A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

11/03/2013 20:46

Após paralisação, professores em Dourados retomam negociações

Nyelder Rodrigues

Após a paralisação das atividades do último dia 5, os professores e servidores administrativos da educação retomaram as negociações salariais em Dourados.

Veja Mais
Após protesto, professores se reúnem na Câmara de Dourados hoje à noite
Professores param em Dourados por plano de cargos, carreiras e salários

Conforme o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), um novo ofício será encaminhado esta semana à Prefeitura, solicitando um encontro para debater a questão.

O sindicato quer que uma proposta de reajuste seja apresentada pela Prefeitura, para que as negociações evoluam até um senso comum entre as partes.

Na paralisação do dia 5, cerca de 27 mil alunos ficaram sem aula. Foi cogitada greve, mas o município entrou com pedido de inconstitucionalidade do movimento no Tribunal de Justiça (TJ-MS).

O pedido foi acatado, e o desembargador Carlos Eduardo Contar determinou que 80% dos trabalhadores em educação permanecessem em atividade, sob pena de multa de R$ 25 mil por dia.

A categoria quer além do reajuste salarial, debater a implantação do 1/3 de hora-atividade, PAE (Programa de Atendimento Escolar), salas de tecnologia, PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações) e a carga horária dos administrativos de 6h.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions