil pública foi ajuizada na Justiça para que o hospital apurasse as irregularidades e tomasse as providências para ajustar os problemas sanitários encontrados no setor de radiologia.

De acordo com o relatório da vigilância sanitária feito em 2009, os problemas encontrados foram: descartex sem suporte adequado, setor sem certificado de responsabilidade do médico radiologista, falta de procedimento operacional padrão entre outras irregularidades.

Diante dos problemas, o MPE entrou com a ação em 2011. Em resposta aos questionamentos, a Cassems informou que não é responsável pelo setor de radiologia e que o local é terceirizado. Já a empresa, disse à Justiça que é responsável apenas pelos laudos dos exames.

Com o impasse, a juíza Marilsa Aparecida da Silva acatou o pedido de liminar do MPE e deu o prazo de 30 dias para que o hospital regularize os problemas. Se a decisão for descumprida, o hospital deverá pagar multa de R$ 1 mil e o serviço deverá ser suspenso.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions