A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/02/2015 13:09

Com apoio público, pequenos agricultores aumentam produção

Helio de Freitas, de Dourados
Caminhão entrega calcário em sítio no Assentamento Lagoa Grande, em Dourados (Foto: Divulgação)Caminhão entrega calcário em sítio no Assentamento Lagoa Grande, em Dourados (Foto: Divulgação)

Pequenos agricultores de assentamentos rurais do município de Dourados, a 233 km de Campo Grande, estão conseguindo aumentar a produção de alimentos com apoio de um programa mantido pela prefeitura que ajuda a aplicar calcário para melhorar a qualidade do solo. Em parceria com a Embrapa Agropecuária Oeste, a Secretaria Municipal de Agricultura Familiar atende 40 produtores dos assentamentos Amparo e Lagoa Grande, no distrito de Itahum.

Veja Mais
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Mulher é morta a facadas e corpo é encontrado por parentes em sofá da sala

De acordo com a assessoria da prefeitura, entre agosto do ano passado e fevereiro deste ano foram aplicadas 2.459 toneladas de calcário, principalmente em solos de pastagem. Florentino Prevaleto, dono de um lote de 25 hectares no assentamento Lagoa Grande, conta que dobrou a produção de leite após a aplicação de calcário. Um dos primeiros a aderir ao programa, Florentino recebeu 40 toneladas do produto.

O produtor compra o calcário e a prefeitura arca com o custo do frete, que é alto, já que os dois assentamentos ficam a quase 100 km do perímetro urbano de Dourados. A Embrapa Agropecuária Oeste faz a análise do solo a custo zero e orienta o agricultor sobre a quantidade exata de calcário que deve ser aplicada no solo para neutralizar o alumínio, elemento químico que prejudica as plantas.

“Isso é melhoria direta na qualidade de vida das famílias que moram nos assentamentos. A produção de leite dobra, a produção de alimentos melhora muito e consequentemente aumenta a renda das famílias. Ganhando mais, as famílias consomem mais no comércio e toda a comunidade ganha”, avalia o secretário de Agricultura Familiar Landmark Ferreira Rios. Segundo ele, a prefeitura busca recursos para ampliar o programa no segundo semestre deste ano.

Mais apoio – Além do calcário, agricultores familiares de Dourados recebem apoio logístico no preparo do solo, sementes, assistência técnica e capacitação. Um dos casos de sucesso foi a implantação de 20 unidades de Produção Agroecológica Integrada Sustentável, em parceria com o Banco do Brasil e o Sebrae, no Distrito de Vila Vargas e no assentamento Lagoa Grande.

A proposta é apoiar a agricultura familiar para tornar Dourados referência na produção de alimentos, peixe e leite. Já foram oficializados, em parceria com o Governo do Estado e o Sebrae, os APLs (Arranjos Produtivos Locais) do leite e do peixe. Mais 30 produtores de leite e 30 produtores de peixe serão selecionados para as primeiras etapas.

Também é desenvolvido em Dourados o PNHR (Programa Nacional de Habitação Rural), para garantir moradia de qualidade a produtores familiares. Outros projetos em andamento vão incentivar a produção de erva mate e oleaginosas para a indústria de biodiesel.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions