A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/03/2014 17:50

Com três mortes confirmadas por H1N1, Corumbá não vai antecipar vacinação

Zana Zaidan

Apesar da confirmação de três mortes causadas pelo vírus H1N1 em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, a Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul não vai antecipar a vacinação contra a doença nos postos de saúde da rede pública.

Veja Mais
Confirmado mais duas mortes e gripe H1N1 já matou três em Corumbá
Após confirmação de morte por gripe, corumbaenses fazem fila por vacina

A SES afirma que seguirá o protocolo nacional de imunização designado pelo Ministério da Saúde, com cronograma pré-definido e público-alvo específico. Portanto, neste ano a campanha de vacinação será realizada nos dias 14/04 a 02/05.

Além disso, a secretaria de Saúde descarta qualquer possibilidade de surto de gripe na cidade. Esforços conjuntos da SES e do Ministério da Saúde para analisar todas as suspeitas da doença afastam a hipótese de epidemia.

No momento, equipes reforçam as investigações epidemiológicas, e disponibilizam suporte extra, como capacitações, insumos, materiais educativos, campanhas de imunização e apoio técnico com a equipe de vigilância epidemiológica estadual.

Entre eles, o apoio do Laboratório Central de Mato Grosso do Sul, referência no Estado, para capacitações de profissionais e análises de amostras dos municípios. Como protocolo preconizado pelo próprio Ministério da Saúde, a SES também conta com as análises efetuadas no Instituto Aldofo Lutz, em São Paulo, este referência em âmbito nacional, principalmente no caso de exames imuno-patológicos/necropsia.

A SES ressalta que para o resultado fidedigno de amostras encaminhadas até o Lacen/MS, é necessário a realização correta da técnica de coleta, armazenamento e transporte até o laboratório.

Vacinas – Os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde são:

- Crianças com idade de seis meses a um ano 11 meses e 29 dias;
- Trabalhadores de saúde;
-Gestantes;
-Puérperas até 45 dias após o parto
- Indígenas;
- Idosos (60 anos ou mais)
- População Privada de Liberdade
- Funcionários do Sistema Prisional

Recomendações da SES para se prevenir da gripe

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente após tossir ou espirrar;
- Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- Não usar medicamentos sem orientação médica (automedicação)
- Evitar ambientes fechados com aglomeração pessoas em caso de sintomas de gripe
- Cobrir nariz e a boca ao tossir ou espirrar
- Procurar o médico ou a unidade de saúde mais próxima em caso de febre alta (38°), tosse ou dificuldade respiratória;

 

Confirmado mais duas mortes e gripe H1N1 já matou três em Corumbá
A assessoria de imprensa da SES (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou mais duas mortes por gripe H1N1 em Corumbá. Ambos os óbitos causados pela do...
Morte de paciente por H1N1 em Corumbá é confirmada por laboratório
Autoridades da aréa de Saúde de Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, confirmaram o resultado positivo do exame de H1N1 realizado em São Paulo,...
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions