A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

01/03/2011 22:46

Funcionários de Pronto Atendimento de Três Lagoas vão continuar protesto por salário

Jorge Almoas

Reivindicação é por reajuste de 8%; prefeitura quer ceder apenas acordo coletivo

Os funcionários do Pronto Atendimento de Três Lagoas dizem que vão continuar o protesto para que a Prefeitura Municipal acate a reivindicação pelo reajuste de 8%. Na quinta-feira (3), eles se reúnem com a prefeita Márcia Mouro para discutir o assunto.

No entanto, o aumento deve ser apenas o que foi definido no dissídio coletivo do ano passado.

“Esse valor foi concedido para todos os funcionários no ano passado, e os servidores do PA não receberam, isso não é aumento de salário”, afirma Paulo Cavalheiro, técnico em enfermagem.

Os trabalhadores buscam equiparação salarial com dos enfermeiros do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e dos profissionais que atendem nos postos de saúde.

Segundo Cavalheiro, um técnico de enfermagem do PA ganha R$ 1.100, enquanto o do Pronto Atendimento Básico recebe R$ 705.

Com informações do Jornal do Povo de Três Lagoas




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions