A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

04/08/2015 11:06

CCR entrega duplicação e cobrança de pedágio deve começar em outubro

Priscilla Peres
Duplicação está praticamente pronta para ser entregue. (Foto: Marcos Ermínio)Duplicação está praticamente pronta para ser entregue. (Foto: Marcos Ermínio)

A CCR MSVia entrega, neste mês, a primeira etapa da duplicação da BR-163 que soma mais de 90 quilômetros dos 800 que passarão por obras. As nove praças de pedágio também estão prontas e a cobrança começa em outubro, 18 meses após o início da administração da rodovia pela empresa. O valor que era de pouco mais de R$ 4 há dois anos, passará por atualização da inflação e será divulgado em breve.

Veja Mais
"Sonho impossível", duplicação começa a virar realidade na BR-163
Na primeira fase, 85% da duplicação da BR-163 será na região norte de MS

A empresa responsável pela administração da BR-163 em MS, afirma que já investiu R$ 700 milhões em obras, serviços, equipamentos e mão de obra nos 15 meses desde o início da concessão. Só nas duplicações foram utilizados 265 caminhões-basculantes, 40 escavadeiras, 121 compactadores e 37 motoniveladoras.

O Campo Grande News mostrou ontem, que o sonho da duplicação na chamada rodovia da morte está prestes a ser realidade, com as obras praticamente concluídas. Além da redução de acidentes, as melhorias na via vão contribuir para o escoamento da produção estadual.

A CCR MSVia informou que as obras feitas até agora exigiram empenho redobrado das 16 construtoras contratadas, sendo que quase 1.400 trabalhadores participaram diretamente na conclusão desta etapa. Após a inauguração dos pedágios, outros de 240 colaboradores serão contratados e treinados nos núcleos de aprendizagem instalados pela empresa em Rio Verde, Campo Grande e Naviraí.

Nove praças já foram concluídas para iniciar a cobrança em outubro (Foto: Marcos Ermínio)Nove praças já foram concluídas para iniciar a cobrança em outubro (Foto: Marcos Ermínio)

Cobrança - O início do pagamento do pedágio exige uma série burocrática. O valor será definido pelo poder concedente e sofrerá reajuste, conforme previsto em contrato, pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), além das mudanças nas condições do contrato, a exemplo da lei dos Caminhoneiros, que isenta a cobrança dos eixos suspensos dos veículos.

A partir da publicação da liberação no Diário Oficial da União, a CCR MSVia terá de realizar 10 dias de operação assistida, quando os usuários passarão pelas pistas de cobrança, parando nas cabines sem pagar, de maneira a acostumarem com o processo. Durante este período, serão entregues folhetos informativos, além da afixação de faixas e divulgação nas mídias.

Números - Em 12 meses de atuação na 163, a CCR montou 17 frentes de atuação com aproximadamente 200 trabalhadores, para dar a rodovia condições de segurança e fluidez investindo na recuperação da pavimentação, capina e roçada, reparos e limpeza dos sistemas de drenagem, recuperação de defensas metálicas e limpeza geral.

Foram quase 7 mil quilômetros de ciclos de capina e roçada (quase oito vezes a extensão da rodovia) e mais de 400 quilômetros de pavimento recuperado, com cerca de 275 mil toneladas de massa asfáltica. Foram implantados mais de 4 mil m² de sinalização vertical (placas) e cerca de 255 mil m² de sinalização horizontal (faixas, tachas refletivas e balizadores).

A empresa implantou 330 quilômetros de cercas e 11 quilômetros de defensas metálicas (guard rails). Ao mesmo tempo, foram limpos e desobstruídos aproximadamente 1.300 quilômetros de drenagens, incluindo 337 bueiros. Outros 115 quilômetros tiveram meios-fios e canaletas revitalizados. Quinze pontos de erosão também foram corrigidos com serviços de terraplenagem.

Praças de pedágio foram concluídas e cobrança começa em outubro. (Foto: Rachid Waqued)Praças de pedágio foram concluídas e cobrança começa em outubro. (Foto: Rachid Waqued)



Bom será quando toda a rodovia estiver duplicada
 
wild em 04/08/2015 23:32:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions