A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

28/06/2014 10:15

Acusada de furtar Carrefour foi secretária de Saúde e tem renda alta

Aliny Mary Dias

Detidas na quarta-feira (25) depois de furtar R$ 2,7 mil em produtos no Hipermercado Carrefour da Capital, a ação das irmãs Maria Ângela Gonzaga Duarte, 50 anos e Maria Ligia Gonzaga Duarte, 49 anos, surpreendeu Ribas do Rio Pardo. Tudo porque as duas moradoras são conhecidas na cidade por ter um bom padrão de vida, uma delas foi, inclusive, secretária de saúde da cidade por mais de um ano.

Veja Mais
Acusadas de furtar Carrefour, professora e enfermeira são soltas
Irmãs são presas por furtar R$ 2,5 mil em produtos de hipermercado

Maria Ligia é enfermeira concursada da prefeitura de Ribas, cidade distante 103 quilômetros da Capital e com 21,2 mil habitantes. No ano passado, ela foi nomeada secretária municipal de Saúde e chefiou a pasta até março deste ano, quando foi demitida da função pelo prefeito José Domingues Ramos (PSDB).

Atualmente, Maria Ligia trabalha como enfermeira e chefia o setor de regulação de vagas do município. O salário da servidora é de R$ 5,7 mil.

A companheira na ação do furto, Maria Ângela, também é conhecida na cidade. A professora concursada no município foi empossada em novembro do ano passado como titular do Conselho Municipal de Educação da cidade. O rendimento da servidora chega a R$ 3,5 mil.

Depois que o furto de itens alimentícios, produtos de limpeza e até um aparelho de home theater foi divulgado pela imprensa, a cidade não falou em outra coisa. O prefeito José Domingues disse ao Campo Grande News que todos moradores estão surpresos e que muitos acreditam em transtorno psicológico.

“Todos estão surpresos, ninguém acredita e acha tudo muito estranho. Até porque elas ganham bem, moram em uma boa casa e tem uma situação financeira boa, não precisavam disso, não vemos motivo”, diz o prefeito que afirma ainda que nunca houve casos semelhantes envolvendo as servidoras.

O futuro das duas na cidade é indefinido, mas na Justiça elas irão responder. Conforme o delegado adjunto da 3ª delegacia da Capital, Fábio Anderson, ela foram presas em flagrante e não houve fiança arbitrada. As duas só foram soltas depois que o advogado conseguiu habeas corpus que dá a elas direito a liberdade provisória, mas as duas vão responder o processo.

O Campo Grande News teve acesso a um número de telefone de Maria Ângela, mas após inúmeras tentativas a reportagem não conseguiu falar com a professora.

Furto - De acordo com o boletim de ocorrência, seguranças do Carrefour da Capital viram Maria Ângela saindo do supermercado levando um carrinho com produtos sem passar pelo caixa. Ao ser abordada, ela afirmou que estava com fome e deseja os produtos.

Os seguranças encontraram com ela 98 produtos avaliados em mais de R$ 1 mil, entre eles um aparelho de home theater. A irmã da mulher, Maria Ligia, tentou explicar por que ela estava furtando e também acabou detida. No carro dela, os policiais encontraram mais produtos furtados do supermercado que totalizaram R$ 1,5 mil.

Acusadas de furtar Carrefour, professora e enfermeira são soltas
As irmãs, a professora Maria Ângela Gonzaga Duarte, 50 anos, e a enfermeira Maria Ligia Gonzaga Duarte, 49, suspeitas de furtarem R$ 2.704 do Hiperme...
Irmãs são presas por furtar R$ 2,5 mil em produtos de hipermercado
Duas irmãs, de 49 e 50 anos, foram presas na tarde de ontem (25) suspeitas de furtarem cerca de R$ 2,5 mil do supermercado Carrefour, que fica no Sho...
Corpo é encontrado boiando em rio e suspeita é de que seja de trabalhador rural
Corpo de um homem foi encontrado por volta das 8h30 de hoje (6) boiando no rio São Lourenço, região da Ilha Alegre, em Corumbá - distante 419 Km de C...



E a nossa lei permitindo todo tipo de desvio comportamental. Afinal elas não se utilizaram de violência não é?
Porém a violência está no crime e não só no conjunto praticado.
Assim a sociedade está sendo violentada a todo momento. E por conta da lei, se vc for réu primário, tem endereço e emprego fixo, estaria amparado a praticar crime e responder em liberdade.
Quer maior violência com o povo de bem do que isso?
 
Adriano Magalhães em 28/06/2014 15:43:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions