A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

25/11/2014 09:46

Ex-policial é preso por ameaça a testemunha antes de audiência

Caroline Maldonado

Um ex-policial civil de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, foi preso sob acusação de ameaça contra um arquiteto que iria prestar depoimento em seu desfavor na semana passada. A vítima disse ter sido ameaçada e buscou auxílio do Ministério Público para se resguardar, quando ainda estava no Fórum, no dia da audiência.

De acordo com o jornal Perfil News, o juiz Ronaldo Gonçalves Onofri, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Três Lagoas, expediu e o titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, delegado Paulo Rosseto, cumpriu mandado de prisão preventiva de José Lopes da Silva Júnior, sexta-feira (21).

A ameaça, segundo a vítima, ocorreu na quarta-feira (19), dia em que a testemunha iria prestar depoimento sobre a compra de uma arma que adquiriu de José Lopes. Depois de prestar depoimento, a vítima fez a denúncia ao Ministério Público. O armamento pode ter sido desviado do lote que foi arrecadado quando na campanha do desarmamento.

Segundo a testemunha, foi comprado um revólver calibre 38 do então investigador José Lopes e em seguida ambos teriam negociado a troca dessa arma por outra, uma pistola. Essa última arma, de acordo com a vítima, não tinha recibo, de acordo com o jornal Perfil News.

A negociação ocorreu antes de José Lopes ser expulso da Polícia Civil, em 2011. Ele foi acusado de envolvimento em tortura, junto aos policiais civis Iraceno Teodoro Alves Neto e Rubens Baptista Filho. Além disso, foi acusado de fazer parte de quadrilha de exploração de jogos de azar, desfeita durante a Operação Xeque-Mate, desencadeada pela Polícia Federal em 2007. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions