A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

15/07/2014 09:26

Expedição de revista inclui Três Lagoas entre 11 cidades "competitivas"

Bruno Chaves
Rio Paraná em Três Lagoas (Foto: Divulgação/Prefeitura)Rio Paraná em Três Lagoas (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Uma equipe de jornalistas da revista Veja saiu em expedição por 11 cidades do Brasil consideradas de alto potencial competitivo e que fazem a diferença na economia regional. Entre os destinos, a cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, foi visitada pelo grupo de trabalho.

Veja Mais
Pedestre é atropelado na calçada por veículo que disputava racha
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto

A viagem do ônibus da Expedição Veja teve início em São Paulo, no dia 6 de maio. A intenção foi contrapor estudo da escola de negócios IMD, da Suíça, que publicou seu ranking anual de competitividade, principal referência mundial sobre o assunto, e colocou o Brasil em maus lençóis no quesito.

O País perdeu posições na ranking pela quarta vez consecutiva e passou ocupar o 54º posto entre as 60 nações pesquisadas. Para a Veja, “embora o estudo leve em conta mais de 300 variáveis, algumas mazelas bem conhecidas explicam o resultado: burocracia, corrupção, insegurança jurídica, ineficiência do Estado, carências de infraestrutura, tecnologia e mão de obra”.

Partindo dessa premissa, a expedição atravessou o Brasil atrás de cidades onde o progresso é considerado palpável e os resultados positivos foram registrados.

Terra da celulose – Três Lagoas foi a única cidade de Mato Grosso do Sul visitada pela expedição. A região com mais de 101 mil habitantes, conforme Censo de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foi escolhida para fazer parte do roteiro porque “está em transformação por causa da chegada de dois gigantes da celulose”.

Entre os anos de 2009 e 2013, as exportações do município aumentaram de 15,7 milhões para 1,1 bilhão de dólares. A expedição pode constatar que na cidade sobram vagas de trabalho com bons salários e que os índices sociais têm evoluído rapidamente.

Outras cidades do Centro-Oeste visitados pela equipe foram Rondonópolis (MT), Sorriso (MT), Barra do Garças (MT) e Brasília (DF). A equipe ainda passou por estados do Nordeste, do Sudeste e do Sul. Após um mês na estrada, o projeto foi concluído “com um atestado de que, sim, o Brasil pode dar certo. E, não, não será o Estado a guiá-lo a esse destino”.

Pedestre é atropelado na calçada por veículo que disputava racha
Homem de 26 anos sofreu fratura no crânio e várias escoriações após ser atropelado quando transitava por volta das 3h30 de hoje (10) por uma calçada ...
Carreta da Justiça realiza 368 atendimentos na terceira etapa do projeto
Em oito dias de atendimentos da Carreta da Justiça em Taquarussu - município localizado a 332 km de Campo Grande -, o projeto do TJ-MS (Tribunal de J...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions