A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

18/01/2015 12:24

Após troca de tiros, integrante de quadrilha que abatia gado é preso

Caroline Maldonado
Ocupantes da Saveiro fugiram (Foto: TL Notícias)Ocupantes da Saveiro fugiram (Foto: TL Notícias)

Após montar bloqueio e trocar tiros durante a madrugada deste domingo (18), a Polícia Militar prendeu integrante de uma quadrilha que abatia animais na zona rural de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Foram apreendidos ainda um carro, uma motocicleta, munição e aproximadamente um quilo de maconha.

Assim que avistaram os policiais, nos fundos do sítio Vera Cuz, os ocupantes de uma moto Honda e de uma VW Saveiro aceleraram em fuga e um deles iniciou disparos contra a viatura. Então, os policiais revidaram com dez tiros, conforme registro policial.

O motociclista, Reginaldo de Oliveira Cruz dos Reis, 20 anos, foi preso e a viatura seguiu em perseguição ao carro. Os ocupantes da Saveiro conseguiram fugir a pé após alguns quilômetros, quando o um dos pneus dianteiro estourou e o veículo se chocou contra um barranco.

Na Saveiro, foram encontradas quatro munições intactas de calibre 22 e no porta luvas estava a identidade e carteira de habilitação em nome Edilson e o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) em nome de Rita Fabiana.

Segundo a polícia, o preso disse que os homens que fugiram eram Lucas e Caique e todos iriam fazer abate de gado. Reginaldo disse ainda que guardava em sua residência, aproximadamente, um quilo de maconha. Na casa, dele os policiais encontraram a droga dentro da geladeira. Só então, o rapaz recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Criança de três anos morre afogado em buraco deixado por empreiteira
Um menino de três anos de idade morreu afogado na tarde de ontem (22) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. De acordo com a polícia, Ademir dos Sant...
Presos de Corumbá estão entre os alvos de operação em presídios
O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) está dentro do presídio de Corumbá - a 419 km de Campo Grande. A ação faz parte ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions