A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

22/07/2014 12:44

Motorista que matou 2 após destruir boate é condenado a 28 anos

Viviane Oliveira
Claudinei  foi julgado nesta segunda-feira (21), pelo Tribunal do Júri do município. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Claudinei foi julgado nesta segunda-feira (21), pelo Tribunal do Júri do município. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)
Motorista também acabou atingido um ônibus da empresa Andorinha. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Motorista também acabou atingido um ônibus da empresa Andorinha. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O motorista Claudinei Costa foi condenado a 28 anos de prisão depois de matar duas pessoas e deixar uma ferida, no dia 30 de abril, no distrito de Albuquerque, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. Ele foi julgado nesta segunda-feira (21), pelo Tribunal do Júri do município. O julgamento teve quase 11 horas de duração. 

Veja Mais
Motorista é julgado por ter matado 2, invadido boate e atingido coletivo
MPE pede pena de 40 anos para motorista que matou 2 após destruir boate

O motorista foi condenado por duplo homicídio duplamente qualificado e por tentativa de homicídio. O advogado de defesa dele, Manoel Darci da Silva, informou que vai entrar com recurso contra a sentença ainda nesta semana.

A ação de Claudinei resultou nas mortes de Davison da Silva, 25 anos, e de Vitor Pedro de Barros, 26 anos, que estavam em uma motocicleta. Ele morava em Concórdia (Santa Catarina) e havia levado turistas a Corumbá.

Conforme a denúncia, insatisfeito por não ter sido aceito o pagamento de uma conta em uma boate no distrito de Albuquerque, o motorista tentou matar os atendentes do local, jogando um ônibus contra o estabelecimento repetidas vezes. Depois, tentou atropelar as pessoas.

Em seguida, Claudinei se mostrou arrependido e pediu para o matarem, porque fez besteira. Mas, em seguida, com o mesmo ônibus, se envolveu em acidente com uma motocicleta na BR-262, arrastando os jovens por mais de 300 metros.

Ao tentar fugir ele acabou se envolvendo em outro acidente, batendo em um ônibus da empresa Andorinha, que seguia em sentido contrário, e ficou preso às ferragens. O motorista levou alguns pontos na cabeça. Claudinei sofreu uma lesão no quadril. Em sua defesa, ele afirmou que teria sido drogado em golpe conhecido como “boa noite cinderela”. (Com informações do site Diário Online) 

Motorista é julgado por ter matado 2, invadido boate e atingido coletivo
O motorista de ônibus acusado de bater o veículo contra a parede de uma casa noturna, matar duas pessoas que estavam em uma moto e atingir um coletiv...
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions