A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

08/04/2013 21:32

Médico acusado de matar diretor de hospital é preso ao buscar novo emprego

Nyelder Rodrigues
Miguel Angel matou o diretor do hospital de Taquarussu, Ademir Pimenta dos Reis, em 2006 (Foto: Fronteira Agora)Miguel Angel matou o diretor do hospital de Taquarussu, Ademir Pimenta dos Reis, em 2006 (Foto: Fronteira Agora)

O médico paraguaio Miguel Angel Caballar Aravolos, de 47 anos, foi preso ontem (7) em Paranhos por causa de um mandado de prisão no Paraná.

Miguel é apontado como o autor do homicídio contra o também médico e diretor do hospital municipal de Taquarussu, Ademir Pimenta dos Reis.

O crime foi cometido na rodovia que liga Taquarussu a Nova Andradina, em 2006, em uma emboscada que também atingiu uma psicóloga e uma enfermeira, segundo o site Fronteira Agora.

Miguel foi preso por volta das 10h, quando saia de um hotel na rua Marechal Dutra. Na primeira checagem ao sistema policial, não foi encontrado nada contra o médico, que atua sob o registro 4707/CRM-MS.

Entretanto, ao consultar o sistema nacional Infoseg, foi verificado que ele tinha um mandado de prisão expedido em Cruzeiro do Oeste (PR), cidade onde ele tentou trabalhar como médico.

O retorno dele para Mato Grosso do Sul foi para buscar um emprego em Paranhos. Conforme o secretário Municipal de Saúde, Aldinar Ramos Dias, o médico entrou em contato com ele pedindo o emprego, e ficou agendado que uma entrevista seria feita nesta segunda-feira (8).

Entretanto, ele diz foi feito levantamento da ficha criminal de Miguel, e que no domingo mesmo ficou sabendo dos problemas pelos quais tinha passado anteriormente, e por isso o médico não seria contratado.

Conforme o Fronteira Agora, o médico chegou a ser preso na época do crime, e depois conseguiu liberdade condicional. Porém, ele não cumpriu determinações judiciais e teve o mandado expedido pela justiça paranaense.

Por volta 14h, ele foi transferido para a cadeia pública de Sete Quedas, onde aguarda para ser transferido para o Paraná, onde deve permanecer preso.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions