A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

18/07/2013 16:07

Após apreensão de cigarros, bandidos queimam carros de policiais

Nadyenka Castro

Carros de dois policiais rodoviários federais foram queimados após os patrulheiros terem apreendido duas carretas e um caminhão lotados de cigarro contrabandeado. O atentado foi em Mundo Novo, a 476 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, no fim da semana passada.

Veja Mais
Caminhão carregado com 2,6 toneladas de agrotóxico é apreendido
Homem é preso transportando de carro roubado em guincho para despistar polícia

A apreensão do contrabando foi no posto policial, onde estavam estacionados os automóveis particulares dos patrulheiros. Enquanto eles levavam os contrabandistas para flagrante na PF (Polícia Federal), os carros foram incendiados. Ninguém ficou ferido.

A investigação sobre o ataque é feita pela PF, em Naviraí. Nenhum suspeito foi preso. Por causa do atentado, a segurança foi reforçada em Mundo Novo.

O assunto é pauta da reunião do GGIFRON, (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira), que será realizada às 10 horas desta sexta-feira, na PF, em Naviraí. Devem participar o secretário de Segurança Pública, Wantuir Jacini, e responsáveis pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), PF, Polícia Militar, Polícia Civil e DOF (Departamento de Operações da Fronteira).

Homem é preso transportando de carro roubado em guincho para despistar polícia
Para despistar a polícia, um homem, de 30 anos, contratou um guincho para transportar um veículo Mitsubishi ASX, roubado em Canoas (RS), mas acabou p...
Médico abandona plantão e pacientes ficam sem atendimento em hospital
O médico Carlos José da Costa Duran, 41 anos, foi denunciado à polícia, por desvio de função na manhã deste sábado (03). Ele não compareceu ao plantã...



SEM MORAL MESMO

DA PRA VE QUE QUE A POLICIA NAO TEM MORAL MESMO.

NINGUEM RESPEITA MAIS.

O GOVERNO NAO RESPEITA, SALARIOS E CONDIÇOES DE TRABALHO PESSIMOS.

POPULAÇÃO NAO APOIA.

E O BANDIDO DAQUI A POUCO VAI DA NA CARA DA POLICIA.

PRA QUE ISSO.
 
julio junior em 19/07/2013 10:57:19
O TRABALHO ERA CONJUNTO ANTIGAMENTE A PRF FAZIA A ABORDAGEM, ENCONTRANDO O DELITO COMUNICAVA A P.FEDERAL QUE CONTINUAVA O SERVIÇO E INVESTIGAÇÃO HOJE O SERVIÇO QUE É ESPECIFICO FICOU EM SEGUNDA OPÇÃO QUE É A SEGURANÇA NAS ESTRADAS PARA OS CONDUTORES DE VEÍCULOS, ELES FAZEM O FLAGRANTE VÃO PARA PF, E AS RODOVIAS FICAM DESGUARNECIDAS. COM ISSO PASSANDO MUITO MAIS PORCARIAS. A POLÍCIA FEDERAL TEM QUE ESTAR JUNTO COM A PRF PARA TRABALHAR.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 19/07/2013 10:55:13
Coisa simples de se resolver! Os que foram presos com o contrabando denuncia os responsáveis pelo incêndio dos carros dos políciais ou responderão pelo crime sobre o mesmo, além disso deveriam fazer apreensão dos bens do criminosos para pagar os prejuízos causados! Fazendo isso com todos os crimes, tenho certeza que no mínimo ocorrerá uma redução de 50% dos crimes no "brasil"!
 
Alexandre de Souza em 18/07/2013 17:13:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions