A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

28/05/2015 17:15

Goiano é preso com equipamento que faz pistola disparar 135 tiros seguidos

Três pistolas semiautomáticas, maconha, cocaína e munição também foram encontradas em fundo falso de Sandero interceptado em rodovia estadual na região de Angélica

Helio de Freitas, de Dourados
O Drum Mag, equipamento que transforma pistola em metralhadora com capacidade de disparar 135 tiros em menos de 10 segundos (Foto: Divulgação)O Drum Mag, equipamento que transforma pistola em metralhadora com capacidade de disparar 135 tiros em menos de 10 segundos (Foto: Divulgação)

Uma pistola semiautomática que dispara tiros em rajadas como se fosse uma metralhadora – muito comum em filmes de ação, principalmente os mais apelativos – existe na vida real.

Veja Mais
DOF apreende 19 carros com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
Em 15 dias, DOF retém 1.700 kg de drogas e prende 22 pessoas por tráfico

Nesta quinta-feira, um morador de Goiânia (GO) foi preso próximo a Dourados, a 233 km de Campo Grande, transportando uma arma com essa capacidade, comprada no Paraguai. A pistola, uma Glock 9mm, de fabricação austríaca, equipada com seletor de rajadas, custa em torno de 5 mil dólares em Pedro Juan Caballero.

A arma foi encontrada em um fundo falso atrás do para-choque de um Renault Sandero preto, com placa de Limeira (SP), conduzido por Paulo Humberto Cardoso Silva, 32, morador na capital goiana. Ele levava também o equipamento para ser conectado à pistola, chamado Drum Mag, com capacidade para 135 cartuchos 9mm.

Paulo Humberto foi preso pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) próximo ao distrito de Ipezal, na MS-145, no município de Angélica. No carro os policiais encontraram apenas roupas compradas no Paraguai, mas desconfiaram que pudesse ter droga ou armas escondidas.

Carro desmontadoO carro foi trazido para a sede do departamento em Dourados e desmontado. No fundo falo atrás do para-choque traseiro os policiais encontraram 21 kg de maconha, 10 kg de cocaína, uma caixa com 50 cartuchos de munição calibre 380, duas pistolas 380 fabricadas pela brasileira Taurus e a pistola austríaca 9mm, além do Drum Mag, um equipamento com dois compartimentos laterais destinados a 50 cartuchos cada um, ligados ao carregador central, onde cabem mais 35 balas.

O equipamento lembra muito a metralhadora Thompson com carregador em formato de disco, usadas pela máfia italiana nos Estados Unidos, nas décadas de 20 e 30 do século passado.

Arma de guerra – Julio Arguelho, sargento da Polícia Militar e responsável pelo setor de comunicação do DOF, informou ao Campo Grande News que esse tipo de equipamento custa de dois mil a cinco mil dólares no Paraguai.

Segundo ele, conectada ao Drum Mag, a pistola austríaca pode disparar os 135 cartuchos de forma sequencial em menos de dez segundos. Normalmente, uma pistola semiautomática dispara um tiro a cada puxada no gatilho. Com esse aparelho, basta apertar e segurar o gatilho para que a arma dispare todos os cartuchos em sequência.

Paulo Humberto disse que levaria o armamento para Goiânia. Ele foi levado para a Defron (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Fronteira) e autuado em flagrante por porte ilegal de arma de uso estrito e tráfico de drogas.

Policial do DOF desmonta Sandero, onde foram encontradas drogas e armas (Foto: Divulgação)Policial do DOF desmonta Sandero, onde foram encontradas drogas e armas (Foto: Divulgação)
Paulo Humberto Cardoso Silva levava drogas e armas para a capital goiana (Foto: Divulgação)Paulo Humberto Cardoso Silva levava drogas e armas para a capital goiana (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions