A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

05/10/2015 08:11

Comparsa pede informação a PM em restaurante e 5 são presos com drogas

Caroline Maldonado
Três dos cinco acusados que foram presos descarregam tabletes de maconha de Eco Sport (Foto: Divulgação/PM)Três dos cinco acusados que foram presos descarregam tabletes de maconha de Eco Sport (Foto: Divulgação/PM)

Ao pedir informação sobre o policiamento na estrada, um homem de 38 anos acabou entregando uma quadrilha de tráfico de drogas, da qual fazia parte. Ele não sabia que a pessoa a quem pediu informação era um sargento da Polícia Militar. Após monitoramento, cinco homens foram presos pela participação no tráfico de 317,6 quilos de maconha e 170 esferas de haxixe, em BR-163, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
PRF apreende 50 mil caixas de cigarros contrabandeados na BR-163
Corpo é encontrado boiando em rio e suspeita é de que seja de trabalhador rural

O sargento estava no restaurante Querência, no Trevo da Bandeira, no domingo (4) a tarde, quando Eduardo Vieira chegou e perguntou se havia policiamento na estrada que liga Dourados a Caarapó. Conforme o boletim de ocorrência, o sargento respondeu que não havia fiscalização. Com isso, Eduardo ficou no local falando ao celular por mais de uma hora até que se mostrou irritado e, em meio ao um palavrão, disse em voz alta “pensei que vocês já estavam na estrada, estou indo aí de volta”.

Nesse momento, uma equipe da Força Tática avisada pelo sargento passou a seguir o homem, que conduzia um veículo VW Golf, no caminho até Caarapó. Ao passar sobre uma ponte no município, o carro parou. Em seguida, encostou um Gol e Eduardo passou um galão de cor branca para os ocupantes do outro carro, que se deslocaram até o posto de gasolina, onde compraram combustível e retornaram ao ponto de encontro.

Depois disso, os dois veículos seguiram para Dourados. Ao chegar no Hotel e Churrascaria Querência, o Gol entrou no estacionamento, seguido por um terceiro carro, um Ford Eco Sport. Parte dos envolvidos se aproximaram do Gol. Em seguida, eles se assentaram em uma mesa no restaurante e pediram água.

O grupo foi abordado pelos policiais, que apreenderam a droga em um dos carros, além de diversos celulares. O Gol tinha placas de Taiaçu (SP), o Ford Eco Sport, tinha placas de Campinas (SP). Um dos traficantes, Anderson disse que saiu de Lins (SP), com destino à Ponta Porã e pernoitou em Caarapó. Ele disse que foi contratado para levar a droga de Caarapó até Lins e que receberia a quantia de R$ 2 mil. Ele recebeu a instrução de pegar o veículo Ford Eco Sport, carregado com a droga, no posto em Caarapó e que durante o trajeto receberia o apoio de outros dois veículos, o VW Gol e o VW Golf.

Além de Eduardo, foram presos Jadenilson Gian Carlo Braguim, 40 anos; Bruno Henrique Ribeiro de Souza, 23 anos; Dinei Augusto Paranhos Neto, 18 anos e Anderson Willian Matias, 26 anos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions