A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

07/08/2014 09:03

"Serviço ruim" faz prefeitura suspender alvará de funcionamento da Vivo

Caroline Maldonado
Prefeito anunciou a medida ontem (Foto: Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense)Prefeito anunciou a medida ontem (Foto: Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense)

A incrição municipal e o alvára da operadora Vivo estão suspensos a partir de hoje (7) em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. O prefeito Paulo Duarte (PT) assinou nesta quarta-feira (6), o decreto com a medida segundo o jornal Diário Corumbaense.

Veja Mais
Suposto integrante do PCC é morto a tiros em Pedro Juan Caballero
Sem repasse da União, casa de acolhimento pede doações para se manter

De acordo com o prefeito, a operadora de telefonia móvel e internet ficará irregular na cidade, já que está prestando serviço considerado de baixa qualidade pelo município e por não haver cumprido acordo de novos investimentos anunciados pela direção da companhia, em abril do ano passado, em reunião na cidade com o prefeito.

Em entrevista coletiva, o prefeito disse que a situação ficou “insustentável” por conta da dificuldade de completar uma ligação pelos telefones celulares da operadora. “O que cabe ao município vamos fazer. Vamos suspender a inscrição municipal e o alvará de funcionamento dela aqui em Corumbá. Não dá mais para conviver com essa situação. A empresa faz propaganda, vende ilusão e a gente não consegue ter acesso ao serviço”, disse Duarte.

O prefeito disse ainda que, em reunião no dia 18 de abril de 2013, a direção da Vivo fez uma série de promessas que não cumpriu. Com a medida da prefeitura, a Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor de Corumbá (Procon) terá a tarefa de cobrar melhoria dos serviços à operadora de telefonia móvel. “Determinei ao Procon para cuidar dessa questão. O Procon terá a missão de fazer o que tiver de ser feito para que demonstrem respeito com a cidade. Vai fiscalizar e no que couber multa vai aplicá-la para que tenhamos um serviço de qualidade”, informou Duarte.

Na reunião feita no ano passado, a Vivo anunciou um programa de investimentos para melhorar a qualidade do serviço. Segundo o Diário Corumbaense, até setembro de 2013 a operadora esperava concluir a expansão da capacidade de processamento de voz e dados das torres no município e completar a instalação da rede de fibra ótica.

A instalação iria acelerar o processamento entre Campo Grande e Cuiabá para atender Corumbá e deixar a cidade com tecnologia que permitiria uma condição privilegiada para, futuramente, instalar a telefonia móvel 4G e seus derivados na região. Ainda segundo o jornal, em março deste ano, o Procon de Corumbá multou a Vivo por desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor.

A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com a assessoria de imprensa da operadora Vivo, que se comprometeu a enviar ainda nesta manhã um posicionamento da companhia quanto a decisão da prefeitura de Corumbá.




Se fizerem isso no país inteiro com todas as operadores que estiverem ruins, acabou celular no Brasil.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 07/08/2014 13:29:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions