A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/03/2013 12:55

Arquiteto e mulher são presos por estupro de criança de 7 anos

Mulher sabia dos abusos desde o ano passado

Paula Maciulevicius

Um arquiteto foi preso por estuprar a enteada de 7 anos, em Coxim. A mãe da criança e esposa do homem também foi presa porque segundo a Polícia, ela sabia do abuso e seria conivente com o crime.

Veja Mais
Pedestre é atropelado na calçada por veículo que disputava racha
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto

A prisão aconteceu na última sexta-feira e o casal já está no presídio. Ele, no estabelecimento Penal Masculino de Coxim e a mulher no Penal Feminino em São Gabriel do Oeste.

Segundo o jornal Edição de Notícias, as investigações da Polícia Civil apontam que a mãe sabia do caso desde o ano passado, quando procurou auxílio médico para filha por duas vezes.

A delegada Silvia Elaine Girardi informou que a criança foi submetida a exame, que comprovou o ato libidinoso. “A menina está passando por avaliação psicológica para dar início ao tratamento”, explicou a delegada.

Pedestre é atropelado na calçada por veículo que disputava racha
Homem de 26 anos sofreu fratura no crânio e várias escoriações após ser atropelado quando transitava por volta das 3h30 de hoje (10) por uma calçada ...
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...



Se essa mãe sabia dos fatos e procurou ajuda médica quando viu a situação de sua filha, por que o PROFISSIONAL que atendeu essa criança não deu a devida atenção ao caso e encaminhou a criança para atendimento adequado e essa mãe, se é que se pode chamar assim uma pessoa dessas. No meu pouco entendimento esse profissional torna-se CÚMPLICE dos agressores. Cade a JUSTIÇA.
É hora da policia levantar quem atendeu essa criança na época e tomar as devidas providências.

Me envergonho de saber que temos profissionais que não estão nem ai com os menos favorecidos.
 
Norma Alves da Silva em 17/03/2013 21:23:45
Porque não é divulgado o nome do sujeito?
 
Fabio Costa em 17/03/2013 15:06:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions