A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

14/01/2014 17:32

Motorista condenado por matar no trânsito ganha direito de dirigir

Bruno Chaves

O motorista profissional Leandro Gomes Bertachini ganhou na Justiça o direito de dirigir depois de provocar, em 2012, um acidente com morte em Anaurilândia e ser condenado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, no trânsito.

Veja Mais
Homem morre em batida entre 2 caminhões em Anaurilândia
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro

Segundo a assessoria do TJMS, na sentença de 1º grau, o juiz condenou o réu a pagar prestação pecuniária de R$ 1 mil e suspendeu seu direito de Leandro dirigir pelo período de dois anos, explicando que o acidente aconteceu por imprudência do motorista.

Na decisão mais recente, a 2ª Câmara Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) manteve a condenação por homicídio culposo, mas restituiu o direito de Leandro dirigir.

Para o desembargador Romero Osme Dias Lopes, relator do processo, impedir Leandro de dirigir é o mesmo que afrontae o princípio da dignidade da pessoa humana, já que ele é motorista profissional.

“Ademais, nessas circunstâncias, a pena ultrapassa a pessoa do condenado, violando o art. 5º, XLV, da Constituição Federal, pois a proibição de exercício profissional pelo réu prejudica de maneira bastante grave seus dependentes, cujo sustento é provido pelo seu labor, em níveis acima do que se tolera para fins de efeitos colaterais da condenação”, completa.

Acidente – Conforme inquérito policial, o acidente aconteceu por imperícia de Leandro. Ele dirigia uma carreta na MS 276, no dia 6 de novembro de 2012, quando, ao cruzar uma rotatória em Anaurilândia, causou o acidente. Ele não teria observado o sinal de pare.

O motorista do caminhão de boiadeiro, que carregava o passageiro José Roberto Rodrigues, que morreu na hora, contou que dirigia na rotatória a uma velocidade de aproximadamente 40 km e que não teve condições de frear o caminhão antes da colisão.

Homem morre em batida entre 2 caminhões em Anaurilândia
Um homem e uma vaca morreram hoje, às 14h30, depois de um acidente envolvendo um caminhão Volvo, placas JYA-3661, acoplado a uma carreta de placas HS...
Lojas vão estender horário de atendimento durante o mês de dezembro
O comércio de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande - irá funcionar em horário especial neste fim de ano. Os horários e dias foram ...
Esposa é presa ao tentar entregar pão recheado com maconha para detento
A esposa de um detento de Itaquiraí, distante 410 km de Campo Grande, foi presa na tarde de ontem (7) tentando entregar um pão recheado com maconha p...



Tudo bem senhor desembargador, ele só matou uma pessoa, por não respeitar o sinal de pare, e justamente no exercício profissional... mas a vítima é uma pessoa comum... nem conheces seus familiares...
 
Mariana Resende em 14/01/2014 18:32:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions