A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

29/03/2012 13:21

Após protesto de cinco horas e meia, sem-terra liberam BR-163 e a MS-487

Mariana Lopes

A rodovia foi liberada após agendarem reunião para o próximo dia 04 de abril, na sede do Incra, em Dourados

Cerca de 500 famílias estavam no local. O protesto fechou as duas pistas das rodovias e provocou engarrafamento (Foto: Umberto-Zum)Cerca de 500 famílias estavam no local. O protesto fechou as duas pistas das rodovias e provocou engarrafamento (Foto: Umberto-Zum)

Os trabalhadores rurais sem-terra liberaram por volta das 12h as rodovias BR-163 e a MS-487, no trevo que liga Naviraí à cidade de Itaquirai e ao Porto Camargo (PR). Eles estavam no local, em protesto, desde às 6h30 desta quinta-feira (29). Cerca de 500 famílias fecharam as rodovias e com a manifestação formou-se uma extensa fila de veículos nas duas das pistas.

De acordo com o site Tá na Mídia Naviraí, os lideres do sem-terras disseram que liberaram a rodovia agendarem reunião para o próximo dia 4 de abril, na sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em Dourados. Na oportunidade, serão discutidas as reivindicações pautadas pelos manifestantes.

O sem-terras também disseram que pode haver outra reunião no dia 10 ou 12 de abril, com o superintendente do Incra de Mato Grosso do Sul, Celso Cestari, e o procurador do Ministério Público de Dourados, Marcos Antônio, juntamente com todas as lideranças de movimentos sem-terras do Estado .

Uma das reivindicações dos sem-terra é que seja revista uma liminar que está embargando a reforma agrária no Estado. Segundo os manifestantes mais de 20 mil famílias entre assentados e acampados estão sofrendo com os cortes dos créditos no setor de habitação.

Eles pedem também melhorias na educação, saúde e retomada da construção das estradas no complexo Santo Antônio.(Com informações do Tá na Mídia Navirai)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions