A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

13/01/2014 20:11

Jovens dados como mortos aparecem vivos em Dourados e Caarapó

Vinícius Squinelo
Engano resultou em identificação errada de dois mortos (foto: Dourados Agora)Engano resultou em identificação errada de dois mortos (foto: Dourados Agora)

Dois jovens identificados pelos familiares como mortos apareceram vivos. Em ambos os casos, eles foram encontrados em lagoas, sendo um na fazenda Cristal, em Itaporã, e o outro no lago do parque Arnulpho Fioravanti, em Dourados.

Veja Mais
Durante discussão, homem esfaqueia colega na cabeça com facão
Governo do Estado entrega viaturas ao Corpo de Bombeiros nesta sexta

Segundo informações do site Dourados Agora, a primeira morte, registrada pela polícia no dia 24 de dezembro, aconteceu na cidade de Itaporã. A vítima foi assassinada com uma paulada na cabeça e também foi torturada antes de ser jogada na água. Familiares identificaram como Jaciela Freitas, de 14 anos, moradora na Aldeia Tey Kuê em Caarapó.

No entanto, após a realização do enterro, a jovem apareceu na casa dos familiares, em Caarapó. Quem foi assassinada e jogada na lagoa foi Nubia, de 13 anos, também moradora na aldeia Tey Kuê. O caso veio à tona neste final de semana, após a Sesai (Secretaria Especial de Saúde do Índio) ter conhecimento.

O outro caso é mais recente e o corpo segue sem identificação, já que o suposto morto apareceu. Na quinta-feira passada, um homem foi encontrado morto no lago do Parque Arnulpho Fioravanti, aos fundos do shopping Avenida Center, em Dourados. A vítima estava nua e com um pedaço de pano preso ao pescoço. Nenhum objeto pessoal foi avistado nas proximidades.

No dia seguinte familiares identificaram o corpo sendo de Anderson Casadia Souza do Nascimento, de 22 anos, morador o Jardim Santa Maria. Anderson entrou em contato com a mãe na noite de ontem, que a princípio não acreditou que seria o filho.

Após marcarem um encontro, ontem mesmo, a mãe constatou que o filho estava vivo. Eles não tinham contato há mais de um ano, ainda conforme o site Dourados Agora.

A polícia agora tenta identificar o corpo encontrado no lago do Parque Arnulpho. Pelas características é um homem negro, aparentemente entre 25 a 30 anos.

Durante discussão, homem esfaqueia colega na cabeça com facão
Jaime Alves da Silva, 40, foi preso acusado de esfaquear o colega Valdiney Cordeiro Guedes, 39, com um facão. A vítima ficou gravemente ferida e foi ...
Governo do Estado entrega viaturas ao Corpo de Bombeiros nesta sexta
Serão entregues nesta sexta-feira (20) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - duas novas viaturas para reforçar o trabalho do Cor...



O sonho de qualquer família de qualquer pessoa que perde um ente querido!
 
Jesciellen Ribeiro Marinho em 14/01/2014 07:33:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions