A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/01/2015 20:37

Faltando um mês para o carnaval, Márcia Rolon pede 90 dias de afastamento

Daniel Machado
A menos de um mês do maior evento cultural da Cidade Branca, a vice-prefeita e presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, pediu afastamento por um período de 90 dias, alegando motivos particulares (Foto: Divulgação)A menos de um mês do maior evento cultural da Cidade Branca, a vice-prefeita e presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, pediu afastamento por um período de 90 dias, alegando motivos particulares (Foto: Divulgação)

A menos de um mês do maior evento cultural da Cidade Branca, a vice-prefeita e presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Márcia Rolon, pediu afastamento por um período de 90 dias para tratar de assuntos particulares.

Veja Mais
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Empresa é multada em R$ 21 mil por transporte ilegal de etanol

O próprio prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, informou o afastamento de Márcia em reunião com o secretariado na última sexta-feira (16) e garantiu que sua ausência em nada comprometerá a organização e o bom andamento do carnaval na cidade, já totalmente formatado.

“A Márcia está se afastando por 90 dias para tratar de assuntos particulares e, após este período, ela retorna à presidência da Fundação de Cultura. Ontem, junto com ela, conversamos sobre isto com toda a sua equipe e o afastamento acontece agora, após definição de todos os detalhes do carnaval que será tocado pela sua equipe”, revelou Paulo Duarte.

“No entanto, isto não impede que ela, mesmo afastada da presidência, desenvolva um trabalho voltado para Corumbá. Tanto é que, na segunda-feira, ela já estará em Campo Grande, iniciando os entendimentos com o secretário de Cultura do Estado, Athayde Nery, para tratar de questões ligadas ao Festival América do Sul. Estive com o governador Reinaldo Azambuja esta semana, conversamos sobre o festival e a Márcia, por orientação minha, vai tratar do assunto diretamente com o Athayde e sua equipe, para que tenhamos um dos melhores festivais dos últimos anos, em junho”, destacou Duarte.

O prefeito ressaltou que, durante este período, quem responderá pela Fundação de Cultura será José Antônio Garcia (Tanabi), funcionário da própria instituição há anos. Passados os 90 dias, Márcia retorna normalmente às suas funções de diretora-presidente da Fundação de Cultura.

Com informações da FolhaMS

 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions