A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

16/12/2014 11:37

Após vistoria, promotor aguarda relatório sobre poluição em córregos

Helio de Freitas, de Dourados
Promotor do Meio Ambiente (ao centro) acompanha engenheiros da prefeitura, policiais ambientais e representantes de usina em vistoria nas margens do Córrego Mimoso (Foto: Divulgação)Promotor do Meio Ambiente (ao centro) acompanha engenheiros da prefeitura, policiais ambientais e representantes de usina em vistoria nas margens do Córrego Mimoso (Foto: Divulgação)

Uma equipe liderada pelo promotor de Meio Ambiente Alexandre Rosa Luz vistoriou ontem as margens do Mimoso, um dos afluentes do Laranjal, importante córrego que corta o município de Nova Andradina, a 300 km de Campo Grande. O afluente passa próximo a uma propriedade usada pela usina Santa Helena para plantio de cana e produtores rurais denunciam que a erosão iniciada nas terras da indústria voltou a poluir os córregos.

Veja Mais
Após denúncias, promotor determina vistoria no Córrego Laranjal
Enxurrada volta a inundar córrego e associação cobra providências

A denúncia feita pelo produtor Edilson Nantes, presidente da Associação dos moradores dos bairros Laranjal, São Bento e Papagaio, foi divulgada na semana passada pelo Campo Grande News e mobilizou a PMA (Polícia Militar Ambiental) e o Ministério Público.

Nesta terça-feira, o promotor informou que agora aguarda o laudo a ser apresentado pelos dois engenheiros da Secretaria de Meio Ambiente de Nova Andradina, o que deve ocorrer nas próximas semanas. A vistoria foi acompanhada também por produtores da região e por funcionários da usina Santa Helena.

“Vamos aguardar esse laudo para saber o que os técnicos vão dizer, se de fato houve a poluição do córrego ou se teve descumprimento do projeto de recuperação previsto no TAC assinado pela usina em 2011. Todas essas informações serão verificadas para saber o que está acontecendo ali. Precisamos saber se houve alguma falha por parte da indústria e se a degradação do córrego continua. Isso leva um certo tempo”, afirmou Alexandre Rosa Luz ao Campo Grande News.

Edilson Nantes disse que os moradores da região afetados pela poluição verificada na semana passada confiam na atuação do Ministério Público. “Se o promotor não tomar providências nada vai acontecer. Os moradores vão continuar vigilantes e já estamos organizando manifestações”, afirmou.

Usina se manifesta – Ontem a usina Santa Helena encaminhou uma nota ao Campo Grande News sobre as denúncias de poluição. A nota é assinada pelo supervisor de segurança, saúde e meio ambiente da indústria, José Leôncio de Oliveira.

“A empresa realiza conservação e manutenção de solo nesta área especialmente com curvas de nível. Todos os procedimentos preventivos foram acompanhados pelo órgão ambiental estadual e graças a estes cuidados, apesar do grande volume de água e terra decorrente da chuva torrencial ocorrida na data noticiada, não houve prejuízos para a área de preservação permanente. Ocorreu apenas o fluxo da água proveniente da chuva”, afirma a nota.

Ainda conforme o supervisor, após a chuva a empresa fez o monitoramento das águas superficiais e o “ph” encontrado na amostragem foi normal, conforme parâmetros estabelecidos em lei, tanto no Córrego Laranjal quanto no afluente Mimoso.

“A empresa utiliza as medidas preventivas para a conservação do solo que são consideradas tecnicamente corretas e permanece à disposição dos órgãos públicos e perante a comunidade para quaisquer esclarecimentos”, encerra Leôncio na nota.

Margens do Mimoso, um dos afluentes do Laranjal; produtores denunciam que erosão voltou a poluir córregos (Foto: Divulgação)Margens do Mimoso, um dos afluentes do Laranjal; produtores denunciam que erosão voltou a poluir córregos (Foto: Divulgação)
Motorista embriagado atropela ciclista e foge sem prestar socorro
Guinovaldo Aguiar Gama, de 53 anos, foi preso em flagrante depois de ter atropelado um ciclista na região central de Itaporã, 227 quilômetros de Camp...
Rapaz foge de policial a paisana e abandona mochila com 18 kg de droga
Homem fugiu deixando uma mochila com 18 quilos de maconha, depois de ser abordado esta manhã (10) por um policial a paisana na rodoviária de Ponta Po...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions